Concurso Marinha CP-QTPA 2021: Edital e inscrições

Serão 24 vagas ofertadas no Concurso Marinha CP-QTPA (Quadro Técnico de Praças da Armada) 2021. As provas escritas serão realizadas em diversos municípios.

O concurso Marinha CP-QTPA 2021 (Quadro Técnico de Praças da Armada) está ofertando 24 vagas para profissionais de nível técnico que queiram ingressar na carreira de Praças para atuarem na operação e manutenção de submarinos e/ou instalações nucleares da Marinha do Brasil.

As oportunidades oferecidas por esse concurso público são exclusivas para profissionais do sexo masculino e, ao concluir o curso de formação, o aluno será graduado como Terceiro-Sargento, cujo soldo é de R$ 3.825,00 e poderá chegar até a graduação de Suboficial e Subtenente, com soldo de R$ 6.169,00.

Concurso Marinha: especialidades

As vagas ofertadas pelo concurso Marinha CP-QTPA 2021 são para duas áreas técnicas: Eletrotécnica (10 vagas) e Mecânica (14 vagas).

Após o ingresso na Marinha do Brasil, o profissional deverá optar uma especialidade técnica, que corresponde à formação profissional da Praça:

  • Eletrotécnica: Comunicações Interiores (CI) e Eletricidade (EL);
  • Mecânica: Máquinas (MA) e Motores (MO).

Confira alguns dos principais requisitos para concorrer às vagas:

  • Ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • Ser do sexo masculino;
  • Ter entre 18 e 25 anos no primeiro dia do mês de janeiro de 2022;
  • Possuir idoneidade moral;
  • Estar em dia com as obrigações do Serviço Militar e da Justiça Eleitoral;
  • Ter altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m;
  • Para a área de Eletrotécnica: possuir formação de Técnico em Automação Industrial; Técnico em Eletroeletrônica; Técnico em Eletromecânica; Técnico em Eletrônica; Técnico em Eletrotécnica; e Técnico em Mecatrônica;
  • Para a área de Mecânica: possuir formação de Técnico em Manutenção Automotiva; Técnico em Manutenção de Máquinas Industriais; Técnico em Manutenção de Máquinas Navais; Técnico em Manutenção de Máquinas Pesadas; Técnico em Mecânica; Técnico em Mecânica de Precisão; Técnico em Mecatrônica; e Técnico em Refrigeração e Climatização;
  • Possuir registro ativo no respectivo conselho de classe profissional.

Inscrições serão via internet

Os interessados em concorrer no concurso público deverão efetuar o cadastro, entre os dias 24 de agosto e 26 de setembro de 2021, na página oficial do SSPM.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 70,00 e poderá ser solicitada a isenção da taxa pelo candidato que:

  • Pertença à família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do Governo Federal, cuja renda familiar mensal per capita seja inferior ou igual a meio salário-mínimo nacional; ou
  • For doador de medula óssea registrado em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

Concurso Marinha: etapas

Para ingresso na Marinha do Brasil, os candidatos serão avaliados por meio das seguintes etapas:

  • Prova escrita objetiva (PO);
  • Redação;
  • Verificação de Dados Biográficos (VDB);
  • Inspeção de Saúde (IS);
  • Teste de Aptidão Física de Ingresso (TAF-i);
  • Avaliação Psicológica (AP);
  • Verificação de Documentos (VD);
  • Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração (PH).

Prova escrita de conhecimentos e redação

Essas etapas estão previstas para serem realizadas na 2ª quinzena de novembro de 2021 nas seguintes cidades: Rio de Janeiro – RJ, Angra dos Reis – RJ, Nova Friburgo – RJ, São Pedro da Aldeia – RJ, Vila Velha – ES, Belo Horizonte – MG, Salvador – BA, Natal – RN, Olinda – PE, Fortaleza – CE e Belém – PA.

As provas objetivas e de redação terão duração máxima de quatro horas e, visando manter o sigilo da prova, o tempo mínimo de permanência no recinto será de duas horas.

Os candidatos deverão responder uma prova contendo 50 questões objetivas, que irão abranger conhecimentos profissionais de cada área técnica. Ao final da prova, não será possível levar o caderno de questões, mas haverá um modelo de folha de resposta, para que o candidato possa conferir o gabarito.

A redação será sobre um tema pertinente à Marinha do Brasil e deverá ter entre 20 e 30 linhas, sendo descontada nota do candidato, caso esses limites não sejam obedecidos.

Será eliminado, nessa primeira etapa, o candidato que:

  • Obtiver menos de 50% de acerto nas questões da prova objetiva;
  • Não se classificar dentro dos limites para correção da redação (até 10 vezes o número de vagas disponibilizadas, respeitando os empates na última posição);
  • Obtiver nota inferior a 50 pontos na redação.

Verificação de Dados Biográficos (VDB)

Etapa de caráter eliminatório, que irá verificar se o candidato preenche os requisitos de bons antecedentes de conduta, obrigatório para ingresso na Marinha do Brasil.

Para chegar nas devidas conclusões, a comissão poderá fazer consulta a orgãos, como Secretarias de Segurança Pública Estaduais e Superintendências Regionais do Departamento de Polícia Federal.

Teste de Aptidão Física de Ingresso (TAF-I)

Etapa de caráter eliminatório para verificar se o candidato possui os padrões físicos exigidos para a carreira da Marinha do Brasil.

O teste físico ocorrerá em dois dias não consecutivos, na qual candidato será avaliado por meio de:

  • Prova de natação: o candidato deverá nadar 25 metros em até 50 segundos;
  • Prova de corrida: o candidato deverá correr o percurso de 2.400 metros em até 16 minutos.

Verificação de Documentos (VD)

Conforme cronograma anunciado, o candidato deverá apresentar cópias autenticadas ou cópias simples acompanhadas dos originais de toda a documentação exigida em edital.

Avaliação Psicológica (AP)

Ocorrerá por meio de procedimentos científicos, cujo objetivo é verificar se o candidato possui características psicológicas compatíveis com a carreira militar e com a atividade em submarinos.

Para tanto, serão analisados aspectos intelectivos, de personalidade e outros que possam ser considerados impeditivos para o tipo de trabalho.

Procedimento de Heteroidentificação complementar à Autodeclaração (PH)

Etapa na qual é realizada a identificação fenotípica, por terceiros, da condição autodeclarada do candidato em concurso público.

Esse procedimento é filmado, de forma que possa a ser utilizado em análise de eventuais recursos.

Inspeção de Saúde (IS)

É a perícia médica, para verificar se os candidatos preenchem todos os critérios e padrões médicos exigidos para ingresso na Carreira Militar da Marinha do Brasil.

Um detalhe importante é que só serão submetidos à Inspeção de Saúde, os candidatos aprovados no Teste da Câmara Hiperbárica, que será realizado na cidade do Rio de Janeiro e coordenado pela Base Almirante Castro e Silva (BACS).

Etapas posteriores à seleção

Após as avaliações já citadas, os candidatos classificados dentro do número de vagas ofertadas serão convocados para o Período de Adaptação do Curso de Formação de Sargentos do QTPA (C-FSG-QTPA), a ser realizado no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA), Avenida Brasil, nº 10.946, Penha, Rio de Janeiro – RJ.

O período de adaptação é a etapa não curricular do curso, na qual os candidatos irão verificar, na prática, sua adaptação e seu interesse pela carreira, recebendo as instruções iniciais sobre a doutrina militar.

Concluída essa etapa, o candidato poderá se matricular no C-FSG do QTPA (Curso de Formação de Sargentos).

É nesse curso que o aluno irá exercer suas atividades profissionais, dentro de uma especialidade. O curso é composto por:

  • Módulo 1 – Formação Militar Naval (FMN-QTPA);
  • Módulo 2 – Compatibilização Técnica para a Especialidade (CT-QTPA).

O curso é gratuito e, durante a sua realização, o aluno receberá remuneração de R$ 1.414,82, sendo R$ 1.199,00 relativos ao soldo militar, R$ 155,87 relativos ao adicional militar e R$ 59,95 relativos ao adicional de compensação por disponibilidade militar. Além disso, será fornecido ao aluno, alimentação, uniforme e assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

Os alunos aprovados no C-FSG-QTPA serão matriculados no Curso de Subespecialização de Submarinos para Praças (C-Subespec-SB), com duração de 24 semanas, a ser realizado no Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché (CIAMA).

Os terceiros-sargentos que não forem aprovados nesse curso, serão licenciados do Serviço Ativo da Marinha.

Outros detalhes

Esse concurso público terá validade até o dia do início do Curso de Formação de Sargentos do QTPA (C-FSG-QTPA).

Em caso de dúvidas, o candidato poderá entrar em contato com o Serviço de Seleção do Pessoal da Marinha, pelo e-mail sspm.ingresso@marinha.mil.br.

O edital completo do concurso Marinha está disponível no site da instituição.

Leia também

você pode gostar também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Ler mais