Concurso MTE 2014: edital sai no dia 06/01

O edital de abertura do concurso, a ser organizado pelo Cespe, deverá sair bem antes do prazo regulamentar.

O concurso do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE já anunciou que o edital do novo concurso sairá até o dia 06 de janeiro de 2014. O concurso foi autorizado pela Portaria 339/2013 e se destina ao provimento de 450 cargos do quadro de pessoal do Ministério do Trabalho e Emprego. O quantitativo está distribuído entre 35 cargos de Contador e 415 cargos de Agente Administrativo.

Saiba mais.

Apostila para o cargo de Agente Administrativo

***

Notícias anteriores

Concurso MTE 2013: provas no domingo (08/09) - 06/09/2013

CESPE aplicará as provas do Concurso do Ministério do Trabalho e Emprego no próximo domingo.

Os candidatos inscritos no concurso do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) farão as provas objetivas no próximo domingo (08/09/2013). O certame, organizadora pelo CESPE/UnB, oferece 100 vagas para auditor-fiscal do trabalho, as quais serão disputadas por mais de 48 mil candidatos (concorrência geral de 480,35 por uma vaga).

A remuneração inicial da carreira chega a R$ 14.280, para o cumprimento de uma carga horária de 40 horas semanais, em regime de dedicação exclusiva, no qual o servidor não poderá exercer outra atividade remunerada.

Além das provas objetivas, haverá Provas discursivas e Sindicância de vida pregressa. Todas estas fases, bem como a etapa de avaliação multiprofissional dos candidatos que se declararem com deficiência, serão realizadas nas capitais das 26 unidades da Federação e no Distrito Federal.


***

Concurso MTE 2013: edital para Auditor Fiscal sairá nos próximos dias (20/06/2013)

Realização do concurso com 100 vagas para Auditor Fiscal está mais próxima. Organizadora divulgará edital dentro de alguns dias.

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou, por meio da Portaria 30/2013, a realização de concurso público para prover 100 cargos de Auditor Fiscal do Trabalho do quadro de pessoal do Ministério do Trabalho e Emprego. Por meio de Extrato publicado no dia 20/06/2013, foi definido que será o Cespe/UnB o responsável pela realização do certame.

Para concorrer a uma das 100 vagas, é necessário ter nível superior em qualquer área. Os salários no início da carreira podem chegar a R$13, 9 mil e o último certame para o cargo foi realizado em 2010, com provas objetivas e discursivas administradas pela ESAF. O MPOG estabeleceu que o edital seja divulgado até, no máximo, agosto de 2013.

Quantitativo insuficiente

Considerando a solicitação da pasta, verificou-se que o número de vagas efetivamente autorizado ficou abaixo das 629 que eram esperadas. De acordo com o Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho (Sinait), a luta para ampliar o número de vagas nesse certame tem sido árdua. Para a presidente do Sinait, Rosângela Rassy, as 100 vagas autorizadas não cobrem a necessidade que temos de auditores fiscais do trabalho no país. "Temos ainda um levantamento que mostra que cerca de 400 auditores estão aptos a se aposentar. Ou seja, se somarmos os 629 solicitados pelo MTE mais esses 400 que estão para se aposentar, esse concurso deveria ter no mínimo 1.200 vagas", explicitou Rosângela.

Leia também:  Concurso para o MTE - necessidade urgente

"Estamos reunindo todos os esforços pela alteração da portaria do MPOG para que eles possam ampliar o número de vagas do concurso para auditor-fiscal do trabalho, a exemplo do que fizeram com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), para a qual foram autorizadas primeiramente 160 vagas, e aumentaram o número na última semana para 310", sustentou a presidente do Sinait.

A portaria está publicada no Diário Oficial da União, edição de 13/02/2013, nº 29, Seção 1.

Edição com informações do FONACATE  e Sinait.