Processo seletivo Senad é autorizado para preencher 66 vagas

Processo seletivo Senad: Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas foi autorizada pelo Ministério da Economia a contratar profissionais temporários.

O Ministério da Economia autorizou a contratação, por tempo determinado, de 66 profissionais temporários da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad). O processo seletivo Senad deverá ter edital publicado em até seis meses, ou seja, até outubro de 2021.

A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas é diretamente vinculada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Ela atua juntamente com outros órgãos das esferas Federal, Estadual e Municipal, formando o que se conhece como “Sistema Nacional de Políticas sobre Drogas (SISNAD)”.

A missão principal da Senad, segundo as informações oficiais que ela disponibiliza, é “garantir a aplicação da justiça por meio da transformação dos bens apreendidos em razão de crimes em políticas sobre drogas”. Com isso, ela promove “a ordem jurídica com a gestão de ativos e reduzir a oferta de drogas no país”.

Processo seletivo Senad: remuneração

De acordo com a portaria autorizativa, publicada no DOU de 20 de abril de 2021, a remuneração dos novos contratados temporários será definida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, tendo como base a lei nº 8.745/1993 (artigo 7º, inciso II).

O prazo máximo de duração dos contratos será de de quatro anos. Mas é preciso ressaltar que esse prazo de vinculação pode ser prorrogado, contanto que devidamente justificado.

Atividades e perfis do processo seletivo Senad

Os futuros servidores temporários da Senad desenvolverão atividades técnicas de complexidade intelectual, nos seguintes perfis:

  • Técnico Especializado em Gestão de Ativos e Parcerias – 57 vagas;
  • Técnico Especializado em Formação e Capacitação – 3 vagas;
  • Técnico Especializado em Pesquisa e Análise de Dados – 6 vagas.

Os profissionais serão lotados em Brasília, no Distrito Federal.

Com relação às despesas envolvendo as contratações autorizadas pelo Ministério, a portaria informa que elas “correrão à conta das dotações orçamentárias do Ministério da Justiça e Segurança Pública”.

Para ter acesso ao documento autorizativo completo do processo seletivo Senad, clique no link do Diário Oficial da União.

Leia também

você pode gostar também