Concurso Zoológico de Brasília: NOVA comissão organizadora é formada

Concurso Zoológico de Brasília: edital da FJZB deve ser lançado em breve. Número de vagas e cargos ainda não divulgados, mas Grupo de Trabalho já foi criado.

A Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB), no Distrito Federal, está mais perto de realizar sua próxima seleção pública (concurso Zoológico de Brasília). Neste mês de março 2021, foi formada uma nova comissão responsável por organizar a seleção. A equipe terá 120 dias para apresentar os estudos da seleção. O prazo para finalização dos estudos para o lançamento do edital se encerrou em agosto de 2020.

Situação atual do concurso Zoológico de Brasília

O certame é aguardado desde o ano passado (2020). No dia 24 de abril de 2020 foi instituído oficialmente o Grupo de Trabalho que vai realizar toda a “atualização processual” necessária para a abertura do certame. De acordo com o documento, publicado no DODF dessa data, o Grupo de Trabalho teria 120 dias para apresentar o resultado dessa atualização de informações.

O Conselho Diretor da FJZB já vinha discutindo acerca da necessidade de publicação de um novo edital para a reposição de pessoal. No entanto, não foram publicadas novidades sobre o concurso Zoológico de Brasília até agora, que foi decidida a contração de comissão organizadora:

O Ministério da Público de Contas do Distrito Federal chegou questionar a falta do edital e afirmou que isso “indica uma ausência de implementação efetiva de um Plano de Carreira para servidores da Fundação Jardim Zoológico de Brasília, que, aos olhos do Parquet, pode estar relacionado com o grave problema de morte dos animais”.

Reorganização dos cargos

No dia 09 de abril de 2020, o Conselho Deliberativo da Fundação Jardim Zoológico voltou a se reunir (foi a 250ª reunião ordinária) e abordou o decreto nº 40.610/2020, regulamentador da lei nº 6.525/2020, que reorganizou os cargos de natureza especial e em comissão do Distrito Federal.

Diante da promulgação e regulamentação da referida lei, os membros concordaram que haveria a necessidade de o Grupo de Trabalho considerá-la, uma vez que o Zoo deverá passar por “adequação da reestrutura” de cargos.

O Zoológico informou que, atualmente, seu quadro de servidores conta com:

  • 32 servidores efetivos do Zoológico;
  • 10 requisitados ao GDF;
  • 31 comissionados.

Quadro do Zoológico de Brasília é insuficiente

A Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB), antes de tudo, é considerada uma instituição socioambiental. Foi fundada antes da inauguração da capital federal, no final de 1957, e desenvolve ações de educação ambiental, conservação e preservação da fauna brasileira.

A FJZB está administrativamente vinculada à Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Distrito Federal (SEMA). Seu quadro atual, considerando como referência o mês de março de 2020, é composto por 73 servidores públicos (42 são efetivos e 31 são comissionados).

Para a diretora-presidente da instituição, Eleutéria Guerra Pacheco Mendes, esse quantitativo é o suficiente somente para que o Zoo funcione em sua “capacidade mínima”. Ela defende que só o concurso poderá “melhorar a composição das equipes”.

Atualmente, o Zoo de Brasília toma conta de 826 animais, entre aves, répteis e mamíferos.

Leia também

você pode gostar também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Ler mais