Concurso Seas CE: novo edital pode abrir mais de MIL VAGAS!

Concurso Seas CE já tem banca organizadora definida por meio de dispensa de licitação. A expectativa é de que edital seja divulgado em breve.

Concurso Seas CE, Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo do Ceará, será realizado em breve. A expectativa é que sejam abertas mais de MIL VAGAS com oportunidades para profissionais de níveis médio e superior.

A Fundação Universidade Estadual do Ceará (FUNECE) será a provável banca organizadora responsável pelo certame. A empresa foi definida por meio da Dispensa de Licitação nº 003/2019.

Ficou interessado neste concurso previsto? Então continue lendo a matéria completa para saber mais detalhes. Outros conteúdos, como simulados e artigos também estão disponíveis no portal Concursos no Brasil.

Concurso Seas CE: situação atual

Em outubro de 2019, a dispensa de licitação definiu que a empresa que organizará o concurso Seas CE será a banca Funece.

A expectativa é de que sejam abertas 1.080 vagas, dentre as quais 964 vagas serão para cargos de nível médio e 116 para cargos de nível superior.

O próximo passo será a assinatura do contrato entre as partes, para posterior divulgação do edital do concurso Seas CE.

Em contato com a assessoria de comunicação da Seas, foi confirmada a necessidade de realização do concurso público, mas em razão da pandemia do novo coronavírus ainda não há data confirmada para divulgação do edital:

“Os procedimentos que envolvem um certame desta natureza já foram iniciados e aguardavam avaliação do Governador, porém, em razão deste atual cenário pandêmico, não é possível, ante a indefinição de cenários, precisar uma data exata que este concurso irá ser realizado”, disse a nota da assessoria.

Concurso Seas CE: cargos, vagas e salários

As quantidades de vagas e os cargos que serão ofertados no concurso Seas CE ainda não foram divulgados oficialmente. Apesar disso, em 2016 foi sancionada e publicada pela Assembléia Legislativa do Ceará, a Lei nº 16.178 que cria os cargos para a Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo do Ceará.

Portanto, este será o primeiro concurso público do órgão. Os cargos criados foram de:

  • Nível médio: Socioeducador (964 vagas);
  • Nível superior: Analista Socioeducativo. Segundo lei, as oportunidades foram criadas para as áreas de Serviço Social (50 vagas), Psicologia (49 vagas) e Pedagogia (17 vagas).

Os profissionais contratados serão lotados na serão na Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo – SEAS e haverá reserva de vagas o sexo feminino e para pessoas com deficiência.

Os salários serão de R$2.200 para ambos os cargos. A diferença será a carga horária a ser desempenhada: 44 horas semanais no cargo de Socioeducador e 40 horas semanais para Analista Socioeducativo.

Etapas de concurso (previstas)

Ainda de acordo com a lei nº 16.178, os profissionais poderão ser avaliados no novo concurso Seas CE por meio das seguintes etapas:

  • Provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Avaliação da capacidade física, de caráter eliminatório;
  • Avaliação psicológica, de caráter eliminatório;
  • Exame toxicológico e a investigação social, de caráter eliminatório;
  • Curso de formação profissional, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Poderá ser exigido também exame de títulos, de caráter classificatório.

O que estudar para o concurso Seas CE?

Para começar a se preparar para o concurso Seas CE, mesmo sem a publicação do edital, é importante que o candidato se atente aos conteúdos cobrados na seleção anterior. Por isso, o Portal Concursos no Brasil traz o que foi cobrado na seleção anterior, confira!

Cargos de nível médio

  • Direito Constitucional;
  • Direitos Humanos:
  • Legislação Especial;
  • Tópico Especial;
  • Regimento Interno das Unidades da Seas.

Cargos de nível superior

  • Direito Constitucional;
  • Direitos Humanos:
  • Legislação Especial;
  • Tópicos Especiais;
  • Regimento Interno das Unidades da Seas.

Além das disciplinas cobradas anteriormente, é preciso se atentar que a banca organizadora será a mesma da última seleção. Por isso, confira as provas aplicadas e todo o conteúdo das provas objetivas na página no processo seletivo

Concurso Seas CE: seleção anterior

O último processo seletivo do Seas CE aconteceu em 2017. Na época, foram ofertadas 1.034 vagas, sendo assim divididas:

  • 924 vagas para Socioeducador;
  • 48 vagas para Assistente Social;
  • 47 vagas para Psicólogo;
  • 15 vagas para Pedagogo.

Os contratados iriam receber valores brutos mensais iguais de R$ 2.200,00, mais auxílio-alimentação. A carga horária dos socioeducadores era de 44h semanais, por meio de escalas de serviço. Já a jornada de trabalho para os aprovados em nível superior foi de 40h.

Os candidatos foram avaliados por meio de duas etapas: provas objetivas e prova de títulos.

Provas objetivas

A prova aplicada foi de caráter eliminatório e classificatório, com um total de 60 questões. Confira as disciplinas que fizeram parte da prova objetiva:

  • Direito Constitucional;
  • Direitos Humanos;
  • Legislação Especial;
  • Tópico Especial;
  • Regimento Interno das unidades da SEAS.

Prova de títulos

A segunda fase do certame foi apenas de caráter classificatório, com avaliação de títulos para os cargos de nível superior. Os critérios avaliados foram:

  • Mestrado;
  • Especialização;
  • Experiência na área.

Sobre a Seas CE

A Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas) é um órgão novo que foi criado em 28 de junho de 2016, por meio da Lei Estadual nº 16.040/2016.

O órgão no sentindo de garantir a execução das medidas socioeducativas de internação e semiliberdade. Confira os Centros Socioeducativos pelo estado que a Superintendência abrange:

  • Centro de Semiliberdade Mártir Francisca – Fortaleza;
  • Centro Socioeducativo Aldaci Barbosa Mota;
  • Centro Socioeducativo Cardeal Aloísio Lorscheider;
  • Centro Socioeducativo São Francisco;
  • Centro Socioeducativo Dom Bosco;
  • Centro Socioeducativo Patativa do Assaré;
  • Centro Socioeducativo Passaré;
  • Unidade de Recepção Luis Barros Montenegro;
  • Centro Socioeducativo do Canindezinho;
  • Centro Socioeducativo São Miguel;
  • Centro de Semiliberdade de Crateús;
  • Centro de Semiliberdade de Sobral;
  • Centro Socioeducativo Dr. Zequinha Parente;
  • Centro Socioeducativo de Sobral;
  • Centro Socioeducativo José Bezerra de Menezes;
  • Centro de Semiliberdade de Juazeiro do Norte;
  • Centro de Semiliberdade de Iguatu.

A Superintendência tem o objetivo de criar condições e possibilidades de mudança de vida para adolescentes que cometem ato infracional e que se encontrem em situação de vulnerabilidade social.

Leia também

você pode gostar também