Técnico do Seguro Social

Prepare-se com questões de Técnico do Seguro Social

  1. Código da questão: Q1391Ca
    (Cesgranrio 2005) O artigo 201, parágrafo 3° da Constituição Federal de 1988 assim dispõe: É assegurado o reajustamento dos benefícios para preservar-lhes, em caráter permanente, o valor real, conforme critérios definidos em lei .
    Tal dispositivo disciplina a manutenção do valor real dos benefícios previdenciários, que consiste em: (A)
  2. Código da questão: Q183Ca

    (Cespe/UNB - 2008 - INSS) - César, segurado da previdência social, vive com seus pais e com seu irmão, Getúlio, de 15 anos idade. Nessa situação, o falecimento de César somente determina o pagamento de benefícios previdenciários a seus pais e a seu irmão se estes comprovarem dependência econômica com relação a César.

  3. Código da questão: Q190Ca

    (Cespe/UNB - 2008 - INSS) - A empresa em que Maurício trabalha paga a ele, a cada mês, um valor referente à participação nos lucros, que é apurado mensalmente. Nessa situação, incide contribuição previdenciária sobre o valor recebido mensalmente por Maurício a título de participação nos lucros.

  4. Código da questão: Q11Ca

    (Cespe/UNB - 2008 - INSS) - Um segurado empregado do regime geral que tenha sofrido acidente no trajeto de sua casa para o trabalho tem direito ao recebimento do auxílio-doença pela previdência social a partir do primeiro dia de afastamento do trabalho.

  5. Código da questão: Q268Ca

    (Cespe/UNB - 2008 - INSS) - A seguridade social brasileira, apesar de ser fortemente influenciada pelo modelo do Estado do bem-estar social, não abrange todas as políticas sociais do Estado brasileiro.

  6. Código da questão: Q171Ca

    (Cespe/UNB - 2008 - INSS) - Tomás, segurado empregado do regime geral da previdência social, teve sua capacidade laborativa reduzida por seqüelas decorrentes de grave acidente. Nessa situação, se não tiver cumprido a carência de doze meses, Tomás não poderá receber o auxílio-acidente.

  7. Código da questão: Q154Ca

    (Cespe/UNB - 2008 - INSS) - Alexandre, caminhoneiro, sempre trabalhou por conta própria e jamais se inscreveu no regime geral da previdência social. Após sofrer um grave acidente, resolveu filiar-se à previdência. Seis meses depois, sofreu novo acidente e veio a falecer, deixando esposa e três filhos. Nessa situação, os filhos e a esposa de Alexandre não receberão a pensão por morte pelo fato de não ter sido cumprida a carência de doze meses.

  8. Código da questão: Q240Ca

    (Cespe/UNB - 2008 - INSS) - Considere a seguinte situação hipotética.
    João, por ter constatado erros em sua ficha hospitalar, dirigiu-se ao setor de registros do hospital e solicitou ao atendente que lhe mostrasse a ficha. Inicialmente, o atendente dificultou-lhe o acesso aos dados e, somente depois de muita insistência, João conseguiu convencê-lo da necessidade de alterar alguns dados no referido documento. Entretanto, passada uma semana, João constatou que as alterações solicitadas não haviam sido efetuadas. Nessa situação, do ponto de vista do Código de Defesa do
    Consumidor, João nada poderá fazer, pois o código é omisso com relação a esse tipo de problema.

  9. Código da questão: Q1402Ca
    (Cespe/UNB - 2003) Cláudio, contador de uma empresa atacadista, está elaborando um manual de orientação para as pessoas que o ajudam a confeccionar a folha de pagamento da empresa.

    A respeito dessa situação hipotética, julgue o item seguinte, correspondente às orientações que Cláudio está redigindo para incluir no manual.

    Incide contribuição previdenciária sobre os valores correspondentes a adicionais de insalubridade, de periculosidade, por trabalho noturno, por tempo de serviço, por transferência de local de trabalho ou função.
  10. Código da questão: Q177Ca

    (Cespe/UNB - 2008 - INSS) - Dalila, que é empregada doméstica e segurada do regime geral da previdência social, tem três filhos, mas não recebe salário-família. Nessa situação, apesar de ser considerada trabalhadora de baixa renda, Dalila não tem o direito de receber esse benefício.