Policial Militar

Prepare-se com questões de Policial Militar

  1. Código da questão: Q1346Ca
    Uma guarnição da PMDF, em perseguição a um homicida que acabara de cometer o delito, constatou que este adentrara na própria residência. Nessa situação, os policiais não podem entrar na residência para efetuar a prisão do autor sem o devido mandado judicial ou sem que o acesso à casa lhes seja franqueado por quem de direito, sob pena de incorrerem em crime de abuso de autoridade, ante a inviolabilidade do domicílio.
  2. Código da questão: Q1318Ca
    Julgue o item a seguir, acerca da defesa do Estado e das instituições democráticas.

    A incomunicabilidade do preso é vedada na vigência de estado de defesa.
  3. Código da questão: Q1301Ca

    Clique aqui para ler o texto relacionado com a questão

    Lúcio é obrigado a declarar seus bens tanto na posse quanto na exoneração do cargo de administrador regional.
  4. Código da questão: Q1306Ca
    Ainda à luz da Lei Orgânica do DF, julgue o item a seguir.

    O plebiscito popular é uma das formas do exercício da soberania popular, vedado àqueles que declararem conviver em união homossexual, quando se tratar de matéria afeta a essa temática.
  5. Código da questão: Q1349Ca
    Em conformidade com o Estatuto dos Policiais Militares do DF, julgue o item seguinte

    Graduação exprime o grau hierárquico da praça, conferido pelo comandante geral da corporação, enquanto posto é o grau hierárquico do oficial, conferido por ato do governador do DF e confirmado em carta patente.
  6. Código da questão: Q1335Ca
    No que se refere ao inquérito policial, julgue o item seguinte

    Considere a seguinte situação hipotética. Pedro teve seu veículo furtado, razão pela qual compareceu à delegacia da mulher, pois era a mais próxima de sua residência, e registrou a ocorrência. A autoridade policial titular daquela unidade instaurou inquérito policial, apurando, com sucesso, a autoria do delito. Nessa situação, apesar de o inquérito não ter sido conduzido pela delegacia especializada em roubos e furtos de veículos, a futura ação penal não é nula, ainda que instruída com os autos do referido inquérito.
  7. Código da questão: Q1290Ca
    Cidadania é, essencialmente, a consciência de direitos e deveres e o exercício da democracia: direitos civis, direitos sociais, direitos políticos. Acerca dos temas cidadania e ética, julgue o item seguinte

    A cidadania moderna é construída a partir de processos de acumulação de direitos por parte dos integrantes de uma sociedade, o que leva, em contrapartida, ao aumento das limitações do Estado e à incorporação de camadas cada vez mais amplas da população à condição de cidadãos.
  8. Código da questão: Q1343Ca
    Um policial militar em serviço de policiamento ostensivo, abordou um cidadão, penalmente imputável, que portava um cigarro artesanal contendo pequena quantidade do entorpecente conhecido como maconha. As circunstâncias da abordagem e a pequena quantidade da droga evidenciaram, de pronto, tratar-se de posse de entorpecente para uso próprio. Nessa situação, o policial deve proceder à apreensão da droga e qualificar o usuário, em formulário, liberando-o em seguida, pois a nova lei antidrogas descriminalizou o uso e o porte de entorpecentes para consumo próprio.
  9. Código da questão: Q1316Ca

    Clique aqui para ler o texto relacionado com a questão

    Os policiais agiram corretamente quanto às informações passadas aos familiares e ao juiz, visto que tinham a obrigação de informar aos familiares apenas o motivo da prisão de Joel e, ao juiz, informar tão somente que a decisão havia sido cumprida conforme determinado. Questões relativas ao local onde Joel estava detido são de ordem meramente administrativa e inexiste necessidade de essa comunicação ser feita ao juiz ou aos familiares.
  10. Código da questão: Q1295Ca
    Acerca de teoria geral da administração, relações humanas e gestão de pessoas, julgue o item a seguir

    Para a teoria burocrática, a autoridade dos integrantes de uma organização é definida por lei e vinculada ao cargo que cada integrante ocupa. Assim, o comportamento dos servidores da administração pública deve ser regulado de forma explícita, observando-se o princípio da impessoalidade, segundo o qual a obediência não é devida pessoalmente, mas ao cargo ocupado.