História – Nível Superior

Prepare-se com questões de História

  1. Código da questão: Q850Ca
    Com relação aos fatores que contribuíram para desencadear a Primeira Guerra Mundial, assinale a opção correta.
  2. Código da questão: Q734Ca
    A perseguição aos judeus e o interesse dos EUA e da URSS em afastar a presença do colonialismo anglo-francês do Oriente Médio, região valorizada principalmente por suas reservas petrolíferas, explicam a resolução aprovada na ONU, pondo fim ao mandato inglês na Palestina. Foram decididas também a criação de uma zona neutra em Jerusalém e a divisão da região em dois estados: um árabe e outro judeu (1947).
    Os ingleses retiraram-se da Palestina em 14 de maio de 1948. No mesmo dia, foi proclamada a criação do Estado de Israel e, no dia seguinte, começou a primeira das guerras opondo Estados Árabes e Israel, denominada
  3. Código da questão: Q732Ca
    A implantação do regime republicano não modificou a situação das famílias de trabalhadores do campo, que representavam, naquela época, mais de dois terços da população nacional. As grandes propriedades continuavam imperando tanto no litoral quanto no interior do país, onde predominavam os latifúndios improdutivos. Eram elas a razão principal da miséria e da submissão da massa rural.
    Necessidades mínimas, como remuneração justa do trabalho, boa alimentação e saúde, estavam longe de ser atendidas, o que gerava insegurança e insatisfação, além de poder resultar, em certas condições, em fatores de revoltas violentas contra o poder oligárquico. Foi o que aconteceu em diferentes regiões entre as últimas décadas do Império e as primeiras décadas da República. Bandos de cangaceiros irrompiam no sertão, assaltando propriedades dos coronéis, enquanto milhares de sertanejos, solidários na miséria comum, organizaram movimentos religiosos, que, em certo nível, chegaram a contestar a ordem social.
    Contra a fome e a miséria que aumentavam com a seca, houve reações da parte dos pobres do campo. Dentre os movimentos sociais abaixo, aquele que se caracteriza como um movimento NÃO religioso é o
  4. Código da questão: Q827Ca
    Acerca da Constituição Brasileira de 1988, momento decisivo para a transição democrática, julgue os itens abaixo como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção correta.

    I A Constituição foi acusada de ser excessivamente liberal, atendendo aos interesses das oligarquias econômicas.
    II Entre as conquistas da Constituição, estava a ampliação dos direitos individuais e coletivos.
    III A Constituição foi criticada por não contemplar idosos, índios, crianças e mulheres, em seu texto.
    IV Inuenciados pelo m dos regimes comunistas na Europa, os constituintes votaram contra a presença do Estado na economia.
    V A Constituição previu a realização de plebiscito para a denição da forma e do sistema de governo.

    A sequência correta é:
  5. Código da questão: Q841Ca
    Acerca da derrocada do regime comunista na União Soviética, assinale a opção correta.
  6. Código da questão: Q730Ca
    Os grupos de escravos egressos da Costa da Mina, sob diferentes identidades (Nagô, Hauçá, Jeje, Tapa), promoveram o maior ciclo de revoltas escravas africanas de que se tem notícia na história do Brasil. O caráter de resistência sistêmica à escravidão só teve equivalente, antes, na Guerra dos Palmares e, depois, no movimento abolicionista da década de 1880. Com efeito, entre 1807 e 1835, a Bahia viveu um período de rebeliões contínuas dos escravos africanos, cujo ápice foi a Revolta dos Malês.

    REIS, João José. Rebelião Escrava no Brasil, a História do Levante dos Malês em 1835. Cia. das Letras.

    Completando 175 anos em 2010, a Revolta dos Malês, na Bahia, embora não tenha conseguido modificar a ordem escravista brasileira, teve um aspecto bastante representativo, uma vez que
  7. Código da questão: Q833Ca
    Acerca da presença do Brasil na Segunda Guerra Mundial, assinale a opção correta.
  8. Código da questão: Q829Ca
    No que tange aos eventos que levaram ao golpe militar de 1964, assinale a opção correta.
  9. Código da questão: Q830Ca
    Acerca dos Atos Institucionais editados pela ditadura militar, cuja intenção era dar aparência de lei às suas medidas de força e manter um aspecto de normalidade política e jurídica, assinale a opção correta.
  10. Código da questão: Q733Ca
    Após o término da Primeira Guerra Mundial, os Estados Unidos assumiram a hegemonia econômica em escala planetária, passando de país devedor a potência credora no mercado internacional, pois fizeram vultosos empréstimos aos países envolvidos no conflito, tanto a vencedores quanto a vencidos. Dessa forma, contribuíram para a recuperação econômica da Europa, ao mesmo tempo em que financiavam as próprias exportações, mantendo elevados os índices de produtividade interna através dos empréstimos aos países necessitados.
    A sensação de segurança absoluta impediu a correta avaliação das tendências econômicas. O crédito fácil alimentava a continuidade da produção. A busca do enriquecimento rápido supervalorizou as ações das empresas. Em 1929, tudo veio abaixo. Com o crack da Bolsa de Nova York, a crise se generalizou, provocando um cataclismo em todo o mundo, devido à interdependência entre a economia americana e os países do mundo capitalista.

    Analise as afirmativas abaixo sobre as repercussões econômicas da crise de 1929 no Brasil.

    I - O Brasil, país de economia socialista e planificada, não fora atingido pela crise; fato este que abalou a confiança brasileira no sistema capitalista e propagou a ideia de superioridade do sistema socialista.
    II - Ao Brasil restou a opção de empreender uma mudança de rumo no capitalismo liberal, inaugurando a fase intervencionista, na qual o governo passou a ter papel exclusivo e decisivo no processo econômico.
    III - No Brasil, a crise afetou o café e todos os produtos primários, que tiveram seus preços rebaixados, agravando o deficit da balança comercial e aprofundando a depressão.
    IV - No Brasil, ampliou-se o sistema de previdência social, passando a ser responsabilidade do governo o bem-estar dos trabalhadores em caso de invalidez, de velhice e mesmo de desemprego. Está correto APENAS o que se afirma em