Hospital da Criança de Brasília abre vagas de emprego

Hospital foi inaugurado em novembro do ano passado. Há vagas para médicos, farmacêuticos homeopatas, designers gráficos, analistas de patrimônio e contadores.

O Hospital da Criança de Brasília está com vagas abertas para profissionais de diversas áreas. Além de médicos, podem se inscrever no processo seletivo da unidade, farmacêuticos homeopatas, designers gráficos, analistas de patrimônio e contadores.

No caso dos profissionais de medicina, a maioria das vagas oferecidas são para pediatras, em especialidades diversas. A entidade destacou, dentre os profissionais que podem se inscrever: acunputuristas, imunologistas, cardiologistas, dermatologistas, emergencistas, endocrinologistas, endoscopistas digestivos, nefrologistas, neurologistas, oftalmologistas, ortopedistas, otorrinolaringologistas, pneumologistas e psiquiatras.

Especialidades - Também podem participar da seleção médicos anestesiologistas, broncoesofagologistas, cirurgiões bucomaxilares e especialistas em genética clínica. Para os médicos (a entidade não especificou a quantidade de vagas oferecidas na seleção), as inscrições estarão abertas até 31 de janeiro. Para as outras profissões, os registros se encerram no próximo dia 10. Candidatos às vagas devem acessar o site http://www.hospitaldacrianca.org.br/trabalheconosco.php

Durante o processo seletivo, estão previstas provas de conhecimento, teste psicológico, dinâmicas de grupo, entrevistas e exames médicos. Passarão por estas etapas apenas os currículos selecionados pela comissão do hospital responsável pela contratação.  Os aprovados que assumirem os postos serão contratados com base nas regras da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Salários, benefícios e jornadas de trabalho serão divulgados apenas aos aprovados.

Referência - O Hospital da Criança foi inaugurado em novembro do ano passado. A unidade, erguida por meio de doações recebidas pela Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias (Abrace), conta com a colaboração dos governos do Distrito Federal (GDF) e da União. Além de ceder o terreno, o GDF investiu em conjunto com a União R$ 15 milhões na compra de equipamentos para a unidade.

A expectativa é que o hospital atenda, por mês, 27 mil pacientes, entre 0 e 18 anos,  além de realizar 9 mil consultas durante o período. A unidade é referência em patologias de média e alta complexidades infanto-juvenis, como problemas cardíacos e câncer.

Segundo bloco - Na sexta-feira passada (30/12), o Ministério da Saúde liberou mais R$ 18 milhões para investimentos no Hospital da Criança. A quantia será utilizada na construção do segundo bloco do hospital. Serão investidos ainda R$ 2 milhões do orçamento do Distrito Federal para este ano. A previsão é que as obras comecem em março e durem 12 meses. No segundo bloco, estarão os espaços de internação, cirurgias, UTI e diagnóstico especializado.

Renato Ferreira
Agência Brasília