Estado do Pará abrirá nove concursos em 2013

Governo do Pará prevê a realização de nove concursos públicos até o final de 2013, totalizando 1.652 vagas.

O governo do estado do Pará planeja realizar pelo menos nove concursos públicos até o final de 2013. A informação foi dada pela Secretaria de Estado de Administração (Sead) e publicada pela Agência Pará de Notícias. Ao todo, serão oferecidas 1.652 vagas em diversos órgãos públicos. Segundo a secretária da pasta, Alice Viana, a informação foi divulgada tendo em vista a tramitação de processos de solicitação dos órgãos interessados, e acrescentou que no decorrer dos próximos meses poderão ser divulgadas previsões específicas da abertura de cada certame.

Polícia Civil e Corpo de Bombeiros e Polícia Militar

Um dos mais aguardados do Estado, o certame da Polícia Civil - antigo C-160 e C-161 - irá preencher 620 vagas para os cargos de Delegado, Escrivão e Investigador. O certame foi realizado em setembro deste ano, com 23 mil inscritos, mas foi anulado por descumprimento de cláusulas contratuais por parte da empresa organizadora, o que levou a administração a rescindir contrato. Todos os candidatos já inscritos na seleção anterior, que optarem por participar novamente, terão a inscrição gratuita assegurada nessa nova seleção.

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBM), por sua vez, oferecerá 464 vagas, sendo 38 para oficiais e 426 para soldados.

Outros órgãos

Nas previsões do governo paraense ainda estãos os concursos para: a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), com previsão de 164 vagas; a Secretaria de Estado de Turismo (Setur), com oferta de 152 vagas; a Fundação Carlos Gomes (FCG), com 114 vagas para professores de música; a Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa (Fapespa) - 86 vagas e, por fim, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) - 52 vagas.

Ampliação do quadro será feita com responsabilidade

De acordo com a agência noticiosa estatal, os concursos previstos serão realizados de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira do Estado. "Precisamos observar a melhoria da receita do Estado. O momento atual ainda é de cautela e de concentração de esforços de gestão na manutenção do equilíbrio fiscal e financeiro das finanças públicas, diante da crescente queda nos recursos advindos das transferências federais", explicou a secretária da Sead.

O governo entende que é um dado extremamente favorável o fato de que desde o início da gestão atual já terem ocorrido 9.078 nomeações de aprovados em concursos realizados no Estado. De acordo com Alice Viana, "a política de nomeação de aprovados em concursos públicos no Estado é uma das premissas do governador Simão Jatene e tem sido precisamente respeitada, de acordo com o limite de vagas ofertadas e o prazo de vigência de cada concurso".