Ceperj aplica provas para o magistério estadual em 12 municípios do RJ

Os 22.952 candidatos às 3.321 vagas conhecerão os gabaritos na terça-feira, 20 de dezembro de 2011.

A chance de conquistar uma das 3.321 vagas e formação de cadastro de reserva oferecidos pela Secretaria de Estado de Educação foi disputada, neste domingo (18/12), por 22.952 professores aos cargos efetivos de docente I com jornadas de 16 horas e  30 horas semanais. Das 9h ao meio-dia, esses candidatos fizeram as provas objetivas aplicadas pela Fundação Ceperj (Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro), organizadora deste concurso realizado na capital e em mais 11 municípios. Na terça-feira (20/12), quando forem divulgados os gabaritos preliminares, todos poderão conhecer seus erros e acertos disponíveis no Diário Oficial do Estado e no portal www.ceperj.rj.gov.br.

As provas, de caráter eliminatório e classificatório, começaram e terminaram nos horários estabelecidos em edital e foram aplicadas por 2.500 pessoas bem treinadas, entre coordenadores, executores, itinerantes e fiscais, sob a coordenação geral do diretor de Concursos e Processos Seletivos da Ceperj, Marcus São Thiago. Dos 29.801 professores convocados, 6.849 não compareceram, significando um índice de abstenção de 22.98%. Para o diretor, esse índice de faltosos está dentro da média histórica de concursos, entre 15% e 25%. É positiva a avaliação que ela faz dos exames realizados no Rio e nos municípios de Niterói, Vassouras, Volta Redonda, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Duque de Caxias, Belford Roxo, Itaperuna, Campos dos Goytacazes, Petrópolis e Nova Friburgo.
- A aplicação das provas para o concurso do magistério da Secretaria de Estado de Educação transcorreu sem ocorrências negativas. Nossa equipe de 2.500 pessoas estava mobilizada desde a madrugada de domingo para prestar o melhor serviço aos candidatos. As provas estarão disponibilizadas nesta noite, podendo ser acessadas por todos os candidatos, e os gabaritos preliminares serão divulgados no D.O e no nosso site, na terça-feira.  O cronograma segue normalmente e para acompanhá-lo os candidatos deverão ficar atentos ao nosso site – afirma Marcus São Thiago, fazendo questão de ressaltar a importância de a Ceperj ter realizado o primeiro concurso para professor 30 horas, cargo criado este ano pela Seeduc.

As provas objetivas apresentaram 50 questões elaboradas com base no programa descrito no edital.  Foram divididas em três blocos: 15 perguntas de Português e de Conhecimentos Pedagógicos, comuns a todos os candidatos, e 20 de Conhecimentos Específicos direcionadas para cada cargo: professor 16 horas e professor 30 horas. Todas foram de múltipla escolha, com cinco alternativas, valendo dois pontos cada pergunta, no total de 100 pontos. Serão eliminados do concurso os candidatos que não alcançarem 50% do total de pontos possíveis, respeitado o mínimo exigido para cada bloco, ou seja, 10 acertos em Português e Conhecimentos Pedagógicos e 20 em Conhecimentos Específicos.

O diretor Marcus São Thiago explica que a prova de Português teve como objetivo fundamental avaliar a capacidade do professor de ler, compreender e interpretar textos de linguagem verbal e visual, essenciais a todas as áreas e disciplinas que estruturam as atividades pedagógicas da escola. Na prova de Conhecimentos Pedagógicos, as questões foram elaboradas com ênfase em conhecimentos referentes à Metodologia, Legislação Educacional e Políticas Públicas, que visam à equidade e à qualidade da educação. A prova de Conhecimentos Específicos foi direcionada aos conteúdos necessários às atribuições dos dois cargos, com foco em compreensão de fenômenos, resolução de situações-problema, construção de argumentações e elaboração de propostas.

Além das provas objetivas, os candidatos se submeterão também à avaliação de títulos, de caráter exclusivamente classificatório, valendo 11 pontos, no máximo.  Os concorrentes que se esqueceram de levar os documentos, que deveriam ser entregues quando da realização das provas objetivas neste domingo, como previsto em edital, serão classificados apenas pelos pontos obtidos nos exames. A avaliação será realizada por banca indicada pela Fundação Ceperj, que somente examinará os títulos dos candidatos aprovados.

O resultado preliminar das provas objetivas será divulgado no dia 6 de janeiro, quando os 22.952 candidatos terão acesso à imagem de seus cartões de respostas. 

Fonte: CEPERJ