Educação - RJ nomeia 349 professores

Os candidatos já passaram pelo processo admissional e têm 10 dias para serem admitidos.

A Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro publicou, no Diário Oficial de 27/1/2014, a nomeação de 349 candidatos aprovados nos concursos de 2009, 2011/2 e 2013. Os candidatos já passaram pelo processo admissional e têm 10 dias para serem admitidos e entrarem em exercício em suas respectivas regionais.

Imprensa RJ

****

Educação - RJ convoca professores aprovados (24/01/2014)

Um total de 1.652 aprovados nos concursos para professor foram convocados. Docentes receberão também auxílios transporte e alimentação.

A Secretaria de Educação publicou, no Diário Oficial de sexta-feira (24/1) a convocação de 1.652 aprovados nos concursos para professor. Destes, 1.263 participaram da seleção de 2013, 385 de 2011 e 4 de 2009. Os candidatos cumprirão jornada de trabalho de 16 ou 30 horas semanais.

Para os profissionais de 16 horas, os vencimentos iniciais são de R$ 1.081,97, mais auxílio-transporte e auxílio-alimentação. Já os professores de 30 horas, recebem R$ 2.028,67, mais auxílio- transporte e auxílio-alimentação.

Os candidatos devem ao local designado, de acordo com a escala de convocação, com documento de Identidade, CPF, Pis/Pasep, Título de Eleitor, Carteira de Trabalho, Certificado de Reservista, diploma de conclusão, histórico escolar e comprovante de residência.


Os habilitados pela Equipe de Acompanhamento e Avaliação da Regional serão encaminhados à Superintendência de Perícia Médica e Saúde Ocupacional, para exame médico pré-admissional.

NOMEAÇÕES

A Secretaria de Educação publicou também no Diário Oficial de sexta-feira (24/1), a nomeação de 66 aprovados nos concursos para professor realizados em 2009, 2011 e 2013. Até o próximo dia 2 de fevereiro, o docente precisa comparecer à regional para escolher a escola que deseja lecionar e iniciar as atividades.

Informações da Imprensa RJ

****

Concurso Professor Rio de Janeiro 2014 Locais de Provas (10/01/2014)

Ceperj divulgará locais de provas no próximo dia 21. Certame prevê realização de prova escrita objetiva e prova de títulos.

No próximo dia 21 de janeiro de 2014 os 36.781 inscritos no concurso do magistério estadual do Rio de Janeiro conhecerão os locais onde farão suas provas, em 18 municípios. A organizadora Fundação Ceperj colocará em seu portal – www.ceperj.rj.gov.br – o cartão de confirmação de inscrição (CCI) para ser impresso e apresentado na aplicação do exame objetivo marcado para o dia 26 deste mês.

Nesta seleção, a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) oferece 1.400 vagas e formação de cadastro de reserva para professor Docente I, com cargas de 16 e 30 horas semanais, vencimentos de R$ 1.081,97 e R$ 2.028,67, mais benefícios.


Além da data e do local, o CCI também informará o horário da prova objetiva. A consulta e a impressão devem ser feitas via internet, no portal da Ceperj. Na coluna Concursos em Andamento, o candidato acessa o link SEEDUC – Secretaria de Estado de Educação, Professor Docente I, 16 e 30 horas, e, em seguida, o link Confirmação de Inscrição no quadro que aparecerá. Informa o número de seu CPF e imprime o cartão. Quem se inscreveu no posto de atendimento deve retornar à sede da Ceperj, na Avenida Carlos Peixoto, 54, térreo, Botafogo, Zona Sul do Rio, a partir de 21 de janeiro para a retirada de seu cartão, entre 10h e 16h.


Vale lembrar que é dever do candidato conferir os dados constantes do CCI, verificando se estão corretos. Se houver inexatidão nas informações, ele deve fazer, imediatamente, as retificações necessárias pelo email sac@ceperj.rj.gov.br, nos dias 22 e 23 de janeiro. Quem retirar seu cartão no posto de atendimento deve solicitar que sejam feitas as alterações para correções posteriores. Serão de responsabilidade exclusiva do candidato as consequências que poderão ocorrer, caso não verifique os dados em seu cartão. Aqueles que tiverem dúvidas ou quiserem mais informações podem ligar para os telefones (21) 2334 7100, 2334 7132 e 2334 7117, com atendimento das 9h às 18h.

CONCORRÊNCIA

O cargo mais procurado é o de professor de 16 horas, com 20.718 candidatos, enquanto o de professor com carga de 30 horas atraiu 16.063. Das 1.400 vagas oferecidas pela Seeduc, 704 são para professor de 16 horas e 696 para docente de 30 horas. As 704 oportunidades estão distribuídas pelas seguintes disciplinas: Artes (98), Biologia (13), Ciências (52), Educação Física (18), Filosofia (249) História (22), Inglês (140), Francês (4), Espanhol (16), Sociologia (84) e Disciplinas Pedagógicas (8). As 696 vagas são destinadas às disciplinas de Português (109), Física (169), Geografia (66), Matemática (313) e Química (39).

ETAPAS SELETIVAS

A estratégia deste concurso constará de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, a ser realizada em 26 de janeiro, e avaliação de títulos, estritamente classificatória, cujos documentos deverão ser entregues no mesmo dia. Os exames serão aplicados em 12 Regionais, que englobam os seguintes municípios: Rio de Janeiro, Niterói, Cabo Frio, Três Rios, Vassouras, Volta Redonda, Angra dos Reis, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Duque de Caxias, Belford Roxo, Itaperuna, Santo Antônio de Pádua, Campos dos Goytacazes, Macaé, Petrópolis, Nova Friburgo e Cantagalo.

Informações da Imprensa RJ

****

Educação RJ: mais professores serão convocados para 2014 (17/12/2013)

Expectativa é que novos 1,6 mil profissionais já comecem o ano letivo 2014 em sala de aula

Com o objetivo de dar continuidade à política de redução da carência de professores na rede estadual, a Secretaria de Educação do Rio de Janeiro realizará, até o fim de dezembro de 2013, mais 1.602 convocações. Para iniciar esse novo ciclo de chamadas, a Secretaria de Educação (Seeduc) publicou, no Diário Oficial de terça-feira (17/12), a convocação de 275 candidatos aprovados nos concursos 2009, 2011 e 2013 para o cargo de Professor Docente I (16 horas). A expectativa é que, em fevereiro de 2014, esses novos profissionais já comecem o ano letivo em sala de aula.

A partir de sexta-feira (20/12), os candidatos aprovados começam a se apresentar nos endereços e horário indicados, munidos da documentação necessária (identidade, CPF, Pis/Pasep, título de eleitor, CTPS, certificado de reservista, diploma de conclusão, comprovante de residência e CREF (candidatos às vagas de Educação Física). Quem for considerado habilitado pela equipe de acompanhamento e avaliação da regional será encaminhado para a realização do exame médico, previsto para janeiro de 2014.

De 2007 até hoje, mais de 54 mil novos professores entraram para a rede estadual por meio de novos concursos. Isso representa cerca de 19 novos docentes entrando a cada dia na rede estadual. O déficit, que em fevereiro de 2011 era de 11.773 docentes, foi reduzido para aproximadamente 900.

A seleção de 2009 ofereceu, inicialmente, 5.387 vagas para Docente I (6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio), distribuídas por diversas disciplinas. A jornada de trabalho é de 16 horas semanais, e o concurso é válido até março do ano que vem. No concurso de 2011, cujo prazo de validade termina em fevereiro de 2014, com possibilidade de prorrogação por mais dois anos, foram oferecidas 3.321 vagas iniciais. Dessas, 1.930 são para professor com carga de 16 horas semanais e 1.391 para docentes com jornada de 30 horas.

Os vencimentos dos servidores são de R$ 2.028,67 (30 horas) e R$ 1.071,95 (16 horas). Além disso, os professores recebem como benefícios auxílio-alimentação (R$ 160 mensais), auxílio-transporte e auxílio-qualificação.

Os candidatos que prestaram concurso para Professor Docente I (30 horas) também devem ficar atentos, pois há expectativa para nova convocação de profissionais dessa carga horária.

Informações da Imprensa RJ

----------------------

Concursos para a Educação no RJ atraem cada vez mais candidatos (05/07/2013)

Para a Secretaria de Educação do Estado - RJ, o aumento da concorrência reflete o resultado das ações de melhoria das condições de trabalho e remuneração.

A procura de profissionais da educação para atuar na rede estadual de ensino do estado do Rio de Janeiro tem superado as expectativas das comissões organizadores dos últimos concursos. Essa grande procura por funcões públicas na área, na visão da Secretaria de Educação, reflete o resultado das ações que vêm sendo implantadas para oferecer melhores condições de trabalho e remuneração para os educadores e pessoal de apoio das escolas.

Concorrências dos últimos certames

O recém-aberto concurso para Inspetor de Alunos, cuja prova será realizada no próximo dia 14 de julho, reafirmou esse interesse com uma procura acima do esperado: as 909 vagas distribuídas pelas Diretorias Regionais espalhadas pelo estado serão concorridas por 68.731 candidatos.

A última seleção para o cargo de professor, realizada em maio deste ano, já mostrava essa tendência. A oferta das 362 vagas imediatas e cadastro de reserva do quadro permanente para Docente I, com carga horária de 16h e 30h semanais, e Ensino Religioso, resultou em 26 mil educadores inscritos para o concurso.

Ações positivas

Desde 2011, a Secretaria de Educação vem desenvolvendo diversas ações para apoiar o trabalho dos professores do estado. Entre elas estão os cursos de formação continuada – em parceria com o Cederj e com auxílio mensal de R$ 300 – que são oferecidos por universidades públicas, como Uerj, UFRJ, UFF, Uenf, Uni-Rio e Rural.

Nesse mesmo período, teve início o sistema de gestão escolar que oferece aos professores regentes de turma um bônus anual para aquisição de bens pedagógico-culturais e participam do sistema de bonificação que recompensa os servidores da educação por bons resultados e trabalho em equipe. Em 2012, foram contemplados aproximadamente 16 mil servidores e 331 escolas. Foram cerca de R$ 40 milhões investidos.

Agora, em 2013, com programação para este mês de julho, referente a junho, os professores da rede estadual de ensino ganharam aumento salarial de 8%, concedido também aos aposentados e pensionistas, extensivo aos servidores do Degase (Departamento Geral de Ações Socioeducativas). Mais de 172 mil funcionários públicos foram beneficiados.

Com a medida, o salário inicial de um docente de 30 horas semanais sobe de R$ 1.878,40 para R$ 2.028,67, além dos benefícios mensais de transporte (até R$ 110) e alimentação (R$ 160).

Ainda em 2013, a Secretaria lançará o Programa de Certificação de Professores. É mais uma forma de valorização e de remuneração para os 75 mil docentes da rede estadual de ensino. Com a certificação, e com a mesma carga horária, o salário do professor poderá ficar até três vezes maior.

Além disso, os investimentos na infraestrutura das escolas, a criação do auxílio-alimentação e do auxílio-transporte, e os diversos projetos para melhoria do ensino, como o Programa de acolhimento e atendimento ao servidor, têm sido determinantes para aumentar o interesse de diversos profissionais em atuar na área da educação do estado.

Com informações da Ascom da Secretaria de Educação - RJ, via Imprensa RJ

***

Secretaria de Educação - RJ vai contratar professores temporários (05/06/2013)

As vagas são para unidades prisionais e socioeducativas do Estado do Rio de Janeiro,  para contrato temporário de professores.

A Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro abrirá inscrições, a partir desta quarta-feira (5/6), para contrato temporário de professores que atuarão nos anos iniciais do Ensino Fundamental nas unidades escolares prisionais e socioeducativas de abrangência da Diretoria Especial das Unidades Prisionais e Socioeducativas (Diesp). As vagas serão preenchidas nos municípios de Japeri, Magé, Niterói, Itaperuna, Campos dos Goytacazes e Volta Redonda.

A Resolução Seeduc nº 4.882 de 01/04/2013 estabelece os procedimentos a serem adotados na contratação por tempo determinado de professores para atuação nas unidades escolares da rede estadual de ensino.
 
Os candidatos interessados em lecionar nas unidades prisionais e suas salas de extensão deverão preencher a ficha de inscrição e informar o seu currículo. Cada candidato poderá realizar apenas uma inscrição, com CPF próprio, sendo desclassificado quem se inscrever com documentos de terceiros.
 
Os candidatos inscritos para as unidades prisionais da Diesp, que aguardam convocação no 31º ou 32º processos seletivos, serão convocados para as vagas existentes nas unidades localizadas no município do Rio de Janeiro.

Com informações do portal de notícias do Estado