Concurso Fiocruz 2014: divulgado resultado das provas objetivas

O Concurso tem por objetivo o preenchimento de 400 vagas em diferentes unidades da Fundação Oswaldo Cruz.

A Fundação Dom Cintra divulgou os resultados das prova objetivas do Concurso Fiocruz 2014. Também é possível verificar, no site da organizadora, os resultados aos recursos contra os gabaritos e as questões.

O Concurso tem por objetivo o preenchimento de 400 vagas em diferentes unidades.

Dúvidas sobre o processo seletivo podem ser esclarecidas nos canais de atendimento da Fundação Dom Cintra: o telefone (21) 4062-7364 e o e-mail fiocruz2014@domcintra.org.br.

assessoria da Fiocruz

***

Concurso Fiocruz 2014 (15/04/2014)

Editais podem ser publicados ainda em janeiro de 2014. Fundação Cultural Dom Manoel Pedro da Cunha Cintra será organizadora.

Por meio da Portaria 483/2013, o Ministério do Planejamento autorizou a realização de concurso público para ocupação de 400 cargos do Plano de Carreiras e Cargos de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública do quadro de pessoal da Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz. A organizadora contratada foi a Fundação Cultural Dom Manoel Pedro da Cunha Cintra, conforme publicação do DOU de 15/01/2014.

Este concurso já vinha sendo pleiteado pela Fiocruz desde o primeiro semestre de 2013 e o nome da organizadora deverá ser divulgado nos próximos dias.

Serão 35 vagas para Especialista em C&T Produção e Inovação em Saúde Pública; 169 para Pesquisador em Saúde Pública (Assistente); 113 para Tecnologista em Saúde Pública; 08 para Analista de Gestão em Saúde Pública e 75 para Técnico em Saúde Pública. Os salários iniciais de cada cargo estão definidos conforme tabelas do plano de carreiras da instituição, reajustada em janeiro de 2013.

O provimento dos cargos terá como contrapartida, respectivamente, a extinção de 400 postos de trabalho terceirizados.

As normas do certame deverão ser publicadas em até seis meses, contados a partir da data da Portaria, que foi publicada no Diário Oficial da União, seção 1, 04 de dezembro de 2013, págs 55 e 56.

A Diretoria de Recursos Humanos da Fundação estima que a publicação dos editais deva ocorrer em janeiro de 2014 e a aplicação das provas em abril do mesmo ano. No dia 10 de dezembro, a Comissão de Concurso da Fiocruz irá se reunir para tratar do tema, que pautará também a reunião do CD, agendada para o dia 19 deste mês.

Sobre os concursos da Fiocruz

Em nota recente (setembro de 2013), direcionada a veículo de imprensa, a Fundação explicou que não exige experiência mínima de seis meses para ingresso em nenhum de seus cargos. Os perfis que estão passíveis de experiência profissional, por determinação do plano de carreira da Fiocruz (Lei 11.355/2006), são os de Técnico em Saúde Pública e Especialista em Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública, nos seguintes termos: para Técnico exige-se nível intermediário completo mais um ano de experiência na área se o candidato não tiver a habilitação exigida para o perfil. Logo, para técnicos habilitados a experiência na área de atuação não é exigida. Já para o cargo de Especialista, a lei exige doutorado mais seis anos de experiência no perfil após a obtenção do título. 

Outro aspecto que ficou esclarecido é o de que a Fiocruz não realiza concursos para vagas temporárias. Todos os aprovados e empossados ingressam no quadro efetivo de funcionários da instituição. Atualizando os dados da força de trabalho da Fundação, com base no levantamento do Serviço de Informação em RH (Seinfo/Direh), os números de servidores por cargos são: 457 assistentes; 1.156 técnicos; 1.623 tecnologistas; 826 analistas; 816 pesquisadores; 17 especialistas e 323 funcionários enquadrados em outros cargos, totalizando 5.218 servidores. 

Além dos funcionários próprios, a Fiocruz conta com, aproximadamente 7,3 mil terceirizados, sendo que desses cerca de 5 mil postos são referentes a serviços de apoio, como jardinagem, manutenção, limpeza, infraestrutura etc. Portanto, funções que de fato não são próprias da carreira da Fiocruz e, consequentemente, não concursáveis.

A Fiocruz, por fim, explicou que todas as unidades regionais da Fundação devem receber vagas provenientes do novo certame.


 ****

Notícia anterior: Planejamento autoriza nomeação de 199 candidatos aprovados na FIOCRUZ (29/04/2013)

Fiocruz nomeia 199 candidatos aprovados para diversos cargos de nível superior e intermediário que serão distribuídos em seis capitais.

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou na última quinta-feira, por meio da Portaria nº 133, publicada no Diário Oficial da União, a nomeação de 199 candidatos aprovados para diversos cargos de nível superior e intermediário que serão distribuídos em seis capitais: Belo Horizonte, Curitiba, Manaus, Recife, Rio de Janeiro e Salvador.

As nomeações autorizadas serão para compor o quadro do Plano de Carreiras e Cargos de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz.

Este concurso foi autorizado pelas Portarias MP nº 64/2010 e nº 342/ 2010.

Com informações do portal do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão