Edital Concurso Prefeitura de Cedro – PE

Prefeitura Municipal de Cedro (PE)
EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2011

O Prefeito Municipal de Cedro (PE), JOSENILDO LEITE SOARES, no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art.37, caput e inciso II, da Constituição Federal de 1988; Leis Federais 4.320 de 17 de março de 1964 e 10.741/03; Decreto Federal 3.298/99; Lei Orgânica do Município e em observância ao princípio constitucional da publicidade e demais princípios, TORNA PÚBLICO que fará realizar CONCURSO PÚBLICO de Provas e de Provas e Títulos para provimento de Cargos vagos existentes e que vierem a vagar com formação de Cadastro de Reserva pelo tempo de validade do certame, com observância ao disposto nas Leis Municipal n.º 265/2009 de 28 de setembro de 2009 e 293/2011 de 16 de março 2011 e demais leis inerentes ao certame, para o preenchimento de Cargos do Quadro Permanente do Executivo do Município de Cedro (PE.), listados no item 1.1, quadros A-1, A-2, B, C, D, E, e F, conforme especificações constantes neste Edital e seus anexos I e II do manual do candidato que será adquirido no site www.universidadepatativa.com.br da Universidade Patativa do Assaré, inscrita no CNPJ/MF sob nº 05 342 580/0001-19, entidade contratada para prestar serviços de planejamento, organização e realização de todas as etapas do presente Concurso Público.

1 – DOS CARGOS PÚBLICOS

1.1 – Os cargos públicos, objetos do presente certame para provimento efetivo são os constantes dos quadros A-1, A-2, B, C, D, E e F deste Edital que indicam o número de vagas, lotação, carga horária e vencimentos básicos de cada cargo, estando os mesmos sujeitos a reajustes na forma da Lei.
A – 1 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Cargo

Exigência HabilitaçãoAdmissão Imediata

Cadastro de Reserva

Código

C. Horária Semanal

Vencimento Básico

FISIOTERAPEUTANÍVEL SUPERIOR EM FISIOTERAPIA (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

01

01FST-A

20

R$ 1.000,00
NUTRICIONISTANÍVEL SUPERIOR EM NUTRIÇÃO (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

01

-

NUT-A

20

R$ 1.000,00
DENTISTA – PSFNÍVEL SUPERIOR EM ODONTOLOGIA (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

04

02DSF-A

20

R$ 1.766,24
MÉDICO – PSFNÍVEL SUPERIOR EM MEDICINA (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

04

02MSF-A

40

R$ 4.000,00
MÉDICONÍVEL SUPERIOR MEDICINA (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

08

01MED-A

20

R$ 1.766,24
FARMACEUTICONÍVEL SUPERIOR EM FARMACIA ( COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

01

-

FAR-A

20

R$ 1.766,24
ENFERMEIRO – PSFNÍVEL SUPERIOR EM ENFERMAGEM (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

04

02ESF-A

20

R$ 1.766,24
TÉCNICO EM ENFERMAGEM – PSFNIVEL MÉDIO, CURSO TÉCNICO EM EMFERMAGEM (COM REGISTRO NO COREN)

04

02TESF-A

40

R$ 600,00
AUXILIAR DA SAÚDE BUCALNÍVEL MÉDIO E CURSO TÉCNICO EM AUXILIAR DE CONSULTORIO DENTARIO (COM RGISTRO NO CRO)

04

02ASB-A

40

R$ 545,00
OPERADOR DE COMPUTADORNÍVEL MÉDIO E CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO NA ÁREA

02

-

OPC-A

40

R$ 545,00
AUXILIAR DE ENFERMAGEMNÍVEL MÉDIO (COM REGISTRO NO COREN)

04

-

AXE-A

40

R$ 545,00
COZINHEIRONÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

02

-

COZ-A

40

R$ 545,00
COPEIRONÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

01

-

COP-A

40

R$ 545,00
AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAISNÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

10

-

ASG-A

40

R$ 545,00
VIGIANÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

01

-

VIG-A

40

R$ 545,00
TOTAL

-

51

12

-

-

-

A – 2 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

CargoExigência Habilitação

Área de Abrangência

Admissão Imediata

Cadastro de Reserva

Código

C. Horária Semanal

Vencimento Básico

AGENTE COMUNITARIO DE SAÚDENÍVEL MÉDIOMICRO-AREA I
  • SÍTIO BODES
  • SÍTIO BONITO
  • SÍTIO ANGICO
  • SÍTIO MOCHO
—-

01

ACI-A2

40

R$ 455,00
AGENTE COMUNITARIO DE SAÚDENÍVEL MÉDIOMICRO-ÁREA II
  • RUA JOSÉ INÁCIO LEITE
—-

01

ACII-A2

40

R$ 455,00
AGENTE COMUNITARIO DE SAÚDENÍVEL MÉDIOMICRO-AREA IV
  • SÍTIO LAGOA COBERTA
  • SÍTIO FORNO VELHO
  • SÍTIO POSSE NOVA
  • SÍTIO CROATÁ
  • SÍTIO CABACEIRA
01—-ACIV-A2

40

R$ 455,00
AGENTE COMUNITARIO DE SAÚDENÍVEL MÉDIOMICRO-AREA VI
  • RUA DO CAMPO (PARTE 2)
  • INACIO RUFINO
01—-ACVI-A2

40

R$ 455,00
AGENTE COMUNITARIO DE SAÚDENÍVEL MÉDIOMICRO-AREA VI I
  • COHAB SÃO LUIZ
  • RUA SANTA LUZIA
  • RUA NOSSA SENHORA DE FATIMA
  • RUA GERALDA MARIA DE SOUZA
  • RUA FRANCISCO DE ASSIS LEITE
01—-ACVII-A2

40

R$ 455,00
TOTAL——0302

—-

B – SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRA-ESTRUTURA URBANA E OBRAS PÚBLICAS

Cargo

Exigência HabilitaçãoAdmissão Imediata

Cadastro de Reserva

Código

C. Horária Semanal

Vencimento Básico

ENGENHEIRO CIVILNÍVEL SUPERIOR EM ENGENHARIA CIVIL (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

01

-

EGC-B

20

R$ 1.766,24
DESENHISTANÍVEL MÉDIO E CURSO ESPECIALIZADO NA ÁREA

01

-

DES-B

40

R$ 545,00
OPERADOR DE MÁQUINA PESADANÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO E CNH “D”

-

01OPM-B R$ 545,00
ELETRICISTANÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

01

-

ELE-B

40

R$ 545,00
AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAISNÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

01

-

ASG-B

40

R$ 545,00
GARINÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

10

05GAR-B

40

R$ 545,00
TOTAL

-

14

06

-

-

-

C – SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL E MEIO AMBIENTE

Cargo

Exigência HabilitaçãoAdmissão Imediata

Cadastro de Reserva

Código

C. Horária Semanal

Vencimento Básico

MÉDICO VETERINÁRIONÍVEL SUPERIOR EM MEDICINA VETERINÁRIA (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

01

-

VET-C

20

R$ 1.000,00
TÉCNICO AGRÍCOLA
NÍVEL MÉDIO E CURSO TÉCNICO AGRÍCOLA

01

-

TEA-C

40

R$ 700,00
OPERADOR DE COMPUTADORNÍVEL MÉDIO E CURSO ESPECIALIZADO NA ÁREA

01

-

OPC-C

40

R$ 545,00
AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAISNÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

01

-

ASG-C

40

R$ 545,00
TRATORISTANÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO E CNH “ D”

02

02TRT-C

40

R$ 545,00
TOTAL

-

06

02

-

-

-

D – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ESPORTE CULTURA E LAZER

Cargo

Exigência HabilitaçãoAdmissão Imediata

Cadastro de Reserva

Código

C. Horária Semanal

Vencimento Básico

PROFESSOR DE PORTUGUÊS ( ENSINO FUNDAMENTAL DE 6º AO 9º ANO)NÍVEL SUPERIOR (LICENCIATURA PLENA EM ARÉA ESPECIFICA)

02

-

PRP-D

20

R$ 598,98
PROFESSOR DE MATEMÁTICA ( ENSINO FUNDAMENTAL DE 6º AO 9º ANO)NÍVEL SUPERIOR (LICENCIATURAPLENA EM MATEMÁTICA EM ÁREA ESPECIFICA )

02

-

PRM-D

20

R$ 598,98
PROFESSOR DE HISTÓRIA (ENSINO FUNDAMENTAL DE 6º AO 9º ANO)NÍVEL SUPERIOR (LICENCIATURA PLENA EM HISTORIA EM ÁREA ESPECIFICA)

01

-

PRH-D

20

R$ 598,98
PROFESSOR DE GEOGRAFIA – ENSINO FUNDAMENTAL DE 6º AO 9º ANONÍVEL SUPERIOR (LICENCIATURA PLENA EM GEOGRAFIA EM ÁREA ESPECIFICA)

01

-

PRG-D

20

R$ 598,98
PROFESSOR DE CIÊNCIAS (ENSINO FUNDAMENTAL DE 6º AO 9º ANO)NÍVEL SUPERIOR (LICENCIATURA PLENA EM BIOLOGIA EM ÁREA ESPECIFICA)

01

-

PRC-D

20

R$ 598,98
PROFESSOR DE INGÊS (ENSINO FUNDAMENTAL DE 6º AO 9º ANO)NÍVEL SUPERIOR (LICENCIATURA PLENA EM LETRAS E ESPECILAIZAÇÃO EM ÁREA ESPECIFICA)

01

-

PRI-D

20

R$ 598,98
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA (ENSINO FUNDAMENTAL DE 6º AO 9º ANO)NÍVEL SUPERIOR (LICENCIATURA PLENA EM ÁREA ESPECIFICA )

-

01PRE-D

20

R$ 598,98
PROFESSOR DE ARTES (ENSINO FUNDAMENTAL DE 6º AO 9º ANO)NÍVEL SUPERIOR (LICENCIATURA PLENA EM ÁREA ESPECIFICA)

01

-

PRA-D

20

R$ 598,98
PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL I ( 1ª A 4ª SÉRIE E/OU 1º AO 5º ANO)NIVEL MÉDIO / MAGISTERIO OU SUPERIOR (LICENCIATURA PLENA)

15

06PEF-D

30

R$ 890,97
PROFESSOR DE ENSINO INFANTILNIVEL MÉDIO / MAGISTERIO OU SUPERIOR (LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA)

06

04PEI-D

30

R$ 890,97
NUTRICIONISTANÍVEL SUPERIOR EM NUTRIÇÃO (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

01

-

NUT-D

20

R$ 1.000,00
INSTRUTOR DE MÚSICANÍVEL MÉDIO E CURSO ESPECIALIZADO NA ÁREA

02

-

ITM-D

40

R$ 545,00
AUXILIAR DE BIBLIOTECANÍVEL MÉDIO

03

-

AXB-D

40

R$ 545,00
AGENTE ADMINISTRATIVONÍVEL MÉDIO

10

10AGA-D

40

R$ 545,00
OPERADOR DE COMPUTADORNÍVEL MÉDIO E CURSO ESPECIALIZADO NA ÁREA

14

-

OPC-D

40

R$ 545,00
MERENDEIRANÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

08

-

MER-D

40

R$ 545,00
AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAISNÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

12

-

ASG-D

40

R$ 545,00
MOTORISTANÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO E CNH “ D “

04

-

MOT-D

40

R$ 545,00
TOTAL

-

84

21

-

-

-

E – SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS

Cargo

Exigência HabilitaçãoAdmissão Imediata

Cadastro de Reserva

Código

C. Horária Semanal

Vencimento Básico

ADVOGADO

NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

02

-

ADV-E

20

R$ 1.500,00
ARQUIVISTANÍVEL MÉDIO

01

-

ARQ-E

40

R$ 545,00
ALMOXARIFENÍVEL MÉDIO

01

-

ALM-E

40

R$ 545,00
TÉCNICO EM CONTABILIDADENÍVEL MÉDIO/ TÉCNICO EM CONTABILIDADE

01

-

TEC-E

40

R$ 1.000,00
TÉCNICO EM CONTROLE INTERNONÍVEL SUPERIOR NAS ÁREAS DE DIREITO, ADMINISTRAÇÃO, ECONOMIA OU CIENCIAS CONTABEIS (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

01

-

TEI-E

40

R$ 1.000,00
RECEPCIONISTANÍVEL MÉDIO

01

-

REC-E

40

R$ 545,00
OPERADOR DE COMPUTADORNÍVEL MÉDIO COM CURSO ESPECIALIZADO NA ÁREA

02

-

OPC-E

40

R$ 545,00
AGENTE ADMINISTRATIVONÍVEL MÉDIO

01

01AGA-E

40

R$ 545,00
COPEIRONÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

01

-

COP-E

40

R$ 545,00
COVEIRONÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

01

-

COV-E

40

R$ 545,00
MOTORISTANÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO E CNH “ D” 01MOT-E

40

R$ 545,00
TOTAL

-

12

02

-

-

-

F – SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E CIDADANIA

Cargo

Exigência HabilitaçãoAdmissão Imediata

Cadastro de Reserva

Código

C. Horária Semanal

Vencimento Básico

ASSISTENTE SOCIAL

NÍVEL SUPERIOR EM SERVIÇO SOCIAL (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

01

-

ASS-F

20

R$ 1.000,00
PSICÓLOGO
NÍVEL SUPERIOR EM PSICOLOGIA (COM REGISTRO NO CONSELHO DE CLASSE ESPECIFICA)

01

-

PSC-F

20

R$ 1.000,00
OPERADOR DE COMPUTADORNÍVEL MÉDIO E CURSO ESPECIALIZADO NA ÁREA

02

-

OPC-F

40

R$ 545,00
RECEPCIONISTANÍVEL MÉDIO

01

-

REC-F

40

R$ 545,00
AGENTE ADMINISTRATIVONÍVEL MÉDIO

02

02AGA-F

40

R$ 545,00
MERENDEIRANÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

02

-

MER-F

40

R$ 545,00
TOTAL

-

09

02

-

-

-

1.2 – Além dos vencimentos básicos, descritos no quadro acima, os servidores do quadro Efetivo do Município de Cedro (PE) terão direito a outras vantagens estabelecidas pela Legislação Municipal pertinente à matéria, com observância ao prescrito na Lei Orgânica do Município, na Constituição Federal e demais disposições legais concernentes a matéria.

1.3 – O Concurso regulado por este Edital se destina ao preenchimento dos cargos postos à disposição neste certame, bem como ao preenchimento de cargos que vierem a ficar vagos durante o prazo de validade do Concurso Público, com formação de cadastro de reserva para preenchimento de vagas futuras.

1.4 – A lotação dos aprovados far-se-á por ato da Administração Municipal de Cedro (PE), respeitando a ordem de classificação.

02 – DA COMISSÃO RESPONSÁVEL PELO CONCURSO

2.1 – O Prefeito Municipal de Cedro (PE) com fulcro na Lei Municipal designou para este concurso, uma Comissão Responsável, composta de 03 (três) membros, para acompanhar e deliberar acerca de todos os atos do certame.

2.2 – Compete ao Prefeito Municipal de Cedro (PE) a homologação do resultado do Concurso à vista do relatório apresentado pela Comissão Responsável, dentro de trinta (30) dias contados da publicação do resultado final.

03 – DO REGIME EMPREGATÍCIO

3.1 – Os candidatos aprovados e nomeados estarão sujeitos ao Regime Jurídico dos Servidores Municipais de Cedro (PE).

04 – DAS INSCRIÇÕES

4.1 – As inscrições serão realizadas ON-LINE no site www.universidadepatativa.com.br, por meio de formulário de Inscrição via internet, com início às 08:00 horas do dia 03 de outubro de 2011 e término às 23:59 horas do dia 26 de outubro de 2011, e PRESENCIAL das 08:00 horas às 14:00 horas, com início no dia 03 de outubro e término no dia 26 outubro de 2011, no Setor de Patrimônio da Prefeitura Municipal de Cedro (PE), localizada à Rua da Matriz – Centro, Cedro – PE (exceto aos sábados, domingos e feriados).

4.2 – A inscrição do candidato implicará no conhecimento e aceitação tácita das normas e condições estabelecidas neste Edital e em relação às quais não poderá alegar desconhecimento, ainda que atue mediante procurador.

4.3 – Objetivando evitar ônus desnecessários, o candidato deverá orientar-se no sentido de pagar a taxa de inscrição somente após tomar conhecimento de todas as normas e requisitos exigidos para o Concurso e em hipótese alguma será devolvido o valor pago pela inscrição.

4.4 – São requisitos para inscrição no Concurso Público:

I – Ser brasileiro nato, naturalizado ou Cidadão Português nas condições previstas pelo Decreto nº. 70.391/72, ou estrangeiro na forma da Lei;

II – Ter 18 (dezoito) anos de idade completos na data da posse;

III – Preencher o Requerimento de Inscrição, de forma legível, fornecido no ato da inscrição;

IV – Está em dias com as obrigações eleitorais;

V – Está em dias com as obrigações para o Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;

VI – Estar em gozo de saúde física e mental para o exercício da função;

VII – Ter na data de admissão, a escolaridade completa e a habilitação exigida para o provimento do cargo pretendido, adquirida em instituição de Ensino Oficial legalmente reconhecido com registro no órgão competente;

a) Para os candidatos concorrentes aos cargos de Agente Comunitário de Saúde, além dos requisitos exigidos acima, estes terão que ter domicílio na área que irá concorrer.

4.5 – Do procedimento para realização das inscrições:

I – As inscrições serão realizadas conforme o ITEM 4.1 deste Edital.

II – Efetuar pagamento referente à taxa de inscrição, de acordo com as instruções constantes no endereço eletrônico, até a data de aceite pelas instituições bancaria, nos valores de R$ 80,00 (oitenta reais) para os cargos de nível superior, de R$ 60,00 (sessenta reais) para os cargos de nível médio e Técnico, de R$ 45,00 (quarenta e cinco reais) para os cargos de nível fundamental completo e de R$30,00 (Trinta reais) para os cargos de nível fundamental incompleto

III – O candidato deverá efetuar o pagamento do valor da inscrição por boleto bancário, pagável em qualquer agência bancária.

IV – O boleto bancário, disponível no endereço eletrônico  www.universidadepatativa.com.br, deverá ser impresso para o pagamento do valor da inscrição, após a conclusão do preenchimento da ficha de inscrição on-line.

4.6 – O candidato inscrito pela internet não deverá enviar cópia do documento de identificação e de nenhum outro tipo de documento, sendo de sua exclusiva responsabilidade as informações cadastrais no ato da inscrição, sob as penas da lei, inclusive de indeferimento desta.

4.7 – No caso de se está impossibilitado de realização de inscrições on-line, por problema de comunicação virtual, a Comissão disporá de ficha de inscrição impressa, que deverá ser requerida pelo candidato, no mesmo período e horário das inscrições presenciais, conforme ITEM 4.1 deste Edital, entregando cópia dos documentos de identificação com foto, juntamente com a taxa de inscrição.

4.8 – Não será permitida a transferência do valor pago como taxa de inscrição para outra pessoa, assim como a transferência da inscrição para pessoa diferente daquela que a realizou.

4.9 – O preenchimento do requerimento de Inscrição é de responsabilidade única e exclusiva do candidato.

4.10 – Constatada qualquer irregularidade da inscrição, esta poderá ser anulada, bem como todos os atos dela decorrente, com a exclusão do candidato do processo seletivo.

4.11 – Ao inscrever se, o candidato deverá indicar, no Formulário de Inscrição, o Código da opção do cargo de atuação para o qual pretende concorrer, conforme Quadro de opções constantes neste Edital.

4.12 - O candidato que deixar de indicar no Formulário de Inscrição o Código da Opção do Cargo ou fizer indicação de Códigos inexistentes, poderá ter a sua inscrição indeferida.

4.13 – As informações prestadas no formulário de inscrição serão de inteira responsabilidade do candidato, reservando-se à Administração de Cedro (PE) suspender o ato de posse daquele que não preencher esse documento oficial de forma completa, correta e legível, e bem como serem identificados dados comprovadamente inverídicos ou falsos.

4.14 – Após preencher o requerimento de inscrição, efetuar o pagamento e cumprir com todos os requisitos mencionados no ITEM 4.5 e seus incisos, o candidato poderá acessar a sua página de inscrição constando todos os seus dados cadastrais e bem como todas as informações sobre o certame e sua confirmação de inscrição (COMPROVANTE DE CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO) que estará disponibilizado a partir do dia 10 de novembro de 2011, podendo o candidato a partir desta data, imprimi-lo para que seja apresentado juntamente com sua identificação no dia da realização da prova objetiva.

4.15 - Caso o candidato encontre dificuldades de acesso via internet para cumprimento de seus objetivos quanto as etapas do presente concurso, o mesmo poderá obter informações e dirimir dúvidas junto a Comissão Responsável pelo Concurso, com o atendimento no local de inscrição já declarada neste edital, através do telefone (88) 3512- 2450 e pelo e-mail: universidadepatativa@hotmail.com.

4.16 – A taxa de inscrição uma vez paga, não será devolvida, mesmo nos casos de desistência, perda de prazos, indeferimento ou cancelamento da inscrição.

4.17 – Não será admitida a inscrições condicional provisória.

4.18 – Os documentos pessoais em original do candidato serão devolvidos no ato da apresentação dos mesmos no ato da inscrição em se tratando de inscrição presencial.

4.19 – O candidato, cuja documentação não for considerada em ordem, terá sua inscrição indeferida pela Comissão responsável pelo concurso público ou, ainda, por ato do chefe do Poder executivo Municipal.

4.20 – Após o termino do prazo para o reconhecimento das inscrições, não serão admitidas qualquer outras, sob qualquer condição ou pretexto.

4.21 – As inscrições a que se refere este Edital serão feitas a pedido do próprio interessado ou de seu procurador legalmente habilitado, mediante procuração, com poderes para tal fim.

4.22 – O candidato assumirá as conseqüências de eventuais erros de seu procurador, quando do preenchimento do Formulário por procuração.

4.23 – Julgados os pedidos de inscrições, com o exame das informações apresentadas e satisfeitas as exigências, à Comissão Responsável pelo Concurso homologará as referidas inscrições e publicará as listas dos inscritos DEFERIDOS e INDEFERIDOS e a concorrência por cargos no site www.universidadepatativa.com.br e na Prefeitura Municipal de Cedro (PE) no dia 10 novembro de 2011.

4.24 – Efetivada a inscrição, não serão aceitos pedidos para alterações de cargos, seja qual for o motivo alegado.

4.25 – O Período de inscrição poderá ser prorrogado, a critério da Administração Municipal de Cedro (PE) e por solicitação da Comissão Responsável pelo presente Concurso Público;

4.26 – Estarão isentos do pagamento da taxa de inscrição os candidatos que comprovem sua inscrição em Programas Sociais do Governo Federal e bem como os DOADORES DE SANGUE que preencham os requisitos necessários à isenção na forma da Lei.

4.27 – O candidato que solicitar inscrição como DOADOR DE SANGUE, deverá apresentar à Comissão responsável pelo Concurso no local de inscrição presencial, na Prefeitura Municipal de Cedro (PE), a Certidão expedida pelo órgão competente comprovando 02 (duas) doações no período de 01 (um) ano e que a última doação tenha sido feita em um prazo de até 12 (doze) meses da realização do Concurso, até o primeiro dia útil subseqüente ao término do período de inscrição, juntamente com cópia de qualquer documento de identidade com foto, boleto bancário impresso e comprovante de residência.

4.28 – O candidato deverá entregar no ato da posse cópia autenticada dos seguintes documentos:

a) 02 (duas) fotos 3 x 4 recentes (originais);

b) Título de Eleitor, bem como comprovante de estar em dia com a Justiça Eleitoral;

c) CIC/CPF;

d) PIS/PASEP;

e) Documento de Identidade que contenha fotografia (RG ou equivalente);

f) Certificado de Reservista, para os candidatos do sexo masculino;

g) Certidão de Casamento ou Certidão de Nascimento se solteiro;

h) Certidão de Nascimento dos filhos menores de 14 anos e respectiva caderneta de vacinação para os menores de 05 anos;

i) Declaração de não ocupar outro cargo público, ressalvados os previstos no Art. 37, XVI, a, b e c da Constituição Federal;

j) Atestado médico declarando que o ocupante do cargo se encontra apto a assumir suas funções;

k) Declaração de bens;

l) Prova de escolaridade completa e habilitação exigida para o provimento do cargo pretendido, adquirida em instituição de ensino oficial e legalmente reconhecida e o registro do órgão competente;

m) Certidão Negativa de antecedentes criminais.

n) Declaração com os dados atualizados do CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde) informando os vínculos empregatícios atuais, estando de acordo com a Portaria Nº 134 de 4 de abril de 2011.

I – A documentação será entregue através de cópias autenticadas legíveis, sendo facultado à Administração Municipal, proceder à autenticação, desde que sejam apresentados no ato, os documentos originais.

II – Quando convocado para apresentar os documentos necessários para admissão, o candidato que não possuir habilitação legal exigida para o exercício do cargo, poderá requerer, por escrito uma única vez, ao Prefeito Municipal, que seja reclassificado, passando a figurar na última posição da lista de classificação dos aprovados, relativa ao cargo para o qual prestou concurso, e assim sucessivamente quanto aos candidatos que venham a ser convocados e peçam reclassificação, e, quando ocorrer nova convocação para apresentar os documentos necessários à admissão, o candidato que não apresentar os documentos exigidos dentro do prazo estabelecido no ato convocatório, perderá o direito de ocupar a vaga para a qual concorreu.

05 – DO COMPROVANTE DE CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO

5.1 – O Comprovante de confirmação de Inscrição é o documento obrigatório para garantir o acesso do candidato à sala de provas. Por isso, depois de imprimi-lo conforme o Item 4.14, o candidato deverá guardá- lo cuidadosamente, apresentá-lo no dia das provas juntamente com o documento original de identificação com foto. Sua apresentação na portaria e durante as provas será INDISPENSÁVEL.

5.2 – O comprovante de confirmação de inscrição do candidato poderá ser impresso a partir do dia 10 novembro de 2011, acessando o site www.universidadepatativa.com.br, utilizando a aba de login e senha que será disponibilizado ao candidato no momento do preenchimento de sua inscrição.

06 – DOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS

6.1 – Fica reservado o percentual de 5% (cinco por cento) do total de vagas existentes no ITEM 1.1, Quadros A-1, A-2, B, C, D, E e F, deste Edital para os candidatos portadores de necessidades especiais, em função compatível com a sua aptidão.

6.2 – Às pessoas portadoras de necessidades especiais, que pretenderem fazer uso das prerrogativas que lhes são facultadas no Inciso VIII, do Art. 37, da Constituição Federal e Decreto 3.298, de 20/12/99, é assegurado o direito de inscrição no presente Concurso Público, desde que as necessidades especiais de que são portadoras sejam compatíveis com as atribuições objeto do cargo em provimento.

6.3 – Consideram-se pessoas portadoras de necessidades especiais aquelas que se enquadram nas categorias discriminadas no artigo 4º. Do decreto 3.298/99.

6.4 – No ato da inscrição, o candidato portador de necessidade especial deverá, no requerimento de Inscrição, declarar essa condição e a necessidade especial com expressa referência ao código atestando a espécie e o grau ou nível da necessidade especial, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença – CID, bem como a provável causa da necessidade especial. Este laudo será entregue a Comissão executiva do Concurso na Prefeitura Municipal de Cedro ( PE.), juntamente com cópia de qualquer documento de identidade com foto (autenticado), boleto bancário impresso e pago e o comprovante de residência.

6.5 – Caso o candidato não anexe o laudo emitido por médico especialista na área de atuação na esfera da deficiência do candidato, fornecido pela AMB-Associação Médica Brasileira, não será considerado como deficiente apto para concorrer às vagas reservadas, mesmo que tenha assinalado tal opção no Requerimento de Inscrição.

6.6 – Será eliminado da lista dos portadores de necessidades especiais o candidato cuja necessidade especial especificada no requerimento de Inscrição não se conteste.

6.7 – O candidato portador de necessidade especial que, no ato da inscrição, não declarar esta condição conforme as determinações previstas neste edital não poderá impetrar recurso em favor de sua situação.

6.8 – Caso necessite de condições especiais para se submeter às provas e demais exames previstos neste edital, o candidato portador de necessidade especial deverá solicitá-las por escrito no ato da inscrição, justificando os motivos de sua solicitação.

6.9 – Os candidatos portadores de necessidades especiais que necessitarem da prova especial deverão requerê-la no momento da inscrição. Os candidatos que não fizerem, seja qual for o motivo alegado, não terão a prova especial preparada.

6.10 – Os portadores de necessidades especiais (visuais) poderão optar por prestar provas mediante ajuda de um leiturista designada pela Comissão Organizadora do Concurso ou através da utilização de provas ampliadas solicitadas conforme item 6.9.

6.11 – Não serão considerados como de necessidades especiais os portadores de distúrbios de acuidade visual, passíveis de correção simples do tipo miopia, astigmatismo, estrabismo e congêneres.

6.12 – As pessoas portadoras de necessidades especiais resguardam as condições especiais previstas no Decreto 3.298/99, particularmente e seu art.40, a participarem do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo das provas, avaliação e critérios de aprovação, ao horário e ao local de aplicação das provas e à nota mínima exigida para todos os demais candidatos.

6.13 – A publicação do resultado final do concurso será feita em duas listas, contendo na primeira, a pontuação de todos os candidatos aprovados, inclusive a dos portadores de necessidades especiais, e na segunda, somente a pontuação destes últimos.

6.14 – Os candidatos portadores de necessidades especiais, aprovados no Concurso Público, terão preferência à nomeação em relação aos demais candidatos classificados no cargo, observado o percentual previsto no Edital.

6.15 – Não havendo candidatos aprovados para as vagas reservadas aos portadores de necessidades especiais, estas serão preenchidas por candidatos não portadores de necessidades especiais, com estrita observância da ordem classificatória.

6.16 – Os casos omissos neste Edital em relação aos portadores de necessidades especiais obedecerão ao disposto no Decreto 3.298/99.

07 – DOS PROGRAMAS

7.1 – Os programas das matérias sobre as quais versarão as provas escritas de múltipla escolha, as atribuições dos cargos, a ficha de inscrição integram o manual do candidato que será disponibilizado no site: www.universidadepatativa.com.br.

08 – DOS CONTEÚDOS DAS PROVAS

8.1 – O Concurso Público objeto deste Edital será realizado de acordo com as etapas que se seguem:

8.1.1 – 1ª Etapa / Prova Objetiva:

a) A 1ª etapa constará de uma avaliação por meio de uma prova escrita aplicada para todos os cargos.

b) A prova escrita (objetiva) será de caráter eliminatório e classificatório e somente serão aprovados os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a 50 % (cinqüenta) de acertos.

c) A prova escrita constará de 40 (quarenta) questões objetivas de múltipla escolha, com 05 (cinco) alternativas, sem N.D.A. ou equivalente, tendo apenas 01 (uma) opção correta e será atribuído a cada questão o valor de 0,25 (zero vírgula vinte e cinco) pontos;

d) Para os cargos de Fisioterapeuta, Nutricionista, Dentista PSF, Médico PSF, Médico, Farmacêutico, Psicólogo, Assistente Social, Enfermeiro PSF, Auxiliar de Enfermagem, Técnico em Enfermagem, Atendente de Saúde Bucal e Agente Comunitário de Saúde, a prova objetiva constará de 10 (dez) questões de Português, 05 (cinco) questões de Conhecimentos Gerais e Atualidades, 20 (vinte) questões de Conhecimentos Específicos para o Cargo, 05 (cinco) questões sobre SUS;

e) Para os cargos de Veterinário, Advogado, Engenheiro Civil e Técnico em Controle Interno, a prova objetiva constará de 10 (dez) questões de Português, 10 (dez) questões de Conhecimentos Gerais e Atualidades, 20 (vinte) questões de Conhecimentos Específicos para o Cargo;

f) Para os cargos de Professor de Nível Superior e Nível Médio, a prova objetiva constará de 10 (dez) questões de Português, 05 (cinco) questões de Conhecimentos Gerais e Atualidades, 20 (vinte) questões de Conhecimentos Específicos da Área e 05 (cinco) questões de Conhecimentos Pedagógicos;

g) Para os cargos de Desenhista, Técnico Agrícola, Técnico em Contabilidade, Auxiliar de Biblioteca, Agente Administrativo, Arquivista, Almoxarife, Instrutor de Música e Recepcionista, a prova objetiva constará de 10 (dez) questões de Português, 05 (cinco) questões de Conhecimentos Gerais e Atualidades, 20 (vinte) questões de Conhecimentos Específicos para o Cargo e 05 (cinco) questões de Informática;

h) Para o cargo de Operador de Computador, a prova objetiva constará de 10 (dez) questões de Português, 10 (dez) questões de Conhecimentos Gerais e Atualidades, 20 (vinte) questões de Conhecimentos Específicos para o Cargo;

i) Para os cargos de Nível Fundamental Completo e Fundamental Incompleto, a prova objetiva constará de 10 (dez) questões de Português, 05 (cinco) questões de Matemática, 05 (cinco) questões de Conhecimentos Gerais e Atualidades e 20 (vinte) questões de Conhecimentos Específicos para o Cargo;

j) A aplicação da prova escrita (objetiva) será realizada no dia 27 de novembro de 2011, com duração de 03 (três) horas, sendo que, os candidatos concorrentes aos cargos de: Fisioterapeuta, Nutricionista, Dentista PSF, Médico-PSF, Médico, Farmaceutico, Enfermeiro-PSF, Assistente Social, Psicólogo, Professor de Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano, Engenheiro Civil, Advogado, Médico Veterinário, Técnico de Controle Interno, Auxiliar de Serviços Gerais, Gari, Tratorista e Coveiro, farão a prova escrita no horário da manhã, com inicio às 8:00 horas e termino as 11:00 horas, e os candidatos concorrentes aos cargos de: Professor de Ensino Infantil, Professor de Ensino Fundamental de 1º ao 5º ano, Técnico em Contabilidade, Operador de Computador, Auxiliar de Saúde Bucal, Auxiliar de Enfermagem, Técnico em Enfermagem-PSF, Técnico Agrícola, Agente Comunitário de Saúde, Desenhista, Instrutor de Música, Recepcionista, Auxiliar de Biblioteca, Agente Administrativo, Arquivista, Almoxarife, Cozinheiro, Copeiro, Vigia, Eletricista, Motorista CNH “D”, Merendeira e Operador de Máquina CNH “D”, farão a prova escrita no horário da tarde, com inicio às 13:00 horas e termino às 16:00 horas, em locais à serem divulgados no comprovante de inscrição, no site da Universidade Patativa e na Prefeitura Municipal de Cedro(PE.);

l) A prova objetiva versará sobre os conteúdos programáticos constantes do manual do candidato;

m) Ao terminar a prova escrita, o candidato deverá entregar o cartão resposta devidamente assinado e deverá também assinar a lista de presença, sob pena de ser eliminado do certame por ato da Comissão Responsável pelo Concurso.

n) Os 03 (três) últimos candidatos de cada sala só poderão sair juntos e aqueles que desobedecerem a essa disposição serão considerados desclassificados por termo de ocorrência lavrado pela Comissão Responsável pelo Concurso e seus fiscais.

o) O gabarito para conferência do desempenho dos candidatos será divulgado no site da Entidade www.universidadepatativa.com.br em até 48 (quarenta e oito) horas, contado da realização da prova.

p) O gabarito citado na letra acima poderá ser alterado em função de recursos impetrados e os cartões respostas serão corrigidos de acordo com o gabarito oficial.

8.1.2 - 2ª Etapa / Prova de Títulos

a) A prova de Títulos aplicada somente aos candidatos a cargos de nível superior terá caráter classificatório e somente os candidatos aprovados na 1ª etapa terão seus títulos avaliados, ficando os demais candidatos eliminados do Concurso.

b) Os candidatos concorrentes aos cargos de nível superior aprovados na 1ª etapa, deverão entregar Currículum Vitae Simplificado, contendo as informações abaixo relacionadas com as devidas comprovações até 05 (cinco) dias úteis após a divulgação do resultado da 1ª etapa do concurso no local das inscrições presenciais e na Prefeitura Municipal de Cedro (PE).

c) Serão considerados, para efeitos de classificação, somente os títulos especificados no quadro abaixo, deste Edital, limitada à pontuação máxima de 2.00 (dois) pontos:

Titulação

Valor unitário em pontosValor máximo em pontos
Doutorado

0,60

0,60

Mestrado

0,50

0,50

Especialização com no mínimo 360h (na Área )

0,30

0,30

Certificados acima de 120 horas (em até três certificados)

0,20

0,60

 

d) Os comprovantes de conclusão do curso de Especialização, Mestrado e Doutorado, deverão ser expedidos por Instituição oficial de ensino ou formação especializada, devidamente reconhecida na forma da legislação vigente.

e) Não serão computados para efeito de provas de Títulos os documentos não especificados no quadro acima.

f) Os pontos atribuídos aos títulos serão considerados exclusivamente para efeitos de classificação. g) Os títulos entregues guardarão direta relação com as atribuições do cargo em concurso.

h) Não serão atribuídos pontos aos títulos entregues como requisito mínimo para inscrição.

i) Não serão atribuídos pontos aos certificados entregues sem especificação clara da carga horária. j) Não serão aceitos certificados entregues após o ato convocatório.

8.1.3 – As somatórias das notas da prova objetiva e da prova de títulos formarão a relação classificatória do presente concurso que será publicada em Jornal de circulação oficial em ordem de classificação dos candidatos por cargos.

09 – DAS PROVAS E DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

9.1 – Somente será admitido ingressar ou permanecer no local de realização de provas o candidato que apresentar documento que bem o identifique (com fotografias) como: Carteiras e/ou Cédula de Identidade, expedidas pelas Secretarias de Segurança, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pelo Ministério das Relações Exteriores; a cédula de Identidade para Estrangeiros; Cédula de Identidade fornecida por Órgãos ou Conselhos de classe que, por força de Lei Federal valem como documento de Identidade, como por exemplo, as do CRP, CRM, COREN, CREA CRC, OAB, etc., Carteira de Trabalho e Previdência Social, bem como Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia – na forma da Lei n°. 9.503/97).

9.2 – A questão que contenha mais de uma resposta, emenda ou rasuras, ainda que legível, não será computada.

9.3 – A pontuação de questões por ventura anuladas pela organização do Concurso somará em favor de todos os candidatos.

9.4 – Os candidatos serão classificados por ordem decrescente do valor da nota final, que será a somatória da nota atribuída na prova escrita e aos títulos.

10 – DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS

10.1 – Estará automaticamente excluído do Concurso o candidato que praticar ato de grosseria, de incorreções ou descortesia para com a comissão, examinadores, auxiliares demais candidatos ou autoridades presentes aos atos do Concurso, ou se apresentar para as provas com sinais de embriaguez.

10.2 – Recomenda-se aos candidatos o comparecimento ao local das provas 30 (trinta) minutos antes do seu início, munidos do COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO, DOCUMENTO DE IDENTIDADE ORIGINAL de reconhecimento nacional contendo fotografia, caneta esferográfica azul ou preta. Não se admitirá a entrada, no recinto das provas de candidatos que chegarem atrasados.

10.3 – Não haverá, sob qualquer pretexto, segunda chamada para as provas, nem realização de provas fora do horário e dos locais marcados para todos os candidatos e o não comparecimento implicará na eliminação do candidato.

10.4 – O candidato que porventura sentir-se mal durante a realização das provas, poderá interrompê-las até que se restabeleça no próprio local de realização das provas. Caso o candidato não se restabeleça em tempo hábil para terminar sua prova dentro do horário estabelecido, estará eliminado do processo seletivo.

10.5 – Durante a realização das provas, o candidato deverá observar as recomendações a seguir, sob pena de ser excluído do processo seletivo:

a) Não será permitido comunicar-se com os demais candidatos ou pessoas estranhas ao Concurso;

b) Não será permitida consulta a nenhuma espécie de livro, revista, folhetos, tabelas, pessoalmente ou através de mecanismos eletrônicos ou a qualquer outro elemento de consulta;

c) Não será permitida a utilização de máquinas calculadoras ou qualquer material que não seja estritamente necessário e permitido para a realização das provas;

d) Não será permitido portar ou utilizar aparelho celular ou aparelhos congêneres. O candidato que porventura ligar ou atender ligação de aparelho celular terá sua prova recolhida naquele exato momento.

10.6 – As salas de provas serão fiscalizadas por pessoas especialmente designadas pela Comissão Responsável pelo Concurso.

10.7 – Fica vedado o ingresso de pessoas estranhas ao Concurso no local das provas; com exceção das autoridades com poderes constitucionais de zelar pela ordem e lisura do certame.

10.8 – É de responsabilidade do candidato ao terminar a prova escrita de múltipla escolha, preencher o cartão resposta entregando-o preenchido e assinado ao fiscal, sob pena de ter sua prova anulada. Sendo permitido a este levar consigo o caderno de provas.

10.9 – Após o término das provas, o candidato deverá deixar imediatamente o recinto das mesmas, sendo terminantemente proibido de fazer contato com candidatos que ainda não terminaram as provas, sob pena de ser excluído do processo seletivo.

11 – DO JULGAMENTO E DA PUBLICAÇÃO DE RESULTADOS

11.1 – Terminada a avaliação das provas, serão publicados os resultados por afixação no quadro de avisos da Prefeitura Municipal de Cedro (PE) e no site: www.universidadepatativa.com.br em até 30 (trinta) dias após a realização da Prova .

12 – DO DESEMPATE

12.1 – O primeiro critério de desempate será a idade, dando-se preferência ao de idade mais elevada, quando o candidato estiver enquadrado nos termos do parágrafo único do Art.27 da Lei Federal N°.10.741 de 1°. de outubro de 2003- Estatuto do Idoso, o segundo critério de desempate será a maior nota nas questões de conhecimentos específicos para o cargo.

13 – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

13.1 – A inscrição do candidato implicará no conhecimento por parte deste, destas instruções e no compromisso de aceitar as condições do processo seletivo nos termos em que se acham estabelecidas neste Edital e Leis em vigor.

13.2 – O Manual do Candidato contendo o requerimento de inscrição, o Edital completo que regulamenta o Concurso e o programa das provas, será adquirido gratuito pelo site:  www.universidadepatativa.com.br e deverá ser lido antes da realização da inscrição.

13.3 – O preenchimento inexato dos dados do Requerimento de Inscrição determinará o CANCELAMENTO da inscrição.

13.4 – A Prefeitura Municipal de Cedro (PE) e a Comissão Responsável pelo Concurso não se responsabilizam por equívocos eventualmente cometidos pelo candidato, por deixar de ler este Edital.

13.5 – Será publicada apenas a listagem contendo os nomes dos candidatos aprovados.

13.6 – As nomeações obedecerão rigorosamente à ordem de classificação, sempre respeitando os requisitos da legislação Federal, Estadual e Municipal vigente.

13.7 – O prazo de validade deste Concurso é de dois (02) anos, a contar da publicação da homologação, podendo ser prorrogável por igual período apenas uma vez (§ III, Art. 37 da Constituição Federal).

13.8 – Durante o prazo improrrogável previsto no Edital de convocação, aquele aprovado em concurso público será convocado com prioridade, sobre novos concursados, para assumir cargo ou emprego, na carreira. (§ IV do Art.37 da Constituição Federal).

13.9 – As nomeações serão feitas na medida das necessidades administrativas e da existência de recursos orçamentários e financeiros, observadas as notificações previstas na Constituição Federal, na Lei de Responsabilidade Fiscal e na Lei Orgânica do Município.

13.10 – O candidato classificado no concurso público, depois de empossado, poderá ser transferido, para prestar serviços em qualquer localidade do Município, de acordo com o interesse da Administração Municipal.

13.11 – O candidato convocado para a posse, que não assumir no prazo da convocação, será compulsoriamente eliminado da classificação, convocando-se o classificado imediatamente subseqüente, exceto nos casos de pedido de reclassificação na forma do item 4.29, inciso II, letra n, deste Edital.

13.12 – Fica assegurado ao candidato, o direito a impetrar recursos no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, contado da publicação de resultados deste Concurso, sob pena de preclusão.

13.13 – O candidato somente poderá pedir revisão da sua própria prova.

13.14 – Os recursos serão feitos por escrito e protocolados junto à Comissão Responsável pelo Concurso, em horário de expediente normal da Prefeitura Municipal de Cedro (PE).

13.15 – Nos recursos e pedidos de revisão de qualquer dos resultados deste concurso, deverão constar às justificativas pormenorizadas, sendo liminarmente indeferidos aos que forem protocolados fora do prazo e que não contenham fatos novos ou que se baseiem em razões subjetivas.

13.16 – A Prefeitura Municipal de Cedro (PE), através do órgão competente, fornecerá ao candidato, ao tomar posse, todas as instruções necessárias à sua nomeação.

13.17 – A inexatidão das afirmativas, irregularidades nos documentos ou não comprovação de atendimento a todos os requisitos e condições estabelecidos neste Edital, mesmo que verificados após homologação das inscrições e, em especial, por ocasião da posse, acarretarão nulidade da inscrição e eliminação do candidato do Concurso Público.

13.18 – Independente de sua aprovação/classificação neste Concurso Público, não será admitido candidato ex-servidor de qualquer órgão de Administração Pública, que tenha sido demitido por justa causa.

13.19 – O candidato aprovado deverá manter junto à Prefeitura Municipal de Cedro (PE), durante o prazo de validade deste Concurso Público, seu endereço atualizado, visando à eventual nomeação, não lhe cabendo qualquer reclamação, caso seja impossível a Administração Municipal convocá-lo por falta dessa atualização.

13.20 – O candidato que por qualquer motivo não apresentar, em tempo hábil, a documentação completa, perderá automaticamente o direito à posse.

13.21 – A qualquer tempo que sejam constatadas informações fraudulentas, o candidato será eliminado do Concurso Público. No caso de já estar admitido, será demitido sem prejuízo das demais medidas penais cabíveis ao caso.

13.22 – A carga horária dos servidores municipais é de 20 (vinte), 24 (vinte quatro) e 40 (quarenta) horas semanais e as atribuições dos cargos em concurso são as constantes da Lei.

13.23 – As despesas relativas a participação do candidato no concurso e a participação para a posse e exercício correram às expensas do próprio candidato.

13.24 – O planejamento e execução do presente concurso ficarão sob a responsabilidade da UNIVERSIDADE PATATIVA DO ASSARÉ, por força de resultado de certame licitatório e efetivação de contrato.

13.25 – Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Responsável do Concurso, “Ad Referendum” do Prefeito Municipal de Cedro (PE).

HOMOLOGO, PARA OS EFEITOS LEGAIS, O PRESENTE EDITAL, QUE TEM POR OBJETO A REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS PARA PROVIMENTO DE CARGOS VAGOS EXISTENTES E QUE VIEREM A VAGAR COM FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA PELO TEMPO DE VALIDADE DO CERTAME, INCLUSIVE EM CASO DE PRORROGAÇÃO, JUNTO AO QUADRO PERMANENTE DO GRUPO OCUPACIONAL DA SAÚDE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CEDRO – PE.

Gabinete da Prefeitura Municipal de Cedro(PE), 28 de setembro de 2011.

Josenildo Leite Soares
Prefeito Municipal

…..

ANEXO I

COMPETÊNCIAS E DESCRIÇÃO SUMÁRIA DOS CARGOS:

CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR:

FISIOTERAPEUTA: O Cargo de FISIOTERAPEUTA deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Avaliar níveis das disfunções físico funcionais de pacientes e acidentados, realizando testes apropriados; para emitir diagnósticos fisioterápicos; planejar e executar a terapêutica fisioterápica nos pacientes; proceder à reavaliação sistemática dos pacientes em tratamento, objetivando o reajuste das condutas adotadas em função da evo lução do caso; programar, prescrever e orientar a utilização de recursos fisioterápicos para correção de desvios posturais, afecções dos aparelhos respiratórios e cardiovasculares, bem como para preparação e condicionamento pré e pós-parto; requisitar exames complementares, quando necessário; orientar os familiares sobre os cuidados a serem adotados em relação aos pacientes em tratamento domiciliar; participar nos atendimentos de urgência e nas atividades intensivas; indicar e prescrever o uso de pró teses necessárias ao tratamento dos pacientes; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

NUTRICIONISTA SAÚDE: O Cargo de NUTRICIONISTA – SAÚDE deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Planejamento, organização, direção, supervisão e avaliação de Unidades de Alimentação e Nutrição; planejar cardápios de acordo com as necessidades de sua clientela; planejar, coordenar e supervisionar as atividades de seleção compra e armazenamento de alimentos; planejar, implantar, coordenar e supervisionar as atividades de pré-preparo, distribuição e transporte de refeições e/ou preparações culinárias; desenvolver manuais técnicos, rotinas de trabalho e receituários; colaborar com as autoridades de fiscalização profissional e/ou sanitária; colab orar na formação de profissionais na área de saúde, orientando estágios e participando de programas de treinamento; efetuar controle periódico dos trabalhos executados; avaliar, em conjunto com as Equipes Saúde da Família e os Conselhos de Saúde, o desenvolvimento e a implementação das ações de saúde e de alimentação e nutrição e seu impacto na população; elaborar, em conjunto com a equipe de saúde, rotinas atenção nutricional e atendimento para doenças relacionadas a alimentação e à nutriçã o, de acordo com protocolos de atenção básica, organizando a referência e a contra-referência; desenvolver, coletivamente, com vistas à intersetorialidade, ações que se integrem a outras políticas sociais como educação, esporte, cultura, trabalho, lazer, entre outras; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

DENTISTA-PSF: O Cargo de DENTISTA-PSF deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Prestar atendimento odontológico nos postos de saúde e unidade móvel, compreendendo exodontia, restaurações, aplicação de flúor; planejar e executar programas de caráter preventivo e de recuperaç ão da saúde bucal da população escolar e dos programas sociais; executar outras atividades no âmbito de sua especialização e executar outras atividades compatíveis com o cargo.

MÉDICO-PSF: O Cargo de MÉDICO-PSF deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: realizar consultas clinica aos usuários da sua área adstrita; executar as ações de assistência integral em todas as fases do ciclo de vida: criança, adolescente, mulher, adulto e idoso; realizar consultas e procedimentos na USF e, quando necessário, no domicílio; realizar as atividades clínicas correspondentes ás áreas prioritárias na intervenção na atenção Básica, definidas na Norma Operacional da Assistência à Saúde – NOAS 2001; aliar a atuação clínica à prática da saúde coletiva; fomentar a criação de grupos de patologias especifica, como de hipertensos, de diabéticos, de saúde mental, etc.; realizar o p ronto atendimento médico nas urgências e emergências; Encaminhar aos serviços de maior complexidade, quando necessário, garantindo a continuida de do tratamento na USF, por meio de um sistema de acompanhamento e referência e contra-referência; Indicar internação hospitalar; solicitar exames complementares; verificar e atestar óbito; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

MÉDICO: O Cargo de MÉDICO deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função prin cipal além de outras compatíveis com o cargo: Fazer coleta de materiais para análise laboratorial, inspeções, perícias médicas e intervenções cirúrgicas e sistematizar a solicitação de exames complementares para esclarecimentos e diagnóstico; prestar assistência médica; formular diagnóstico, prescrever tratamento, emitir laudos; supervisionar, orientar e valorizar a aplicação de vacinas, estimulando a atividade de prevenção de doenças controláveis por imunização; estabelecer sistemática para administração de medicamentos à pacientes; pesquisar doenças profissionais; participar de investigações epidemiológicas; participar de equipes encarregadas de análise de problemas médicos específicos; participar de equipes de trabalho e pesquisa de apoio que orientam a prescrição e aquisição de aparelhos e equipamentos médicos para a melhoria da prestação de serviço; participar de equipes de estudos e projetos sobre organização e administração hospitalar; orientar o trabalho de equipes paramédicas em postos e laboratórios. Emitir pareceres sobre assuntos de sua competência; dirigir unidades de saúde; colaborar na preparação e execução de programas de pesquisas e de treinamento especializado e de educação sanitária; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

FARMACEUTICO: O Cargo de FARMACEUTICO deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Responsabilizar-se pelos medicamentos sob sua guarda; controlar o estoque de medicamentos, e colaborar na elaboração de estudos e pesquisas farmacodinâmicas e toxicológicas; emitir parecer técnico a respeito de produtos e equipamentos utilizados na farmácia, principalmente em relação a compra de medicamentos; controlar psicotrópicos e fazer os boletins, de acordo com a vigilância sanitária; planejar e coordenar a execução da assistência farmacêutica no município; coordenar a elaboração da relação de medicamentos padronizados pelo serviço de saúde do município, assim como suas revisões periódicas; analisar o consumo e a distribuição dos medicamentos; elaborar e promover os instrumentos necessários, objetivando o desempenho adequado das atividades de armazenamento, distribuição, dispensação e controle de medicamentos pelas unidades de saúde; avaliar o custo do consumo dos medicamentos; realizar supervisão técnico administrativo em unidades de saúde do município no tocante a medicamentos e sua utilização; realizar treinamento e orientar profissionais da área; dispensar medicamentos e acompanhar a dispensação realizada pelos funcionários subordinados, dando a orientação necessária e iniciar o acompanhamento do uso (fármaco vigilância); realizar procedimentos técnicos administrativos no tocante a medicamentos a serem inutilizados; acompanhar a validade dos medicamentos e seus remanejamentos; fiscalizar farmácia e drogarias quanto ao aspecto sanitário; executar manipulação dos ensinos farmacêuticos, pesagem, mistura e conservação; subministrar produtos médicos e cirúrgicos, seguindo receituário médico; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

ENFERMEIRO-PSF: O Cargo de ENFERMEIRO-PSF deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Elaborar plano de enfermagem a partir do levantamento e análises das necessidades prioritárias de atendimento aos pacientes e doentes; planejar, organizar e dirigir os serviços de enfermagem, atuando técnica e administrativamente, a fim de garantir um elevado padrão de assistência; desenvolver tarefas de enfermagem de maior complexidade na execução de programa de saúde e no atendimento aos pacientes e doentes; coletar e analisar dados sócio-sanitários da comunidade a ser atendida pelos programas específicos de saúde; estabelecer programas para atender as necessidades de saúd e da comunidade, dentro dos recursos disponíveis; supervisionar e orientar os servidores que auxiliem na execução das atribuições típicas da classe; coordenar as atividades de vacinação; supervisionar a manutenção do controle dos aparelhos, verificando o funciona mento e a qualidade dos aparelhos utilizados na área de enfermagem, providenciando a reparação ou substituição, quando necessário; divulgar e discutir com a equipe de enfermagem as diretrizes e normas da Secretaria Municipal da Saúde, bem como colaborar na supervisão quanto ao cumprimento deste; planejar, executar e participar dos programas de treinamento do pessoal da enfermagem; participar do planejamento e das atividades de assistência integral à saúde individual e de grupos, particularmente aqueles p rioritários e de alto risco; desenvolver e/ou colaborar em pesquisas na área da saúde; proceder ao registro dos procedimentos realizados, bem como de dados estatísticos; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

ENGENHEIRO CIVIL: O Cargo de ENGENHEIRO CIVIL deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço públic o, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Coordenar, supervisionar, realizar atividades técnicas de suporte operacional ligadas à sua área de atuação; elaborar orçamentos, planejamento de obras, estudos de viabilidade de empreendimen tos; acompanhar e orientar o exercício profissional de atividades relativas à construção de empreendimentos; proceder a vistorias técnicas; analisar, fazer a triagem e dar andamento em processos de aprovação de projetos; desenvolver e executar projetos de engenhari a civil; aprovar, executar, supervisionar e fiscalizar obras; planejar, orçar e contratar empreendimentos; coordenar a operação e a manutenção dos mesmos; controlar a qualidade dos suprimentos e dos serviços comprados e executados; elaborar projeto de construção, preparando plantas e especificações da obra, indicando tipos e qualidade de materiais, de equipamentos e de Mão-de-obra necessários, assim como efetuando cálculo aproximado dos custos; elaborar normas e documentação técnica; prestar consultorias e emitir pareceres técnicos; executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade do serviço e orientação superior; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

MÉDICO VETERINÁRIO: O Cargo de MÉDICO VETERINÁRIO deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Planejar e executar campanhas e serviços de fomento e assistência técnica relacionada á saúde pública; diagnosticar animais doentes; proceder o controle de zoonoses, efetivando o levantamento de dados, avaliações epidemiológicas e programas para a profilaxia dessas doenças; encaminhar matérias de animai s suspeitos de zoonoses para os laboratórios competentes; realizar e assessorar palestras específicas no campo da saúde pública; participar da elaboração e coordenação de programas de combate e controle de vetores; interagir com setor de fiscalização mun icipal no que tange á fiscalização sanitária; orientar as populações em relação ás pragas urbanas (ratos, baratas, escorpião, morcegos, aranhas, pombos, pardais, mandruvás, pulgas, piolhos, carrapatos e caramujos) e demais dúvidas do município; realizar tarefas relacionadas á sanidade ambiental, pragas urbanas e vetores; verificar animais envolvidos em ataques as pessoas; realizar e executar o planejamento da defesa sanitária animal; promover a inspeção e a fiscalização sob o ponto de vista sanitário, higiênico e tec nológico dos matadouros, frigoríficos, fábricas de conservas de carne e de pescado, fábricas de banha e gorduras em que se empregam produtos de origem animal, usinas e fábricas de laticínios, entrepostos de carne, leite, peixe, ovos, mel, cera e demais derivados da indústria pecuária e, de um modo geral, quando possível, de todos os produtos de origem animal nos locais de produção, manipulação, armazenagem e comercialização; realizar perícias, exames e as pesquisas reveladoras de fraudes ou operação dolosa nos animais inscritos nas competições desportivas ou nas exposições pecuárias; ensinar, direcionar, controlar e orientar os serviços de inseminação artificial; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

ASSISTENTE SOCIAL: O Cargo de ASSISTENTE SOCIAL deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço públic o, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Efetuar coleta de dados, análise e diagnóstico, no intuito de caracterizar problemas sociais existentes na comunidade e apresentar planos, projetos ou programas propondo as ações adequada s para a solução; participar da elaboração e execução de planos e programas que visem ao desenvolvimento da comuni dade, no tocante à saúde pública, educação, moradia e outros que venham a exigir sua atuação; atuar, através de palestras, visitas às famílias e outras técnicas e métodos adequados, na prevenção e solução de problemas sociais detectados na comunidade; participar de programas educacionais da rede escolar, de saúde pública e de medicina preventiva; proceder ao atendimento de ambulatório, integrando -se com a equipe de trabalho multidisciplinar, oferecendo um serviço que atenda às necessidades da comunidade; coordenar e supervisionar o pessoal sob seu comando, a fim de garantir os bons resultados nos trabalhos de seu setor de atuação e executar outras atividades compatíveis com o cargo.

PSICÓLOGO: O Cargo de PSICÓLOGO deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função pr incipal além de outras compatíveis com o cargo: Exercer atividades no campo da psicologia aplicada ao trabalho social, orientando os indivíduos no que concerne a problemas de caráter social com o objetivo de levá-los a achar e utilizar os recursos e meios necessários para superar suas dificuldades e conseguir atingir metas determinadas; atuar junto a organizações comunitárias e em equipes multiprofissionais, diagnosticando, planejando e executando os programas no âmbito da saúde, lazer, educação, trabalho e segu rança para ajudar os indivíduos e suas famílias, resolver seus problemas e superar suas dificuldades; dedica se à luta contra a delinquência, organizando e supervisionando atividades educativas, sociais e recreativas em centros comunitários, para recuperar e integrar os indivíduos à sociedade; colaborar com a Justiça, quando solicitado, apresentando laudos, pareceres e depoimentos, para servir como instrumentos comprobatórios para melhor aplicação da lei e da justiça; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

ADVOGADO: O Cargo de ADVOGADO deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função pr incipal além de outras compatíveis com o cargo: Prestar assistência jurídica em áreas relacionadas à aplicação de leis, decretos e regulamentos, examinando processos específicos, emitindo pareceres e elaborando documentos jurídicos de interesse da Administração; pesquisar, analisar e interpretar a legislação e regulamentos em vigor nas áreas legislativa, constitucional, fiscal e tributária, de recursos humanos e outras; examinar processos específicos, emitir pareceres e elaborar documentos jurídicos pertinentes; analisar e elaborar minutas de contratos, convênios, petições, contestações, réplicas, memoriais e demais documentos de natureza jurídica. Pesquisar jurisprudência, doutrina e analogia; emitir parecer, de acordo com sua área de atuação, sobre as sunto de sua especialidade; prestar informação jurídica à Administração e aos servidores, quando solicitado; desempenhar outras atividades específicas da profissão de Advogado; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

TÉCNICO DE CONTROLE INTERNO: O Cargo de TÉCNICO DE CONTROLE INTERNO deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimen tos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Avaliar o cumprimento das metas previstas no Plano Plurianual e na Lei de Diretrizes Orçamentárias, bem como comprovar a legalidade e avaliar os resultados a gestão orçamentária, financeira, operacional e patrimonial das unidades Administrativas da Prefeitura Municipal; analisar e acompanhar o controle das operações de crédito, avais, garantias, direito e haveres do Município, bem como prover orientaçõ es com vistas à racionalização da execução da despesa, à eficiência e eficácia da gestão e à efetividade da atuação das unidade s administrativas; executar o programa de auditoria interna bimestral e anual, a fim de assessorar a administração da Prefeitur a na prática de atos de gestão administrativa; orientar os setores responsáveis pelo planejamento, orçamento e programação financ eira com informações oportunas que permitam aperfeiçoar o desempenho de suas atividades; apoiar o controle externo no exercício de sua missão institucional; Analisar o processo de Prestação de Contas, emitindo relatório de auditoria, certificado e parecer; acompanhar o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, Lei Complementar nº 101/2000, em especial subsidiar a elaboração os relatórios obrigatórios; analisar os processos licitatórios, suas dispensas, inexigibilidades e os contratos deles decorrentes, bem como os processos pertinentes às despesas em geral e os relativos a suprimento de fundos e baixas patrimoniais; promover diligências junto às unidades administrativas para que corrijam as impropriedades detectadas na análise dos processos, bem como as deficiências e erros de informações, visando ajustar o ato aos ditames da legislação vigente; sempre que necessário, executar atividades de audito ria nas Unidades da Prefeitura, visando comprovar a legalidade, avaliar os resultados e certificar os atos de gestão contábil, orçamentária, financeira, de pessoal, operacional e patrimonial; verificar a consistência e a segurança dos instrumentos e sistemas de guar da, conservação e controle dos bens e dos valores ou daqueles pelos quais esta seja responsável; providenciar ou promover o atendimento às diligências solicitadas pelo Tribunal de Contas do Estado e da União; exercer suas funções para assegurar a eficácia do co ntrole interno, a UCI efetuará ainda a fiscalização dos atos e contratos da Administração de que resultem receita ou despesa, mediante técnicas estabelecidas pelas normas e procedimentos de auditoria, especialmente aquelas estabelecidas na Resolução TC 01/2009 ; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

NUTRICIONISTA EDUCAÇÃO: O Cargo de NUTRICIONISTA – EDUCAÇÃO deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Planejar e elaborar cardápio para o fornecimento de merenda às Unidades de Ensino da rede municipal; supervisionar o processo de aquisição, recepção, distribuição, armazename nto e confecção dos gêneros alimentícios; contribuir no processo de capacitação das merendeiras e demais servidores responsáveis pela alimentação escolar; orientar os alunos e os funcionários da rede municipal de ensino sobre o uso correto da merenda escolar; realizar visitação periódica às Unidades de Ensino da rede municipal; comunicar a coordenadoria de merenda escolar, através do preenchimento do relatório de visita, quaisquer irregularidade encontrada; participar de reuniões com os pais ou responsáveis pelos alunos e gestores escolares; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL DO 6º AO 9º ANO: O Cargo de PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL DO 6º AO 9º ANO deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Participar da elaboração, execução e avaliação do projeto pedagógico da respectiva disciplina, bem como de projetos específicos, em consonância com o projeto institucional próprio da escola; elaborar o plano de ensino de sua disc iplina ou atividade, em consonância com o projeto pedagógico do respectivo curso, submetendo-o à aprovação da Coordenadoria; orientar, dirigir e ministrar o ensino de sua disciplina, cumprindo-lhe integralmente o programa e a carga horária; manter registro da matéria lecionada e controlar a frequência dos alunos; promover um ambiente de interação saudável com os aluno s, zelando pela aprendizagem e pela cultura da auto-estima, incentivando o empreendedorismo e desenvolvendo a prática investigativa; organizar e aplicar os instrumentos de avaliação do aproveitamento e julgar, com transparência, os resultados apresentados pelos alunos; estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento; fornecer, ao setor competente, as notas correspond entes aos trabalhos, provas e exames, bem como a frequência dos alunos, dentro dos prazos fixados pela Diretoria; ministrar os dias letivos e horas-aulas estabelecidos, conforme calendário escolar; cumprir fielmente, e fazer cumprir, os horários de aulas e demais atividade s programadas, observando sempre e atentamente o regime disciplinar da Escola; responder pela ordem na turma para a qual estiver lecionando, pelo uso do material e pela sua conservação; acatar as decisões dos órgãos deliberativos ou executivos, recorrend o das mesmas quando julgar necessário; participar das reuniões e dos trabalhos dos órgãos colegiados a que pertencer e de comissões para as quais for designado; orientar os trabalhos escolares e quaisquer atividades extracurriculares relacionadas com a disciplina; planejar e orientar pesquisas, estudos e publicações; conservar, sob sua guarda, documentação que comprove seus processos de avaliação e seu desempenho acadêmico; comparecer às solenidades programadas pela Direção da Escola e seus órgãos colegiados; comparecer, com pontualidade, ao serviço, mesmo no período de recesso letivo, sempre que necessário, por convocação da Coordenadoria ou da Direção da Escola; atender às convocações para elaboração, aplicação, fiscalização e correção das provas dos processos seleti vos; participar da elaboração do projeto pedagógico e institucional da escola; colaborar com as atividades de articulação da instituição com outras instituições e com a comunidade; sistematizar e socializar a reflexão sobre a prática docente; resolver problemas conc retos da prática docente e da dinâmica escolar, no âmbito de sua competência; não defender ideias ou princípios que conduzam a qualquer tipo de discriminação ou preconceito, ou que contrariem este Regimento e as leis vigentes; sugerir, ao Coordenador, medidas que contribuam para a qualidade e eficiência do curso; exercer as demais atribuições que lhe forem previstas em lei e neste Regimento; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA (ENSINO FUNDAMENTAL DO 6º AO 9º ANO): O Cargo PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA (ENSINO FUNDAMENTAL DO 6º AO 9º ANO) deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Superior com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Ministrar aulas de educação física em estabelecimentos de ensino fundamental; executar outras tarefas pertinentes ao exercício do magistério; participar de reuniões para tratar de assuntos e specíficos da classe ou de outras de interesse da escola, comissões sobre assuntos de educação e ensino geral; elaborar a estatística escolar; elaborar planos e diários de classe; escolher procedimentos didáticos e preparar aulas; planejar, organizar e corrigir provas e trabalhos; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO/MAGISTÉRIO OU LICENCIATURA EM PEDAGOGIA:

PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL DE 1ª A 4ª SERIE E/OU 1º AO 5º ANO: O Cargo de PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL DE 1ª A 4ª SERIE E/OU 1º AO 5º ANO deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Médio/Magistério ou Superior (Licenciatura Plena) e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Planejar e ministrar aulas nas disciplinas da sua área de atuação; participar da elaboração, acompanhamento e avaliação de planos, projetos, propostas e programas educacionais; conhecer e resp eitar a legislação educacional; exercer suas funções com eficiência, zelo e presteza; receber e orientar estagiários na escola onde exerce sua função; participar da escolha do livro didático; cumprir com assiduidade e pontualidade os dias letivos da unidade escolar; c ontribuir com as atividades de articulação da escola com a família e a comunidade; organizar e divulgar produções científicas, socializando conhecimentos, saberes e tecnologias; cumprir no âmbito de sua competência as normas previstas no regimento escolar; resgatar no educando valores éticos, de cidadania, de respeito ao meio ambiente, à vida e à pessoa humana; contribuir para a conservação e recuperação do patrimônio escolar; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

PROFESSOR DE ENSINO INFANTIL: O Cargo de PROFESSOR DE ENSINO INFANTIL deverá ser ocupado por profissional portador de diploma de Nível Médio/Magistério ou Superior (Licenciatura Plena em Pedagogia) e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o carg o: Cuidar e educar crianças de creches, pré-escola e ensino fundamental de 1ª a 4ª série e/ou 1º ao 5º ano; orientar e auxiliar as crianças com relação a alimentação, higiene pessoal, segurança e atividades pedagógicas; acompanhar e registrar a frequência diária dos alunos na escola; realizar atividades lúdicas e pedagógicas que favoreçam as aprendizagens das crianças e adolescentes; conservar e organizar o material de uso pedagógico que utiliza no trabalho dos alunos; cumprir com assiduidade e pontualidade os dias letivos e a carga horária determinada no calendário escolar; participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, avaliação e desenvolvimento profissional; participar da elaboração, execução e avaliação do Projeto Político-Pedagógico da Escola onde trabalha; despertar nos alunos, valores éticos, de cidadania, de respeito ao meio ambiente, à vida e à pessoa humana; exercer suas funç ões com eficiência, zelo e presteza; despertar a atenção da criança através do uso de brinquedos, contato físico carinhoso e emprego de voz suave; receber, orientar e acompanhar estagiários na Escola onde trabalha; manter o espírito de cooperação com todos os funci onários da Escola, com a família e a comunidade; conhecer e respeitar a legislação educacional; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO:

TÉCNICO EM ENFERMAGEM-PSF: O Cargo de TÉCNICO EM ENFERMAGEM-PSF deverá ser ocupado por profissional portador do Certificado do Nível Médio/Técnico com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Prestar assistência de enfermagem segura, humanizada e individualizada aos clientes, sob supervisão do enfermeiro, assim como colaborar nas atividades de ensino e pesquisa desenvolvidas na Instituição; auxiliar o superior na prevenção e controle das doenças transmissíveis em ger al, em programas de vigilância epidemiológica e no controle sistemático da infecção hospitalar; preparar clientes para consultas e exames, orientando-os sobre as condições de realização dos mesmos; colher e ou auxiliar o cliente na coleta de material para exames de laboratório, segundo orientação; realizar exames de eletro diagnósticos e registrar os eletrocardiogramas efetuados, segundo instruções médicas ou de enfermagem; orientar e auxiliar cliente, prestando informações relativas a higiene, alimentação, utilização de medicamentos e cuidados específicos em tratamento de saúde; verificar os sinais vitais e as condições gerais dos clientes, segundo prescrição médica e de enfermagem; preparar e administrar medicações por via oral, tópica, intradérmica, subcutânea, intramus cular, endovenosa e retal, segundo prescrição médica, sob supervisão do Enfermeiro; cumprir prescrições de assistência médica e de enfermagem; realizar a movimentação e o transporte de clientes de maneira segura; auxiliar nos atendimentos de urgência e emergência; realizar controles e registros das atividades do setor e outros que se fizerem necessários para a realização de relatórios e controle estatístico; circular e instrumentar em salas cirúrgicas e obstétricas, preparando-as conforme o necessário; efetuar controle diário do material utilizado, bem como requisitar, conforme as normas da Instituição, o material necessário á prestação da assistência á saúde do cliente; controlar materiais, equipamentos e medicamentos sob sua responsabilidade; manter equipamentos e a unidad e de trabalho organizada, zelando pela sua conservação e comunicando ao superior eventuais problemas; executar atividades de limpeza, desinfecção, esterilização de matérias e equipamentos, bem como seu armazenamento e distribuição; propor a aquisição de novos instrumentos para reposição daqueles que estão avariados ou desgastados; realizar atividades na promoção de campanha do aleitamento materno bem como a coleta no lactário ou no domicílio; auxiliar na preparação do corpo após o óbito; participar d e programa de treinamento, quando convocado; executar tarefas pertinentes á área de atuação, utilizando-se de equipamentos e programas de informática; bem como executar outras atividades compatíveis.

AUXILIAR DA SAÚDE BUCAL: O Cargo de AUXILIAR DA SAÚDE BUCAL deverá ser ocupado por profissional portador do Certificado do Nível Médio/Técnico com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Recepcionar pacientes; limpeza e esterilização do instrumental odontológico; executar as tarefas auxiliares no tratamento, entre elas organizar e executar as atividades de higiene bucal; processar filme radiológico; preparar o paciente para atendimento; preparar modelos em ge sso e executar limpeza, assepsia, desinfecção e esterilização do instrumental, equipamentos odontológicos e do ambiente de trabalho; bem como executa r outras atividades compatíveis com o cargo.

TÉCNICO AGRICÓLA: O Cargo de TÉCNICO AGRICÓLA deverá ser ocupado por profissional portador do Certificado do Nível Médio/Técnico com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Atuar em atividades de extensão, associativismo e em apoio à pesquisa, análise, experimentação, ensaio e divulgação técnica; ministrar disciplina técnica, atendida a legislação específica em vigor; elaborar orçamentos relativos às atividades de sua competência; prestar assistência técnica no estudo e desenvolvimento de projetos e pesquisas tecnológicas, ou nos trabalhos de vistoria, perícia, avaliação, arbitramento e consultoria, sob a supervisão de um profissional de nível superior, exercendo dentre outras as seguintes tarefas: a) coleta de dados de natureza técnica; b) desenho de detalhes de construções rurais; c) elaboração de orçamentos de materiais, insumos, equipamentos, instalações e mão-de-obra; d) detalhamento de programas de trabalho, observando normas técnicas e de segurança no meio rural; e) manejo e regulagem de máquinas e implementos agrícolas; f) dar assistência técnica na aplicação de produtos especializados; g) execução e fiscaliza ção dos procedimentos relativos ao preparo do solo até à colheita, armazenamento, comercialização e industrialização dos produtos agropecuários; h) administração de propriedades rurais; i) colaborar nos procedimentos de multiplicação de sementes e mudas, comuns e melhoradas, bem como em serviços de drenagem e irrigação; conduzir, executar e fiscalizar obras e serviços técnicos, compatíveis com a respectiva formação profissional; elaborar relatórios e pareceres técnicos, circunscritos ao âmbito de sua habilitação; executar trabalhos repetitivos de mensuração e controle de qualidade; dar assistência técnica na compra, venda e utilização de equipamentos e materiais especializados, limitada à prestação de informações quanto às características técnicas e de desempenho; emitir laudos e documentos de classificação e exercer a fiscalização de produtos de origem vegetal, animal e agroindustrial; administração de propriedades rurais a nível gerencial; conduzir equipes de instalação, montagem e operação , e de reparo ou manutenção; treinar e conduzir equipes de execução de serviços e obras de sua modalidade; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

TÉCNICO EM CONTABILIDADE: O Cargo de TÉCNICO EM CONTABILIDADE deverá ser ocupado por profissional portador do Certificado do Nível Médio/Técnico com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Executar os trabalhos de análise e conciliação de contas; classificar e contabilizar as despesas, receitas e movimentação financeira; elaborar quadros demonstrativos, relatórios e tabelas, compilando dados contábeis; participar da elaboração de balancetes e balanços, aplicando normas contábeis; organizar demonstrativos e relatórios de comportamento das dotações orçamentárias; elaborar prestações de contas de convênios, concursos e outros recursos específicos; acompanhar saldos orçamentários para autorização de realização de despesas; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO COM CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO NA ÁREA:

OPERADOR DE COMPUTADOR: O Cargo de OPERADOR DE COMPUTADOR deverá ser ocupado por profissional portador do Certificado do Nível Médio com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Saber operar computadores (fora ou em rede); executar pequenas atualizações em softwares; executar pequenos reparos nos equipamentos existentes; manter registros de controle sobre equipamentos e softwares; saber digitar com produtividade; saber instalar antivírus e eliminar vírus de computadores; saber executar procedimentos de segurança de dados (backup); saber instalar sistemas operacionais e outros softwares básicos; conhecer bem os softwares mais usados em escritórios (Word, Excel, Power Point e Outlook); conhecer bem como navegar na internet; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

DESENHISTA: O Cargo de DESENHISTA deverá ser ocupado por profissional portador do Certificado do Nível Médio com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Elaborar desenhos de arquitetura e engenharia civil utilizando softwares específicos para desenho técnico, assim como executar plantas, desenhos e detalhamentos de instalações hidrossanitárias e elé tricas e desenhos cartográficos; coletar e processar dados e planejar o trabalho para a elaboração do projeto como, por exemplo, interpretar projetos existentes, calcular e definir custos do desenho, analisar croqui e aplicar normas de saúde ocupacional e normas téc nicas ligadas à construção civil, podendo atualizar o desenho de acordo com a legislação; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

INSTRUTOR DE MÚSICA: O Cargo de INSTRUTOR DE MÚSICA deverá ser ocupado por profissional portador do Certificado do Nível Médio com formação especifica para o cargo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Selecionar métodos e técnicas adequadas ao ensino da música; ensinar teorias e práticas relativas à música; utilizar técnicas, recursos e instrumentos para aprimorar a execução da Banda Municipal; proceder à avaliação de conhecimentos fundamentais de teoria musical e conhecimento dos instrumentos musicais, etc .; orientar acompanhantes de coral, conjuntos orquestrais e de câmara; integrar conjuntos vocais e instrumentais, quando necessário; participar de programa de treinamento, quando convocado; executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando -se de equipamentos e programas de informática; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO:

AUXILIAR DE ENFERMAGEM: O Cargo de AUXILIAR DE ENFERMAGEM deverá ser ocupado por pessoas portadoras do Certificado do Nível Médio com Registro no COREN e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Realizar procedimentos de enfermagem dentro das suas competências técnicas e legais em unidades de saúde e nos domicílios, em área urbana e rural, de acordo com o planejamento de ações traçado pela USB/SMS; preparar o usuário para consultas médicas e de enfermagem, exames e tratamentos da USB; zelar pel a limpeza e ordem do material, equipamentos e das dependências da USB, garantindo a prevenção e controle de infecções; realizar busca ativa de casos, como tuberculose, hanseníase, dengue e demais doenças de cunho epidemiológico, no nível de suas competências; executar assistência básica (vacinação de rotina e campanhas, curativos diversos, nebulização, lavar e esterilizar instrumentais, aplicação de injeções intramuscular e intravenosas segundo prescrições médicas, coleta, verificar temperaturas, pressão arterial, peso dos pacientes, administração e dispensação de medicamentos, e ações de vigilância epidemiológica e sanitária no âmbito de sua competência; realizar ações de educação em saúde aos grupos de patologias especificas e ás famílias de risco, conforme planejamento da USB; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE: O Cargo de AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE deverá ser ocupado por pessoas portadoras do Certificado do Nível Médio e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, te rá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Realizar mapeamento de sua área; Cadastrar as famílias e atualizar permanentemente esse cadastro; identificar indivíduos e famílias expostos a situações de risco; identificar área de risco; or ientar as famílias para utilização adequada dos serviços de saúde, encaminhando-as e até agendando consultas, exames e atendimento odontológico, quando necessário; realizar ações e atividades, no nível de suas competências nas áreas prioritárias da Atenção Básicas; realizar, por meio de visita domiciliar, acompanhamento mensal de todas as famílias sob sua responsabilidade; estar sempre be m informado, e informar aos demais membros da equipe, sobre a situação das famílias acompanhadas, particularmente aquelas em situações de risco; desenvolver ações de educação e vigilância à saúde, com ênfase na promoção da saúde e na prevenção de doe nças; promover a educação e a mobilização comunitária, visando desenvolver ações coletivas de saneamento e melhoria do meio ambien te, entre outras; traduzir para a ESF (Equipes de Saúde da Família) a dinâmica social da comunidade, suas necessidades, potencial idades e limites; identificar parceiros e recursos existentes na comunidade que possam ser potencializados pela equipe e atividades constantes da Lei 11.350/06, Art. 3º, Parágrafo Único e seus incisos; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

AUXILIAR DE BIBLIOTECA: O Cargo de AUXILIAR DE BIBLIOTECA deverá ser ocupado por pessoas portadoras do Certificado do Nível Médio e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Administrar e dirigir bibliotecas, bem como organizar serviços de documentação; prestar assistência ao leitor em pesquisas bibliográficas; selecionar, adquirir e registrar livros, folhetos, periódicos, mapas, microfilmes e documentos especiais; classificar e catalogar material bibliográfico e controlar sua movimentação; manter conta to com editoras e livrarias, com instituições culturais e técnicas científicas do país, para estabelecer o serviço de intercâmbio das publicaçõ es; manter intercâmbio com órgãos públicos e particulares; manter fichários de legislação e repertório de jurisprudência e de par eceres, com vista a oferecer dados exatos e atualizados/ elaborar resumos e divulgar sinopses de artigos de interesse do leitor; organizar catálogo dos trabalhos técnicos do órgão, publicados ou em elaboração; organizar fichários por assunto, título e autor das obras existentes nas bibliotecas e centros de documentação, bem como examinar livros e recomendar a sua aquisição; preparar material bibliográfico para encadernação e empréstimo, utilizando sistema que favoreça a circulação das obras emprestadas e per mita controle perfeito; realizar pesquisas bibliográficas correntes e retrospectivas; executar tarefas de reprografia, bem como controlar, revisar e selecionar livros para a permuta em doação; examinar catálogos de editores e demais fontes, para seleção do cumental; emitir pronunciamento em assunto de sua especialidade; realizar estudos visando à padronização dos serviços das bibliotecas; executa r e divulgar pesquisas de caráter histórico, histórico-geográfico, político, administrativo e didático; orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares; bem como bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

AGENTE ADMINISTRATIVO: O Cargo de AGENTE ADMINISTRATIVO deverá ser ocupado por pessoas portadoras do Certificado do Nível Médio e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Tramitar entrada e saída de correspondência; recepção de documentos; atender chamadas telefônicas; atender ao público; arquivar documentos; manter atualizada a agenda, tanto telefônica como de pendências; ter conhecimento de uso de máquinas de escritório, de calculadoras a fotocopiadoras, computadores e os programas usados; particip ação das reuniões de equipe sempre que solicitado; realizar as tarefas e rotinas administrativas da Unidade (recepção dos usuários, preenchimento de fichas e prontuários, organização do atendimento e distribuição de números; organização e manutenção do arqu ivo e armário de materiais, organização do espaço de atendimento e escritório; atendimento e contatos telefônicos; agendamento das atividades internas e externas do projeto; digitação de relatórios, formulários e demais documentos, controle de livro de pon to, etc.); auxiliar no controle e gestão dos recursos financeiros e logísticos da Unidade (rotinas de estoque e controle de caixa, entre ga de contra-cheques da equipe, recolhimento de recibos e cópias, controle dos vales transporte, recepção, controle e estoque de material e medicamentos, etc.); zelo e conservação do material da organização; participação nos seminários propostos de formação e atual ização.

ARQUIVISTA: O Cargo de ARQUIVISTA deverá ser ocupado por pessoas portadoras do Certificado do Nível Médio e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis c om o cargo: Planejamento organização e direção de serviços de Arquivo; planejamento, orientação e acompanhamento do processo documental e informativo; planejamento, orientação e direção das atividades de identificação das espécies documentais e parti cipação no planejamento de novos documentos e controle de multicópias; planejamento, organização e direção de serviços ou centro de documentação e informação constituídos de acervos arquivísticos e mistos; planejamento, organização e direção de serviços de microfilmagem aplicada aos arquivos; orientação do planejamento da automação aplicada aos arquivos; orientação quanto à classificação, arranjo e descrição de documentos; orientação da avaliação e seleção de documentos, para fins de preservação; promoção de medidas necessárias à conservação de documentos; elaboração de pareceres e trabalhos de complexidade sobre assunt os arquivísticos; assessoramento aos trabalhos de pesquisa científica ou técnico-administrativa; desenvolvimento de estudos sobre documentos culturalmente importantes; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

ALMOXARIFE: O Cargo de ALMOXARIFE deverá ser ocupado por pessoas portadoras do Certificado do Nível Médio e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis c om o cargo: Supervisionar os serviços de almoxarifado, preparar expediente para aquisição dos materiais necessários ao abastecimento dos órgãos da Administração; realizar coletas de preços, para materiais que possam ser adquiridos sem concorrência; encaminhar ao s fornecedores os pedidos assinados pelas autoridades competentes; promover o abastecimento de acordo com os pedidos feitos, adotando medidas tendentes a assegurar a pronta entrega dos mesmos; organizar e manter atualizado o registro de estoque do ma terial existente no almoxarifado; efetuar ou supervisionar o recebimento e a conferencia de todas as mercadorias; estabelecer normas de armazenagem de materiais e outros suprimentos; inspecionar todas as entregas, supervisionar o serviço de guarda e conservação de móveis e materiais dos órgãos da Administração; efetuar o controle de entrada e saída de veículos do município, promovendo a liberação dos mesmos, se autorizada, supervisionar a embalagem de materiais para a distribuição ou expedição; proceder ao tombamento de bens; informar processos relativos a assuntos do serviço; dirigir a arrumação de materiais, elaborar relatórios sobre as atividades desenvolvidas; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

RECEPCIONISTA: O Cargo de RECEPCIONISTA deverá ser ocupado por profissional portador do Certificado do Nível Médio e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Recepcionar; responder perguntas gerais, ou direcionar as perguntas para outros funcionários qualificados a responder; enviar e receber correspondências; marcar reuniões; registrar informações; executar arquivamento de documentos; encaminhar visitantes para os funcionários; atuar com ética no exercício da função: imagem profissional, sigilo profissional, relacionamento com colegas e superiores; participar ativamente das reuniões e encontros que forem vivenciados a fim de estar inserido em todos os acontecimentos; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO:

COZINHEIRO: O Cargo de COZINHEIRO deverá ser ocupado por pessoas portadoras do certificado de conclusão do Ensino Fundamental Completo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Preparar refeições, cafés, lanches, sucos e sobremesas em pequenas e grandes quantidades; elaborar e executar cardápios; responsabilizar se pelo balanceamento das refeições; controlar a qualidade, a conservação e o estoque dos alimentos; controlar a quantidade usada na preparação de uma refeição; fazer a higienização e o pré-preparo de frutas e hortaliças de acordo com determinação do cardápio diário; cuidar da higienização, da conservação de utensílios e da dos equipamentos utilizados; zelar pela ordem, pela disciplina, pela higiene e pela segurança do local; reciclar os alimentos evitando perdas dos mesmos; realizar outras tarefas inerentes ao cargo e ao local de trabalho; ter comprometimento com o serviço; manter a higiene e o asseio pessoal; utilizar técnicas de cozinha e nutrição; executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade do serviço e orientação superior; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

COPEIRO: O Cargo de COPEIRO deverá ser ocupado por pessoas portadoras do certificado de conclusão do Ensino Fundamental Completo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Manusear e preparar alimentos (café, leite, achocolatados, vitaminas, chá, sucos, torradas e lanches leves em geral); atender o público interno, servir e distribuir lanches e cafés atendendo às suas necessidades alimentares; a rrumar bandejas e mesas e servir; recolher utensílios e equipamentos utilizados, promovendo sua limpeza, higienização e conservação; executar e conservar a limpeza da copa e da cozinha; manter a organização e a higiene do ambiente, dos utensílios e dos alime ntos; controlar os materiais utilizados; evitar danos e perdas de materiais; zelar pelo armazenamento e conservação dos alimentos; ter noções de dietas; executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade do serviço e orientação superior; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

VIGIA: O Cargo de VIGIA deverá ser ocupado por pessoas portadoras do certificado de conclusão do Ensino Fundamental Completo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função pr incipal além de outras compatíveis com o cargo: Executar serviços específicos de vigilância noturna e diurna nas dependências do patrimônio municipal ou em outro lugar designado; zelar pela guarda do patrimônio e exercer a vigilância de estacionamentos, ed ifícios públicos e outros estabelecimentos designados, percorrendo-os sistematicamente e inspecionando suas dependências para evitar incêndios, roubos, entrada de pessoas estranhas e outras anormalidades; controlar o fluxo de pessoas, recebendo-as, identificando-as, orientando-as e encaminhando-as para os lugares desejados; escoltar pessoas e mercadorias; fazer manutenções simples nos locais de trabalho; trabalhar em escala de trabalho por meio de revezamentos; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

ELETRICISTA: O Cargo de ELETRICISTA deverá ser ocupado por pessoas portadoras do certificado de conclusão do Ensino Fundamental Completo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função pr incipal além de outras compatíveis com o cargo: Executar trabalhos referentes ao funcionamento de aparelhagem de controle e distribuição de energia elétrica; reparar aparelhos elétricos em geral; reparar e instalar redes elétricas; instalar lâmpadas, reatores, chaves de distribuição, bobinas, automáticos, painéis, interruptores e tomadas; ligar motores, suportes, motobombas e equipamentos elét ricos nas instalações públicas do Município; coordenar, controlar e supervisionar a execução dos serviços de eletricidade em geral; requisitar e manter suprimento de material necessário ao trabalho; desenvolver outras atividades compatíveis com a sua área de atuação.

MOTORISTA CNH “ D” : O Cargo de MOTORISTA deverá ser ocupado por pessoas portadoras do certificado de conclusão do Ensino Fundamental Completo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como funçã o principal além de outras compatíveis com o cargo: Dirigir automóveis, ambulâncias, caminhonetes, caminhões e demais veículos de transporte de passageiros e cargas; verificar diariamente as condições de funcionamento de veículos, antes da sua utilização: pneus, água do radiador, baterias, nível do óleo, amperímetro, sinaleira, freios, faróis, combustível, etc.; transportar pessoas e materiais; orientar o carregamento e descarregamento de cargas, com o fim de manter o equilíbrio do veículo e evitar danos aos materiais transportados; zelar pela segurança de passageiros, verificando o fechamento de portas e o uso de cintos de segurança; fazer pequenos reparos de urgência no veículo; manter o veículo limpo, interna e externamente, e em condições de uso, levando -o a manutenção sempre que necessário; observar os períodos de revisão e manutenção preventiva do veículo; anotar, segundo normas estabelecidas, a quilometragem rodada, viagens realizadas, objetos e pessoas transportadas, itinerários e ocorrências; recolher o veículo após o serviço, deixando-o corretamente estacionado e fechado; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

MERENDEIRA: O Cargo de MERENDEIRA deverá ser ocupado por pessoas portadoras do certificado de conclusão do Ensino Fundamental Completo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função princ ipal além de outras compatíveis com o cargo: Preparar e servir merenda escolar; operar fogões, aparelhos de preparação ou manipulação de gêneros alimentícios, refrigeração e outros; recolher, lavar e guardar utensílios da merenda, encarregando -se da limpeza geral da cozinha e do refeitório; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

 OPERADOR DE M ÁQ UINA CNH “ D” : O Cargo de OPERADOR DE MÁQUINA deverá ser ocupado por pessoas portadoras do certificado de conclusão do Ensino Fundamental Completo e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Executar destocamentos, aragens “gradeagens”, adubações, plantios, capinas, irrigações e colheitas com máquinas e assessórios apropriados a cada uma dessas operações; zelar pela manutenção do equipamento, procedendo a simples reparos, limpeza, lubrificação e abastecimento; montar e desmontar implemento s; conduzir trator agrícola e outros equipamentos; operar máquinas montadas sobre rodas ou sobre esteiras e providas de pá mecânica ou caçamba, para escavar e mover terra, pedras, areia, cascalho e materiais análogos; operar máquinas de abrir canais de drenage m, abastecimento de água, petróleo, gás e outros; operar equipamento de dragagem para aprofundar e alargar leito de rio ou canal, ou extrair areia e cascalho; operar máquinas providas de martelo acionado mecanicamente ou de queda livre, para cravar estacas d e madeira, de concreto ou de aço, em terreno seco ou submerso; operar máquinas providas de lâminas para nivelar solos, na construção de edifícios, pistas, estradas e outras obras; operar máquinas providas de rolos compressores, para compactar e aplainar os materiais utilizados na construção de estradas; operar máquinas para estender camadas de asfalto ou de betume, acionando os dispositivos, para posicioná-la segundo as necessidades do trabalho; movimentar a máquina, acionando seus pedais e alavancas de comando, corte, elevação e abertura, assim como seus comandos de tração e os hidráulicos, para escavar, carregar, levantar, descarregar material, mover pedra, terra e materiais similares; executar serviços de terraplanagem, tais como remoção, distribuição e nivelamento d e superfícies, cortes de barrancos, acabamento e outros; providenciar o abastecimento de combustível, água e Lubrificantes nas máquinas sob sua responsabilidade; conduzir a máquina, acionando o motor e manipulando os dispositivos, para posicioná -los, segundo as necessidades de trabalho; executar as tarefas relativas a verter, em caminhões e veículos de carga pesada, os materiais escavados, para o transporte dos mesmos; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS: O Cargo de AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS deverá ser ocupado por pessoas com Ensino Fundamental Incompleto e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como fun ção principal além de outras compatíveis com o cargo: Zelar pelo ambiente físico da escola e de suas instalações, cumprindo as normas estabelecidas na legislação sanitária vigente; selecionar, armazenar, lavar, preparar, cozinhar e servir merenda escolar obse rvando os cuidados básicos de higiene e segurança; realizar a limpeza, conservação e arrumação do ambiente físico (parte interna e externa) das instalações físicas do Município; lavar roupas das crianças, lençóis, cobertores, toalhas e demais peças que compõem o vestuá rio utilizado nas creches; cumprir integralmente seu horário de trabalho e as escalas previstas; zelar pela organização e limpeza do refeitório, da cantina, do depósito da merenda escolar e de material de limpeza e didático; auxiliar os alunos com necessidad es educacionais especiais quanto à alimentação, locomoção, higiene e segurança; participar de eventos, cursos e reuniões sempre que convocado visando ao aprimoramento profissional; zelar pelo sigilo de informações pessoais de alunos, funcionários e familiar es; respeitar as normas de segurança ao manusear fogões, aparelhos de preparação de gêneros alimentícios e de refrigeração; zelar pela conservação do patrimônio escolar comunicando qualquer irregularidade à direção; aguar as áreas verdes existentes nas instala ções públicas do Município; ligar e desligar bombas elétricas nas instalações públicas do Município; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS – SAÚDE: O Cargo de AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS – SAÚDE deverá ser ocupado por pessoas com Ensino Fundamental Incompleto e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Zelar pelo ambiente físico do local e de suas instalações, cumprindo as normas estabelecidas na legislação sanitária vigente; selecionar, armazenar, lavar, preparar, cozinhar e servir alimentação observando os cuidados básicos de higiene e segurança; realizar a limpeza, conservação e arrumação do ambiente fí sico (parte interna e externa) das instalações físicas do Município; lavar roupas, lençóis, cobertores, toalhas e demais peças que compõem o vestuário utilizado nas repartições; cumprir integralmente seu horário de trabalho e as escalas previstas; zelar pela organização do refeitório e da cantina; participar dos eventos, cursos e reuniões sempre que convocado visando ao aprimoramento profissional; ze lar pelo sigilo de informações pessoais dos pacientes, funcionários e familiares; respeitar as normas de segurança ao manusear fo gões, aparelhos de preparação de gêneros alimentícios e de refrigeração; zelar pela conservação do patrimônio comunicando qualquer irregularidade à direção; aguar as áreas verdes existentes nas instalações públicas do Município; ligar e desligar bombas elé tricas nas instalações públicas do Município; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

GARI: O Cargo de GARI deverá ser ocupado por pessoas com Ensino Fundamental Incompleto e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis com o cargo: Cumprir integralmente seu horário de trabalho e escalas/rodízios previstos; realizar os trabalhos de conservação e limpeza de estrada s e caminhos; capinar e roçar terrenos, ruas e demais logradouros públicos; realizar a limpeza e desentupimento de bueiros, sarjetas, valetas e caneletas; realizar a limpeza de rios e córregos; realizar a roça nas margens dos rios e nos acostamentos das estra das; escavar, tapar buracos, desobstruir estradas e caminhos, quebrar pavimentos, abrir e fechar valas e retirar entulhos; realizar serviços relativos à limpeza urbana, obedecendo a roteiros preestabelecidos; realizar a varrição das ruas, avenidas, travessas e praça s; realizar a coleta de lixo, acondicionando-o para o transporte público ou nas lixeiras públicas; realizar a capina de ruas, praças e demais logradouros públicos; realizar a limpeza de logradouros públicos ao término de feiras, desfiles, exposições ou quaisquer outr os eventos; retirar cartazes ou faixas indevidamente colocados em vias públicas, de acordo com as instruções recebidas; realizar a limpeza de parques, jardins, lagos, pátios, córregos e monumentos públicos; realizar os serviços de coleta de lixo, dentro do horário e roteiro estabelecidos; colocar o lixo coletado em lixões, carrinhos ou sacos plásticos, para posterior transporte; colocar o l ixo em caminhões e descarregá-lo nos lugares para tal destinados; zelar pela conservação dos utensílios e equipamentos empregados nos trabalhos de limpeza pública, recolhendo-os e mantendo-os limpos; manter limpo e arrumado o local de trabalho; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

TRATORISTA: O Cargo de TRATORISTA deverá ser ocupado por pessoas com Ensino Fundamental Incompleto e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras compatíveis c om o cargo: Organização do trabalho; uso correto de instrumentos e equipamentos; habilidade e destreza no desenvolvimento das tarefas; conhecimento prático sobre as atividades desenvolvidas; operar tratores para execução de serviços de aração, plantio, colheit a, roçados, preparo do solo, construção de açudes, limpezas, construção de canais de irrigação, pulverizações, distribuição de calcário, adubação, correção do solo; limpar e lubrificar a máquina e seus implementos, seguindo as instruções de manutenção do fabrica nte, bem como providenciar a troca de pneus, quando necessário; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

COVEIRO: O Cargo de COVEIRO deverá ser ocupado por pessoas com Ensino Fundamental Incompleto e que, após cumprir todos os procedimentos legais de ingresso no serviço público, terá como função principal além de outras c ompatíveis com o cargo: Preparar a sepultura, escavando a terra e escorando as paredes da abertura ou retirando a lápide e limpando o interior das covas já ex istentes para o sepultamento; auxiliar na colocação do caixão, manipulando as cordas de sustentação, para facilitar o posicionamento do mesmo para a sepultura; fechar à sepultura recobrindo – a de terra e cal ou fixando-lhe uma laje para assegurar a inviolabilidade do túmulo; executar serviços de sepultamento e construção de túmulo; auxiliar nos serviços de limpeza e conservação do cemitério; executar outras tarefas correlatas, conforme a orientação do serviço e orientação superior; bem como executar outras atividades compatíveis com o cargo.

…..

ANEXO II
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

PARA OS CARGOS:

FISIOTERAPEUTA, NUTRICIONISTA, DENTISTA PSF, MÉDICO-PSF, MÉDICO, FARMACEUTICO, ENFERMEIRO- PSF, ASSISTENTE SOCIAL, PSICÓLOGO.

PORTUGUÊS: Ortografia oficial; Acentuação gráfica; Pontuação; Compreensão, interpretação e reescrita de textos e de fragmentos de textos, com domínio das relações morfossintáticas, semânticas, discursivas e argumentativas; Tipologia Textual; Coesão e coerência; Formação, classe e emprego de palavras; Significação de palavras; Figuras de Linguagem; Coordenação e Subordinação; Concordância nominal e verbal; Emprego do sinal indicativo de crase; Regência Nominal e Verbal.

CONHECIMENTOS GERAIS E ATUALIDADES: Aspectos históricos, geográficos, políticos, econômicos e administrativos do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE; Atualidades: Assuntos relevantes nas áreas da: política, economia, sociedade, meio ambiente, saúde, educação, cultura, ciência e tecnologia do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE: SUS Legislação da Saúde: Constituição Federal de 1988 (Título VIII – capítulo II – Seção II); Lei n.º 8.142/90 e Lei n.º 8.080/90; Norma Operacional da Assistência à Saúde –2002 (revisada; Emenda Constitucional Nº 29/2000; Portaria nº399/GM, de 22/02/2006 (Pactos pela Vida, em Defesa do SUS); Sistemas de Serviços de Saúde: objetivos, macrofunção e características; Sistema de Saúde brasileiro: Modelos de Atenção e Vigilância da Saúde; Políticas de Saúde; Financiamento da Saúde.

CONHECIMENTO ESPECÍFICO POR CARGO/ESPECIALIDADE

FISIOTERAPEUTA: Fisioterapia Respiratória; Hemiplegia no Adulto: Avaliação e Tratamento; A deficiência motora em pacientes com paralisia cerebral; Psicomotricidade – Teoria e Prática; Desenvolvimento normal e seus desvios no lactente- diagnóstico e tratamento precoce do nascimento até o 18º mês; Fisioterapia na Ortopedia e na Medicina do Esporte; Ortopedia e Traumatologia: princípios e prática; Fisioterapia Cardiopulmonar; Tratado de Medicina Física e Reabilitação de Krusen; Fisioterapia: Avaliaç ão e Tratamento; Fisioterapia em pediatria; Paralisia Cerebral- Aspectos práticos; Fisioterapia Neurológica.

NUTRICIONISTA: Unidades de alimentação e nutrição – estrutura física; aquisição, recebimento e armazenamento de alimentos; distribuição de refeições e cozinha dietética; limpeza e desinfecção; HACCP; pessoal: higiene e segurança; Nutrição normal: definição, leis da alimentação; requerimentos, recomendações de nutrientes e planejamento dietético para adulto, idoso; Diagn ósticos antropométricos: indicadores e padrões de referência; vantagens, desvantagens e interpretação; Dietoterapia nas enfermidades do sistema cardiovascular; Dietoterapia nos distúrbios metabólicos: obesidade; diabete mellitus; dislipidemias; Carências nutricionais: desnutrição energético-proteica e anemias nutricionais; Dietoterapia das doenças renais; Terapia nutricional enteral e parenteral; ANVISA: Portaria no. 272 de 08/04/1998; Resolução RDC no 63, de 06/07/2000; Portaria no 131 de 08/03/2005; Portaria no 135 de 08/03/2005. 9. Interação entre medicamentos e nutrientes; Ética e legislação profissional.

DENTISTA – PSF: PATOLOGIA ORAL – Alterações no desenvolvimento e crescimento das estruturas orais e para-orais; Cárie dentária e suas sequelas; Neoplasias benignas de origem não-odontogênica; Lesões pré-malígnas e malignas da cavidade oral; Tumores odontogênicos e não-odontogênicos; Cistos odontogênicos e não-odontogênicos; Manifestações orais das doenças sistêmicas e infecções orais por fungos, vírus e bactérias; Doenças das glândulas salivares; Lesões inflamatórias dos maxilares; Aspectos semiológicos da prática odontológica: anamnese, exames objetivos e complementares. FARMACOLOGIA – Conceitos gerais de vias de introdução e eliminação dos medicamentos e suas posologias; Anestésicos locais, analgésicos, antiinflamatórios, antibióticos, quimioterápicos e coagulantes: uso em odontologia; Pacientes especiais fármacos-dependentes, condutas do profissional de odontologia; Tratamento das emergências médicas no consultório dentário; Interações medicamentosas de interesse do cirurgião- dentista. DENTÍSTICA – Diagnóstico e plano de tratamento em dentística; Preparo do campo operatório, isolamento relativo e absoluto do campo operatório – instrumental e técnica; Técnicas de aumento de coroa clínica, cirurgia de cunha distal e proximal, espaço biológico – conceitos e importância; Materiais dentários: resina composta, ionômero de vidro, compômeros, amálgama dentário e materiais utilizados na proteção do complexo pulpar; Clareamento dental. CIRURGIA – Períodos pré e pós- operatórios; Exodontia; Acidentes e complicações em cirurgia buco-maxilo-facial; Cirurgia dos dentes inclusos; Princípios gerais de traumatologia buco-maxilofacial; Tratamento cirúrgico das infecções orais bem como de cistos e tumores da cavidade oral; Cirurgia pré-protética; Instrumental cirúrgico; Anestesiologia; RADIOLOGIA- Princípios gerais de aplicação em odontologia; Conceito e física das radiações; Filmes e métodos de processamento radiográfico; Efeitos biológicos dos RX; Técnicas radiográficas intra e extra-orais; Métodos de localização radiográfica; Interpretação radiográfica das patologias orais; Novos métodos em imagenologia odontológica.

BIOSSEGURANÇA EM ODONTOLOGIA – Métodos de controle de infecção e esterilização; Proteção profissional e do paciente. OCLUSÃO – Fundamentos de oclusão e dos movimentos mandibulares; Classificação, diagnóstico e tratamento das disfunções têmporo- mandibulares. ÉTICA E LEGISLAÇÃO ODONTOLÓGICA – O código de ética odontológico.

MÉDICO-PSF: Cuidados gerais com o paciente em medicina interna; Doenças cardiovasculares: hipertensão arterial, cardiopatia isquêmica, insuficiência cardíaca, miocardiopatias e valvulopatias, arritmias cardíacas; Doenças pulmonares: asma brônquica e doença pulmonar obstrutiva crônica; embolia pulmonar; pneumonias e abscessos pulmonares; doença pulmonar intersticial; hipertensão pulmonar. Doenças gastrointestinais e hepáticas: úlcera péptica, doenças intestinais inflamatórias e parasitárias, diarreia, colelitíase, e colecistite, pancreatite, hepatites virais, e hepatopatias tóxicas, insuficiência hepática crônica, cirrose hepática, Doenças renais: insuficiência renal aguda, e crônica, glomerulonefrites, síndrome nefrótica, litíase renal, Doenças endócrinas: diabetes mellitus, hipotireoidismo e hipertireoidismo, tireoidite e nódulos tireoidianos, distúrbios das glândulas supra-renais, distúrbios das glândulas paratireoides; Doenças reumáticas: artrite reumatóide, espondiloartropatias, colagenoses, gota; Doenças infecciosas e terapia antibiótica: abordagem do paciente febril, malária, estreptococcias, endocardite infecciosa, estafilococcia, meningites, tétano, Febre tifoide, tuberculose, DST, leptospirose, resfriado comum, influenza, malária, micoses sistêmicas, herpes simples e vari cela- zoster, doença de Chagas, leishmanioses, sida e principais infecções oportunista; Distúrbios hidroeletrolíticos e acidobásico;. Exames complementares invasivos e não-invasivos de uso corriqueiro na prática clínica diária. Emergências clínicas. Neoplasias: rastreamento e história natural das neoplasias ginecológicas, próstata, cólon e pulmão; Relação médico-paciente; Pré e pós-operatório: avaliação pré-operatória, critérios e complicações da transfusão de hemoderivados, profilaxia e tratamento do tromboembolismo venoso; Pré – natal de baixo risco; Crescimento e desenvolvimento infantil e esquemabásico vacinal e políticas públicas de saúde.

MÉDICO: Fundamentos básicos: Interpretação do exame físico; Diagnóstico sindrômico; Interpretação de exames complementares básicos; Interpretação clinica do hemograma, diagnostico diferencial e tratamentos das anemias, leucopenías, policitemías, leucemias e linfoma; Diagnostico diferencial das linfadenopatias e esplenomegalias; Arritmias; Diagnostico diferencial das cardiomiopatias (restritiva congestiva e hipertrófica); Insuficiência cardíaca; Hipertensão arterial; Doenças coronarianas; Doença valvular cardíaca; Doenças da Aorta; Doença arterial periférica; Doença venosa periférica; Asma brônquica; Enfisema pulmonar; Bronquite crônica; Doença pulmonar obstrutiva crônica; Tabagismo; Pneumotórax; Doença pulmonar ocupacional; Doença intersticial pulmonar; Pneumonias; Síndrome de insuficiência respiratória; Tuberculose pulmonar – extra pulmonar, Câncer de pulmão; Trombo embolia pulmonar; Insuficiência respiratória aguda; Avaliação clinica da função renal; Importância clinica do exame simples de urina (EAS); Choque; Insuficiência renal aguda; Insuficiência renal crônica; Infecções urinárias; Doenças glomerulares; Nefrolitíase (uropatia obstrutiva); Doenças da próstata; Hemorragia digestiva; Doenças do esôfago; Doença úlcero-péptica; Gastrites. Doenças funcionais do tubo digestivo; Doença inflamatória intestinal; Má absorção intestinal; Diagnostico diferencial das diarreias e da síndrome disabsortiva; Parasitoses intestinais; Diarreia; Câncer do estômago; Câncer do cólon; Câncer do pâncreas; Pancreatites; Icterícias; Hepatites; Cirroses e suas complicações; Hepatopatia alcoólica; Hepatopatia induzida por drogas; Diagnóstico diferencial das icterícias e cirrose hepática; Tumores hepáticos; Doenças da vesícula e vias biliares; Diabetes mellitus; Diagnostico diferencial das dislipidemias; Obesidade e desnutrição; Hipertireoidismo; Hipotireoidismo; Alcoolismo; Doenças infectoparasitárias; AIDS e suas complicações; Doenças sexualmente transmissíveis; Dengue; Lesões elementares da pele; Manifestações cutâneas das doenças sistêmicas; Osteoporose; Osteoartrite; Febre reumática; Artrite reumatoide; Vasculites; Lúpus eritematoso sistêmico; Meningoencefalites; Doença de Parkinson; Acidente vascular cerebral.

FARMACEUTICO: Farmacologia – dinâmica de absorção, distribuição e eliminação de fármacos; Farmacodinâmica – mecanismos de ação das drogas e concentração da droga e seu efeito; Administração hospitalar: conceito, objetivo, classificação, estrutura organizacional; Farmácia hospitalar: histórico, conceito e objetivos, finalidades, tipologia, estrutura organizacional; Dispensação de medicamentos: individual, coletiva, por cota mista, dose sanitária, atendimento ambulatorial; Administração de materiais: calculo de estoque máximo e mínimo, ponto de requisição ou ressuprimento, controle de estoque por fichas ou processamento de dados, anál ise do consumo de medicamentos; Controle de qualidade: importância, procedimentos, medicamentos adquiridos, medicamentos produzidos na farmácia; Farmacovigilância: importância, objetivos e procedimentos; Farmácia clínica: objetivos, importância, orientação do paciente, integração com a equipe multiprofissional de saúde; Legislação Farmacêutica – Lei 3.820 de 11.11.60 – noções; Código de Ética Profissional – Resolução 290/90. Tópicos gerais – preparo de soluções; preparo de padrões para controle de qualidade; limpeza de material; sistema internacional de medidas; anticoagulantes; coleta de amostras Bioquímica – determinações bioquímicas; determinações enzimaticas; determinações das provas funcionais; elelioforese na bioquímica clínica; espectrofotometria; Hematologia – estudo dos glóbulos vermelhos; estudo dos glóbulos brancos; estudo das plaquetas; imuno-hematologia; Bacteriologia – meios de cultura; esterilação; coloração; coproculturas; orofaringeo (cultura do material); geniturinário (cultura de materia l); hemoculturas; antibiograma; Imunologia – reações de precipitação; reações de aglutinação; reações de hemolose; imunoensaios (técnicas); Parasitologia – protozoários intestinais; helmintos intestinais; hemoparasitas; parasito dos tecidos; técnicas laboratoriais; Urpanalise – caracteristicas físicas; pesquisa dos componentes anormais; sedimentoscopia; Parte Prática – Bacteriologia; cultura de urina, cultura das secreções orofaringeo; hemocultura; Técnicas sorologicas; precipitações; reações de hemoaglutinação. Parasitologia; método direto; sedimentação; conceituação; Bioquímica – determinações dos componentes orgânicos do sangue; determinações dos componentes inorgânicos do sangue; determinações das enzimas de imoportância química; Provas funcionais – função renal; função hepática; tolerância à glicose; Uroanalise – exame sumário; Hematologia – hemograma; eritrograma; leucograma.

ENFERMEIRO DO PSF: Ética e Código de Dentologia de Enfermagem; Lei do exercício profissional; Administração do serviço de enfermagem; Anatomia, Fisiologia, Microbiologia, Embriologia, Farmacologia e Imunologia humana; Assistência à mulher: reprodução humana, diagnóstico de gravidez, modificações fisiológicas e psicológicas na gestação, gravidez de baixo e alto ri sco, pré- natal, trabalho de parto e puerpério (normal e patológico) e amamentação; Assistência de enfermagem no Parto e Puerpério; Planejamento familiar, DST; Assistência ao recém-nascido normal e prematuro e ao recém nascido de alto risco; Patologias do recém- nascido; Puericultura, controle de crescimento e desenvolvimento, saúde do escolar e saúde do adolescente; Enfermagem em saúde pública: doenças prevenidas por imunização: vacinas, (rede de frio, via de administração, validade, rede de frio e esquema do M.S); Doenças transmissíveis: medidas preventivas, diagnóstico diferencial, fisiopatologia, tratamento, controle e epidemiologia; Assistência de enfermagem a portadores de problemas clínicos e cirúrgicos; Assistência de enfermagem no pré e pós-operatório; Assistência ao idoso; Assistência de enfermagem em psiquiatria; Atenção ao adulto: hipertensão arterial, Diabetes, noções de oncologia, Noções sobre doenças ocupacionais; Assistência de enfermagem ao paciente em situação de emergência/urgência; Administração do serviço de enfermagem: características, objetivos, planejamento, organização, comando, controle, a valiação e treinamento em serviço; Atuação do enfermeiro no controle e prevenção das infecções hospitalares; Limpeza, desinfecção e esterilização: Conceitos, procedimentos, cuidados, tipos de esterilização, indicações; Papel do enfermeiro no processo de ed ucação em saúde: importância, métodos, atuação, resultados; Consulta em enfermagem: Anamnese, exame físico, diagnóstico e tratamento de enfermagem; terminologia técnica, atribuições dos membros da equipe, saúde da família, programa de atenção básica amplia da (PSF), visita domiciliares, coeficiente e indicadores de saúde utilizados pela saúde pública.

ASSISTENTE SOCIAL: Direitos Humanos e Sociais; A Seguridade Social: princípios e prestações; a saúde; a Previdência Social. Constituição Federal; Lei Orgânica da Seguridade Social; Lei Orgânica da Assistência Social; A LOAS e o Serviço Social; SUAS; O Estado e Políticas Públicas; FNAS; Entidades e Organizações de Assistência Social; A profissão e a Lei do Assistente Social; Ética Profissional; Gestão de Projetos Sociais; Condições Sociais e população atendida pelos serviços sociais; Serviços sócias e cidadania; Trajetória histórica da gestão e da proteção social; Políticas Públicas e direitos; Participação social; Modalidades da gestã o social; Planejamento social; Rede Social; História do serviço social – a institucionalização e o processo de profissionalização do serviço social nos contextos sociais da América latina e do Brasil; surgimento do serviço social no Brasil e as influências europeias e norte- americanas; primeiras contribuições teóricas e principais autores; movimento de reconceituação na América latina e no Brasil; críticas à reconceituação; e o serviço social na atualidade; Fundamentos teóricos e metodológicos do serviço social – a influência das correntes teóricas e filosóficas na construção teórico-metodológica do serviço social; e questões teóricometodológicas atuais. Política social – a questão da assistência social, da cidadania e dos direitos sociais; o neoliberalismo e as políticas sociais; e políticas sociais brasileiras: assistência social, previdência social, criança e adolescente, pessoa idosa, pessoa portadora de deficiência, política nacional sobre drogas, política de assistência social das forças armadas, entre outras; Projetos sociais – planejamento, administração e avaliação. Fundamentos práticos do serviço social do CAPS – instrumental técnico para realização de atendimentos; elaboração de documentos técnicos; serviço social e interdisciplinaridade.

PSICOLOGO: Relações interpessoais e intergrupais; Processos de subjetivação e clínica; Psicopatologia; Subjetividade, política e exclusão social; Espaço psicossocial; Psicologia do desenvolvimento: fases evolutivas do desenvolvimento da criança e do adolescente; A adolescência; Abordagem cognitiva, afetiva, linguística e social; Processos cognitivos: aprendizagem, memória, percepção, pensamento e linguagem; Transtornos de Personalidade; Dependência Química; Gravidez e Maternidade na Adolescência; Distúrbios de Nutrição e de Alimentação na Adolescência; Família: As novas modalidades de família, metodologias de abordagem familiar; O Adolescente e a violência; Drogas lícitas e ilícitas; O poder dos grupos de jovens; Estatuto da Criança e do Adolescente; Projeto ProJovem Adolescente: Contextualização e características gerais do ProJovem Adolescente; Concepção metodológica das ações socioeducativas do ProJovem Adolescente: os coletivos juvenis no ProJovem Adolescente, eixos estrutura ntes do serviço socioeducativo; Síntese dos Ciclos do ProJovem Adolescente; Direitos Humanos e Cidadania: Lei nº. 10.639 de 09 de janeiro de 2003; Inclusão de “História e Cultura Afro?Brasileira” no Currículo Oficial da Rede de Ensino; Lei nº. 11.340, de 07 de agosto de 2006 (Lei Maria da Penha); Declaração dos Direitos Humanos; Técnicas e dinâmicas de grupo.

PARA OS CARGOS:

TÉCNICO EM ENFERMAGEM-PSF, AUXILIAR DA SAÚDE BUCAL, AUXILIAR DE ENFERMAGEM, AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE.

PORTUGUÊS: Ortografia oficial; Acentuação gráfica; Pontuação; Compreensão, interpretação e reescrita de textos e de fragmentos de textos, com domínio das relações morfossintáticas, semânticas, discursivas e argumentativas; Tipologia Textual; Coesão e coerência; Formação, classe e emprego de palavras; Significação de palavras; Figuras de Linguagem; Coordenação e Subordinação ; Concordância nominal e verbal; Emprego do sinal indicativo de crase; Regência Nominal e Verbal.

CONHECIMENTOS GERAIS E ATUALIDADES: Aspectos históricos, geográficos, políticos, econômicos e administrativos do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE; Atualidades: Assuntos relevantes nas áreas da: política, economia, sociedade, meio ambiente, saúde, educação, cultura, ciência e tecnologia do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro -PE

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE: SUS Legislação da Saúde: Constituição Federal de 1988 (Título VIII – capítulo II – Seção II); Lei n.º 8.142/90 e Lei n.º 8.080/90; Norma Operacional da Assistência à Saúde –2002 (revisada; Emenda Constitucional Nº 29/2000; Portaria nº399/GM, de 22/02/2006 (Pactos pela Vida, em Defesa do SUS); Sistemas de Serviços de Saúde: objetivos, macrofunção e características; Sistema de Saúde brasileiro: Modelos de Atenção e Vigilância da Saúde; Políticas de Saúde; Financiamento da Saúde.

CONHECIMENTO ESPECÍFICO

TÉCNICO EM ENFERMAGEM: Imunização: conceito, importância, tipos, principais vacinas e soros utilizados em saúde pública (indicação, contra-indicações, doses, vias de administração, efeitos colaterais), conservação de vacinas e soros (cadeia de frio); Doenças transmissíveis: agente, forma de transmissão, prevenção, sinais e sintomas, assistência de enfermagem e vigilância epidemiológica das principais doenças transmissíveis; Assistência de enfermagem à mulher: na prevenção do Câncer cérvicouteri no e de Mama, no Pré-natal no planejamento familiar; Assistência de enfermagem à criança: no controle do crescimento e desenvolvimento, no controle das doenças diarréicas, no controle das infecções respiratórias agudas (pneumonia, otites, amidali tes, infecções das vias aéreas superiores), no controle das principais verminoses, ascaridíase, oxioríase, estrogiloidíase, giard íase, amebíase e esquistossomose), na alimentação da criança (aleitamento materno e orientação para o desmame); Assistência de enfermagem ao adulto. Conceito, causas, sinais e sintomas, tratamento e assistência de enfermagem das patologias dos seguintes sistemas: Sistema cardiovascular, insuficiência cardíaca congestiva e hipertensão arterial; Sistema respiratório: asma e pneumonias. Sistema digestivo: gastrites e úlceras pépticas; Sistema andócrino: diabetes mellitus; Sistema neurológico: caracterização dos níveis de consciência e acidentes vascular cerebral; Sistema músculo-esquelético: traumatismos (distensão, entorços, subluxação e fraturas; Procedimentos básicos de enfermagem: verificação da pressão arterial, pulso, temperatura e respiração, curativos ( técnicas, tipos de curativos), administração de medicamentos (diluição, dosagem, vias e efeitos colaterais); Legislação em Enfermagem: Lei do exercício profissional; Conceitos matemáticos aplicados à prática profissional.

AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL: Higiene dentária; Técnicas auxiliares de odontologia; Preparação do paciente; Instrumentação; Manipulação de materiais e equipamentos; Preparo e isolamento do campo preparatório; Seleção de moldeiras e confecção de modelos; Revelação e montagem de radiografias; Conservação e manutenção dos equipamentos; Noções básicas de controle de infecções: micro-organismos, infecções cruzadas, assepsia e antissepsia; Desinfecção e esterilização; Noções de anatomia oral.

AUXILIAR DE ENFERMAGEM: Evolução da Enfermagem através da história; Princípios Éticos; Necessidades básicas do ser humano; Interação do homem com o meio ambiente; Agentes patogênicos; Medidas preventivas contra infecção: assepsia, antissepsia, desinfecção, processos de esterilização; A função do Auxiliar de Enfermagem na recuperação da saúde: Aspecto biopsicossocial; Assistência de Enfermagem: Sinais vitais, curativo, cateterismo, administração de medicamentos; Imunização: conceito, importância, tipos, principais vacinas e soros utilizados em saúde pública (indicação, contra indicações, doses via de administração, efeitos colaterais); Conservação de Vacinas de Soros (cadeia de frio); Assistência ao paciente sob os aspectos preventivo, curativo e de reabilitação; Unidade de enfermagem. Central de material. Assistência de enfermagem em clínicas: de doenças transmissíveis, obstétrica e ginecológica, pediátrica e psiquiátrica. Programa de Controle de Infecção Hospitalar.

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE: A assistência à saúde da mulher (pré-natal, preventivo do câncer do colo de útero e mama, planejamento familiar); Noções elementares referente a assistência à saúde da criança e do adolescente; Noções elementares referente a saneamento básico; Sistema a Único de Saúde – SUS – princípios e diretrizes; Noções elementares referente ao processo saúde e doença; Equipe de saúde; Noções elementares referente a assistência à saúde do adulto (problemas respiratórios, cardiológicos, diabetes mellitus, hipertensão arterial; noções elementares referente; Programa de Saúde da Família – estratégia de reorientação do modelo assistencial – Princípios e diretrizes (equipe mínima, territorialização, ); Programa de Agente Comunitário de Saúde; Atribuições do Agente Comunitário de Saúde – Lei 11.350; Noções elementares referente às Doenças Sexualmente Transmissíveis, tipos, forma de contágio e prevenção; Visita domiciliar (características e objetivos); SIAB – Sistema de Informação da Atenção da Atenção Básica – Fichas A, B, C, D, SSA2, PMA2; Cadastramento das famílias e o acompanhamento a gestante, hipertenso, diabético; Noções referente à doenças de notificação compulsória; Noções referentes o acompanhamento ao paciente com tuberculose e hanseníase; Nutrição, e Aleitamento Materno ,Noções elementares referente à Saúde Bucal

PARA OS CARGOS:

ENGENHEIRO CIVIL, ADVOGADO, MÉDICO VETERINÁRIO, TÉCNICO DE CONTROLE INTERNO.

PORTUGUÊS: Ortografia oficial; Acentuação gráfica; Pontuação; Compreensão, interpretação e reescrita de textos e de fragmentos de textos, com domínio das relações morfossintáticas, semânticas, discursivas e argumentativas; Tipologia Textual; Coesão e coerência; Formação, classe e emprego de palavras; Significação de palavras; Figuras de Linguagem; Coordenação e Subordinação ; Concordância nominal e verbal; Emprego do sinal indicativo de crase; Regência Nominal e Verbal.

CONHECIMENTOS GERAIS E ATUALIDADES: Aspectos históricos, geográficos, políticos, econômicos e administrativos do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE; Atualidades: Assuntos relevantes nas áreas da: política, economia, sociedade, meio ambiente, saúde, educação, cultura, ciência e tecnologia do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro -PE.

CONHECIMENTOS ESPECIFICOS:

ENGENHEIRO CIVIL: Projetos de obras civis; Projetos de Topografia; Planialtimentria; NBR13133/1994 – Execução de Levantamento Topográfico; Projetos Arquitetônicos; Execução e Projetos Estruturais (concreto, aço, madeira e rochas); Execução e Projetos de instalações hidrossanitárias e elétricas. Execução e projeto de Fundações e Contenções. Mecânica dos solos. Execução e Projeto de instalações especiais e Telefonia; Instalação de Elevadores; Execução e Projeto de Instalações de ventilação, exaustão e Ar condicionado; Execução e Projeto de instalações de Combate a Incêndio; Projetos de Estações de tratamento de água, estações de tratamento de esgoto, estações elevatórias de água e estações elevatórias de esgoto; Especificação normalizada de materiais e serviços; Propriedades dos materiais de construção civil; Programação de obras. Orçamento e composição de custos unitários, parciais e totais: levantamentos quantitativos; Planejamento e cronograma físico– financeiro: PERT–COM; Gerenciamento de obras. Construção. Procedimentos normalizados de: organização do canteiro de obras; execução de fundações (fundações rasas e fundações profundas); Vedações: Alvenarias e sistemas de vedações industrializados, vedações pré–moldadas; estruturas de concreto, aço e madeira; coberturas e impermeabilização; esquadrias; pisos e revestimentos; pinturas, instalações (água, esgoto, eletricidade; telefonia; instalações especiais); fiscalização de obras; acompanhamento da aplicação de recursos (medições, emissão de fatura etc.); co ntrole de materiais (cimento, agregados, aditivos, concreto usinado, aço, madeira, materiais cerâmicos, vidro, etc.); controle de execução de obras e serviços terceirizados; Hidráulica e Hidrologia; Irrigação e drenagem, barragens, canais; Solos e obras de terra (barragens, estradas, aterros etc.); Saneamento básico e saneamento ambiental (disposição de resíduos, aterros sanitários etc.); Obras de Infraestrutura urbana e rural; Estradas e pavimentação rígida e flexível; Terraplenagem; Legislação e Engenharia legal; Legislação Ambiental; Licitações e contratos; Legislação específica para obras de engenharia civil; Vistoria e elaboração de pareceres; Princípios de planejamento e de orçamento público; Elaboração de orçamentos; Normas Regulamentadoras de Saúde e segurança no trabalho; Noções de geoprocessamento; Engenharia de Avaliação: Noções da normalização de Avaliação de imóveis urbanos; Normas de desenho técnico; desenho auxiliado por computador – AutoCAD; Procedimentos de construção civil de acordo com as normas da ABNT; Normalização de serviços.

ADVOGADO: Direito Administrativo: Direito Administrativo e administração pública; Princípios constitucionais do Direito Administrativo brasileiro; Poderes e deveres dos administradores públicos; Poder de polícia; Ato administrativo; Contratos administrativos; Resolução normativa do Sistema “S” nº 1102/06; Serviços Públicos; Concessão e permissão de serviços públicos Administração direta e indireta; Responsabilidade civil do Estado; Servidores públicos; Intervenção do Estado na propriedade; Desapropriação; Atuação do Estado no domínio econômico; Controle da Administração Pública; Bens públicos; Direito Civil: Lei de Introdução ao Código Civil; Das pessoas naturais e jurídicas; Dos bens; Dos Fatos Jurídicos; Do negócio jurídico, dos atos jurídicos lícitos, dos atos ilícitos; Da prescrição e decadência; Da prova; Do direito das obrigações; Das modalidades das obrigações; Da transmissão das obrigações; Do adimplemento, inadimplemento e extinção das obrigações; Teoria geral dos contratos; Das várias espécies de contrato; Dos atos unilaterais; Dos contratos especiais; Contratos: Disposições gerais; Contratos preliminares; Formação e extinção dos contratos; Distrato; Vícios redibitórios; Evicção; Contratos aleatórios; Cláusula resolutiva; Exceção de contrato não cumprido; Resolução por onerosidade excessiva Espécies de contratos: compra e venda, troca, contrato estimatório, doação, locação, empréstimo, prestação de serviço, empreitada, depósito, mandato, comissão, agência e distribuição, corretagem, transporte, se guro, constituição de renda, fiança, transação, compromisso; Títulos de crédito. Indenização. Dano material e dano moral. Preferências e privilégios creditórios. Direito de empresa. Empresário. Sociedade: não personificada e personificada; Espécies; Estabelecimento; Falência e concordata; Organização das empresas: sociedades anônimas, responsabilidade limitada, consórcio, sociedades de propósitos específicos; Responsabilidades, direitos e obrigações dos sócios e dos administradores; Sociedade por ações: espécies e características de ações previstas na legislação; Aspectos relacionados ao exercício social e demonstrações financeiras. Critérios de avaliação de ativos e passivos. Direito Processual Civil: Teoria Geral do Direito Processual; Princípios gerais, fontes e interpretação do direito processual civil. Jurisdição, ação, processo e atos processuais; Processo de conhecimento; Procedimento ordinário e sumário; Das provas; Sentença e coisa julgada; Execução; Teoria geral da execução, liquidação de sentença, espécies de execução, defesa do executado, suspensão e extinção da execução; Processos nos Tribunais; Ação rescisória, declaração de inconstitucionalidade, uniformização de jurisprudência, recursos; Ação cautelar; Mandado de segurança; Ação popular; Direito do Trabalho: Parte geral: evolução histórica, denominação, conceito, fontes; Do contrato individual de trabalho; Do empregado e empregador; Da remuneração; Da alteração do contrato de trabalho; Da suspensão, interrupção, cessação; Do aviso prévio; Da organização sindical; Do contrato coletivo de trabalho; Das convenções coletivas de trabalho; Direito Processual do Trabalho: Conceito e princípios; Formas de solução de conflitos trabalhistas; Organização da Justiça do Trabalho; Competência; Atos, termos e prazos processuais; Nulidades; Partes, representação e procuradores; Ação trabalhista; Distribuição; Audiência; Resposta do réu; Das provas; Procedimento sumaríssimo ; Sentença; Recursos; Procedimentos Especiais; Medidas Cautelares; Dissídios Coletivos; Execução.

MÉDICO VETERINÁRIO: Anatomia, Fisiologia e Patologia dos animais domésticos (pequenos, médios e grandes) de interesse na produção de alimentos de origem animais; sanidade animal: enfermidade que acontecem os animais; procedimentos de diagnósticos , prevenção e controle. Inspeção sanitária dos produtos de origem animal como fator de qualidade; boas práticas de fabricação e análise de perigos e pontos críticos de controle; higiene e tecnologia dos produtos de origem animal e seus requisitos regulamentares ; água de abastecimento e sua significação higiênica nos produtos de origem animal; Legislação Federal e procedimentos de inspeção e controle; enfermidades do homem transmitidas através dos alimentos de origem animal; padrão de identidade e Qualidade dos produtos de origem animal; desenvolvimento de programas de saúde animal; legislação de defesa sanitária animal; conhecimentos básicos de epidemiologia; análise de risco; bioestatística; principais programas de erradicação de doenças em execução no país; doenças nas listas A e B do Escritório Internacional de Epizootias (OIE); clínica médica; enfermidades transmissíveis; métodos de amostragem e análise de produtos de origem animal; legislação Federal sobre reprodução animal; controle de produtos veterinários; conhecim entos sobre organismos e Fóruns Internacionais (OIE, OMC, FAO, ETC…); noções básicas sobre normas e procedimentos operacionais em vigilância agropecuária nacional. Saúde Pública e principais zoonoses; normas e procedimentos do responsável técnico; vigilân cia sanitária. Acidentes com animais peçonhentos.

TÉCNICO DE CONTROLE INTERNO: Contabilidade geral: Patrimônio ativo, passivo, situação líquida, representação gráfica; Contas: conceito, classificação, funções e teoria personalísticas; Registro dos fatos administrativos: sistemas e métodos de escrituração; Títulos créditos: nota promissória, letra de câmbio, cheque, duplicatas, “warrant” e conhecimento de depósito; Livros de escrituração: obrigatórios e facultativos, fundamentais e auxiliares, cronológicos e sistemáticos; Endosso: aval, fiança, projeto e aceite; Abertura da escrita: firmas individuais e coletivas; Operações usuais do comércio; Balancetes, encerramento de contas; Balanços gerais: demonstração de lucros e perdas, padronização; Noções de contabilidade pública: Conceito, objeto e regime; Campo de aplicação; Legislação básica (Lei nº 4.320/64 e Decreto 93.872/86). Receita e despesa pública: conceito, classificação econômica e estágios; Receitas e Despesas orçamentárias e extra-orçamentárias: interferências passivas e mutações ativas; Plano de contas da Administração Federal: conceito, estruturas e contas do ativo, passivo, despesa, receita, resultado e compensação; Tabela de Eventos: conceito, estrutura e fundamentos lógicos; Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal – SIAFI: conceito, objetivos, principais documentos; Balanços financeiro, patrimonial, orçamentário e demonstrativo das variações de acordo com a Lei nº 4.320/64. Organização administrativa e contábil federal; contas na contabilidade pública: exercício financeiro; orçamento e créditos adicionais; receita pública; dívida pública; depósitos e cauções, movimento de fundos; Licitações: Lei 8.666 de 21/06/93 e modificações; Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº 101/2000).

PARA OS CARGOS:

PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL DO 6º AO 9º ANO, PROFESSOR DE ENSINO INFANTIL, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL DE 1ª A 4ª SERIE E/OU 1º AO 5º ANO

PORTUGUÊS: Ortografia oficial; Acentuação gráfica; Pontuação; Compreensão, interpretação e reescrita de textos e de fragmentos de textos, com domínio das relações morfossintáticas, semânticas, discursivas e argumentativas; Tipologia Textual; Coesão e coerência; Formação, classe e emprego de palavras; Significação de palavras; Figuras de Linguagem; Coordenação e Subordinação; Concordância nominal e verbal; Emprego do sinal indicativo de crase; Regência Nominal e Verbal.

CONHECIMENTOS GERAIS E ATUALIDADES: Aspectos históricos, geográficos, políticos, econômicos e administrativos do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE; Atualidades: Assuntos relevantes nas áreas da: política, economia, sociedade, meio ambiente, saúde, educação, cultura, ciência e tecnologia do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro -PE

CONHECIMENTOS PEDAGOGICOS: CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS: Lei 9394/96 (LDB); Diretrizes Curriculares Nacionais; Parâmetros Curriculares Nacionais; Concepções e Tendências Pedagógicas Contemporâneas: Projeto Pedagógico Tradicional, Projeto Pedagógico Escola Nova, Projeto Pedagógico Tecnicista, Projeto Pedagógico Progressista; Concepções da teoria sócio-construtivista; Planejamento Escolar Elaboração de planos de ensino e de projetos; O planejamento escolar como organizador da ação educativa; Contribuições da Psicologia para o processo de ensino aprendizagem na Educação; Avaliação Escolar (concepções, funções, instrumentos). A Escola e sua função social. Novas Tecnologias (função e apoio na prática pedagógica). Processo de e nsino aprendizagem nas dimensões cognitiva, socioafetiva e Cultural. Gestão Escolar e Processo Político Pedagógico numa perspectiva de inclusão, autonomia e qualidade social. Constituição de competências e processo de avaliação da aprendizagem. Lei 10.639/2003 , que trata do ensino obrigatório da História da África e da Cultura Afro-Brasileira nas redes de educação básica, públicas e privadas. Legislação da EJA (Decreto nº 4834 de 08/09/2003; Decreto nº 5475 de 22/06/2005; Portaria 2645 de 22/09/2003; Portaria 602 de 07/03/2006 e Portaria 1352 de 20/07/2006). Lei 11.494 de 20 de junho de 2007 (FUNDEB). Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos – 2007.

CONHECIMENTOS ESPECIFICOS:

PORFESSOR DE PORTUGUÊS: Interpretação de texto; Significação das palavras: sinônimos, antônimos, sentidos próprio e figurado; Ortografia; Pontuação; Acentuação; Emprego das classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, artigo, verbo, advérbio, preposição, conjunção (classificação e sentido que imprime às relações entre as orações); Concordâncias verbal e no minal; Regências verbal e nominal; Crase. Figuras de sintaxe; Vícios de linguagem; Equivalência e transformação de estruturas; Flexão de substantivos, adjetivos e pronomes (gênero, número, grau e pessoa); Processos de coordenação e subordinação; Sintaxe; Morfolo gia; Estrutura e formação das palavras; Discursos direto, indireto e indireto livre; Processos de coordenação e subordinação; Colocação pronominal; Equivalência e transformação de estrutura.

PORFESSOR DE MATEMÁTICA: PROPORCIONALIDADE, JUROS, PORCENTAGENS E MÉDIAS: Conceito de Razões e Proporções: Proporções Contínuas, cálculo de termos desconhecidos de uma proporção; Divisão em parte direta e inversamente proporcional; Regra de três simples e composta; Probabilidade; Números e Operações; Problemas abertos e situações probl emas relacionados à álgebra e aritmética; Frações e Dizimas periódica; Cálculo de médias: Aritmética, Ponderada, Geométrica e Harmônica; TEORIA DOS CONJUNTOS: Conjuntos Numéricos, Conjuntos Naturais, Conjuntos dos Inteiros, Conjuntos dos Racionais, Conjuntos dos Reais, Conjuntos dos Complexos; FUNÇÕES: Conceito de funções: domínio, imagem, contradomínio, notação, funções numérica. Funções elementares e funções definidas por várias sentenças; Operações com função; Composição de funções; Classificação de funções; Polinômios: função polinomial; Equações, inequações e sistemas de 1º e 2º graus; Equações redutíveis ao 1º e 2º graus; Funções lineares quadráticas e valor absoluto; Funções exponencial e logarítmica; Progressão Geométrica e Progressão Aritmética; Análise combinatória e binômio de Newton; Matrizes, determinantes e sistemas de equações lineares; Introdução à geometria, ângulos, triângulos, polígonos, circunferência e círculo; Área das superfícies planas e área e volumes dos sólidos usuais; Geometria no espaço: Postulado da reta e do plano, Intersecção de planos; Paralelismos e perpendicularismos de retas, de planos, de retas e planas; Poliedros, poliedros conexos regulares; Relação de Euller; Prismas e pirâmides: conceito, elementos, classificação, transversais, troncos e relações métricas; Cilindro e Cone: Conceitos, elementos, plano secante, parte da esfera e relações métricas; Sólidos Gerados; funções trigonométricas, equações trigonométricas e resolução de triângulos; Estudo analítico da reta, circunferência, elipse, parábola hipérbole; Questões educacionais relacionadas a ensino e aprendizagem da Matemática; PCN’s e orientações curriculares nacionais.

PORFESSOR DE HISTÓRIA: HISTÓRIA GERAL: A economia da antiguidade oriental; Aspectos econômicos, políticos, sociais e culturais das civilizações egípcia e mesopotâmica; As civilizações da antiguidade clássica: aspectos econômicos, políticos, sociais e culturais; A formação da sociedade medieval: as invasões bárbaras e suas consequências, a economia e a sociedade feudais; O papel da igreja nessa sociedade; as civilizações bizantina e muçulmana; a decadência do feudalismo; O renascimento e suas manifesta ções nas artes e nas ciências; A ilustração; as reformas religiosas do século XVII; A expansão marítima-comercial e a posse da América pelos europeus; A ação colonizadora das nações europeias nesse continente; a formação do Estado moderno e o absolutismo; Os fundamentos do iluminismo e as revoluções burguesas na Inglaterra e na França; As etapas da revolução francesa e o governo de Napoleão Bonaparte; O processo de independência das colônias europeus da América; Os problemas enfrentados pelas nações americanas no Século XIX; A guerra da sucessão; os avanços da ciência e da tecnologia e a revolução industrial; consequências sociais e políticas; A burguesia industrial e o proletariado; A expansão do capitalismo europeu na Ásia e África; A concordância impe rialista, a questão do nacionalismo e a guerra de 1914-18; As ideias socialistas e a revolução de 1917 na Rússia; O fascismo, o nazismo e a segunda guerra mundial; A descolonização na África e Ásia; A Revolução Chinesa e o desenvolvimento do Japão; Conflitos e contradições na segunda metade do século XX; A norma ordem mundial; as diversas manifestações culturais do século XX. HISTÓRIA DO BRASIL: Características da organização econômica e social dos povos que viviam no Brasil antes da chegada do europeu; os fundamentos da colonização portuguesa; as formas do controle administrativo adotadas na colônia por Portugal; As disputas entre as metrópoles europeias e a presença holandesa no Nordeste; A penetração nos sertões pela pecuária e a procura por metais preciosos; a importância da mineração no século XVIII; As manifestações culturais no Brasil colônia; A crise no sistema colonial e os movimentos precursores da independência; a decadência da mineração e a inconfidência mineira de 1789; A conjura ção baiana de 1798; O processo da independência: transferência do governo português para o Brasil; Revolução pernambucano de 1817; Reflexo no Brasil da revolução de 1820 em Portugal; A independência do Brasil; O primeiro reinado; situação econômica, crises políticas e revoltas internas; Política externa; A instabilidade do período regência e as diversas revoltas desse período; O Segundo Reinado: A expansão da lavoura cafeeira e sua consequência, política interna e externa; Atuação do Brasil na região platina; O longo processo de abolição da escravatura, a crise da monarquia e a proclamação de republica; A cultura brasileira no século XIX; O período Getulista; O Estado Novo e os reflexos da Segunda Guerra mundial no Brasil; Característica da republica brasileira no período de 1946 a 1964; Os fundamentos do populismo e os principais aspectos da crise de 1964; A Republica autoritária d e 1964 a 1985 e chamado Milagre Econômico; A luta pela abertura política e a Republica Brasileira hoje; A cultura brasileira no século XIX, Globalização, meios de comunicação, violência urbana, dominação política no Brasil contemporâneo.

PORFESSOR DE GEOGRFIA: O PLANETA TERRA: Coordenadas geográficas, representações geográficas, principais movimentos e consequências; A ATMOSFERA, OS CLIMAS E A VEGETAÇÃO: estrutura, composição e importância da atmosfera; Elementos, fatores e tipos climáticos; As formações vegetais e o clima; Zonas bioclimáticas; A LITOSFERA: Estrutura interna da terra; As placas litosféricas; Relevo terrestre: Agentes endógenos e exógenos; Principais tipos de relevo, o relevo submarino; Rochas e solos: tipos, principais características; A HIDROSFERA: Distribuição das águas oceânicas; O ciclo hidrológico; Os principais movimentos do mar, Principais unidades do relevo submarino, Elementos determinantes da região de um rio, principais bacias hidrográficas do mundo; A POPULAÇÃO MUNDIAL: Crescimento e distribuição da população mundial, estrutura da população, migrações, população urbana e rural, urbanização; ATIVIDADES AGRÍCOLAS: Agricultura comercial e de subsistência no mundo tropical, Agricultura moderna nos países desenvolvidos, Pecuária; Impactos ambientais das atividades agrícolas; Extrativismo vegetal e mineral; AS ATIVIDADES INDUSTRIAIS E AS FONTES DE ENERGIA: Evolução da atividade industrial, fatores condicionadores das grandes concentrações industriais, Principais tipos de indústria, Relação entre as atividades industriais e as principais fontes energéticas; impactos ambientais causados pela atividade industrial e pela produção de energia; A ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO BRASILEIRO: Os principais aspectos do quadro natural brasileiro, Os domínios morfoclimáticos, as pressões antrópicas sobre os grandes biomas brasileiros, a população brasileira, a urbanização brasileira, Impactos ambientais da urbanização; A industrialização do Brasil; A economia agrária brasileira; Problemas da agricultura brasileira; O comércio interno e externo brasileiro; A divisão regional do Brasil; as grandes regiões brasileiras: aspectos naturais e socioeconômicos; O Nordeste brasileiro.

PORFESSOR DE CIENCIAS: AR, ÁGUA, SOLO, ECOLOGIA/PROGRAMAS DE SAÚDE; O UNIVERSO: Como tudo começou; O Sistema Solar, O Planeta Terra; AR ATMOSFÉRICO: Características do Ar Atmosférico, Propriedades do Ar, Os Componentes do Ar, A Atmosfera, Pressão Atmosférica, Meteorologia, Poluição da Atmosfera; A ÁGUA NA NATUREZA: Conheça a água, Estados físicos da água, A água no meio ambiente, A pressão da água, A água, o homem e o ambiente, A água e a saúde; A CROSTA TERRESTRE: As rochas, O solo;, Erosão e queimadas, O solo e a saúde, ECOLOGIA: O que é ecologia, Cadeia alimentar, HIGIENE E SAÚDE: Saúde e doença, Preservação da saúde, ORIGEM DA VIDA E EVOLUÇÃO: Matéria viva e matéria bruta, A evolução dos seres vivos, FORMAS DE VIDA MAIS SIMPLES: Os Vírus, Reino Monera, Reino Protista (Filo Protozoa), Os Fungos; O REINO DAS PLANTAS: As Algas, Vegetais Inferiores, Vegetais Superiores, Fisiologia Vegetal, Órgãos Reprodutivos dos Vegetais Superiores; REINO ANIMAL: Animais Inferiores, Vermes Liso-Anelados e animais de corpo mole, ARTRÓPODES; Equinodermos; Cordados; Anfíbios; Repteis; Aves; Mamíferos; ECOLOGIA: Os Seres Vivos no Ecossistema, Habitat, Populações e Comunidades, Relações entre os seres vivos, Equilíbrio ecológico, NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO DO CORPO HUMANO: Da célula ao organismo: Citologia; Histologia, Funções de Nutrição, Alimentos, Saúde e Alimentação, Anatomia e Fisiologia dos Sistemas, Funções de Relação, Sistema de Sustentação, Sistema Muscular, Os Sentidos, Sistemas de Coordenação e Controle, Sistema Reprodutor e Reprodução Humana, O Corpo: desenvolvimento e maturidade, A Química da célula Viva: Água, sais minerais, carboidratos, lipídios, proteínas, enzimas, ácidos nucléicos; Célula: Conceito, Características gerais, Membranas e parede, Citoplasma e organelas, núcleo e componentes nucleares, Superfície celular e as trocas entrem a célula e o meio extracelular, Obtenção e utilização de energia pelas células; Digestão intracelular, Processos de síntese e secreção celular, Reprodução, Tecidos: Conceito – Tecidos animais: epitelial, conjuntivo, muscular e nervoso – Tecidos vegetais: meristemático, de revestimento, sustentação, condução, proteção, transporte e parênquima; As Grandes Funções Vitais: Nutrição e digestão, Circulação e transporte, Respiração, Excreção, Sistema de proteção sustentação e locomoção, Sistemas integradores, Reprodução e desenvolvimento ontogenético, Os sentidos; Ecologia: Associação entre os seres vivos, Ecossistemas e seus componentes, Dinâmica populacional, Ciclos biogeoquímicos, Os grandes biomas brasileiros, Fatores de desequilíbrio ecológico; Genética: Conceitos básicos, Heredogramas, Leis de Mendel: problemas, Retrocruzamentos, Alelos múltiplos: problema, Grupos sanguíneos: ABO, MN, fator RH: problemas; Interação gênica: problemas; A herança do sexo: problemas; Determinação do sexo; Linkage e o mapeamento genético; Crossing-over; problemas; Aberração cromossômica; Cariótipo; Fórmulas cromossômicas; Mutações; Genes letais e genes subletais: problemas; Evolução: Origem da vida; Evidências da evolução; Principais teorias da evolução; Mecanismos da evolução; A formação de novas espécies; Evolução dos vertebrados; Evolução do homem; Noções de probabilidade; Noções de genética da população; Higiene e Saúde: Principais endemias do Brasil e seu controle; Doenças se carência; Taxonomia: Classificação natural e artificial; Sistemas de classificação dos seres vivos em uso corrente; Regras de nomenclatura. Zoologia: Características gerais e classificação dos principais filos de animais; Botânica: Características gerais e classificação dos principais grupos de vegetais.

PORFESSOR DE INGLÊS: Verbo To be (presente/passado); Pronomes, Reflexivos, Relativos, Interrogativos, Demonstrativos, Indefinidos e Possessivos; Adjetivos Possessivos; Artigos; Substantivos: Gênero e Numero; Caso Genitivo; Adjetivos: Noções Gerais; Grau dos Adjetivos; Uso de How Much e How Many; Preposições: In, On, At, By, To, From, With; Tempos Verbais: Simple Present, Simple Past, Simple Future, Present Perfect, Past Perfect; Passado dos Verbos Regulares e Irregulares; Presen t Continuous, Past Continuous; Futuro Imediato; Tag Questions; Verbos Modais; If Clauses. Voz Ativa e Voz Passiva; Números Cardinais e Ordinais; Formação dos Advérbios.

PORFESSOR DE EDUCAÇÃO FISICA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FISÍCA NO BRASIL: Fases da Educação Física no País; EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: Metodologia, Avaliação, Cultura Corporal; Emprego da neuromuscular, Estrutura e Funções Pulmonares; Permuta e transporte de gases; O sistema cardiovascular; Capacidade funcional do sistema cardiovascular; Músculo esquelético (estrutura e função); TREINAMENTO DESPORTIVO E ATIVIDADES FISÍCAS: Etapas da preparação desportiva; A periodização do treinamento; Velocidade motora; Resistência motora; Força motora; Flexibilidade; Coordenação; Equilíbrio motor; Capacidade de inteligência motora; Aprendizagens de habilidades motoras; PSICOLOGIA DO ESPORTE: Atenção; Concentração; Motivação; Personalidade; Agressão; Emoção; Estresse; Liderança; Desportos: Futsal, Futebol, Voleibol, Handebol, Basquetebol, Ginástica, Natação, Judô.

PORFESSOR DE ARTES: FUNDAMENTOS DO ENSINO DA ARTE – O significado da Arte na Educação, A importância da Criação Artística Reconhecida Historicamente (obra de arte) na Educação Escolar; METODOLOGIA DO ENSINO DA ARTE – Tendências Pedagógicas: Tradicional, Escola Nova, Tecnicista e Crítico-Social; HISTÓRIA DA ARTE-EDUCAÇÃO NO BRASIL – Movimento Escolinha de Arte, Educação Artística: Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional Nº 5692117, Movimento de Arte- Educação, Proposta de Ensino de Arte (nova LDB); LINGUAGENS ARTÍSTICAS – Artes plásticas, Teatro e Música. PORFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL 1ª A 4ª SÉRIE E/OU 1° AO 5º ANO; Educação Infantil; objetivos, funções básicas e concepção atual; Teorias da Aprendizagem: Piaget e sua Teoria Psicogenética; Vygotsky: a interação social e o desenvolvimento cognitivo; A ação educativa na educação infantil: currículo, planejamento, avaliação, relatórios, reuniões; A organização das atividades no tempo; Aspectos gerais do desenvolvimento infantil; O papel do professor de educação infantil; Fundamentos e metodologias da alfabetização; Relação entre Sociedade e Educação; O educador e o trabalho pedagógico escolar; O significado do “aprender” e do “aprender a aprender”; A escola como organização; Saberes necessários à Educação; Planejamento e Avaliação de ensino nos anos iniciais do Ensino Fundamental; Organização do trabalho pedagógico; Diretrizes Curriculares para o Ensino Fundamental.

PORFESSOR DE ENSINO INFANTIL: Processo de Ensino e de Aprendizagem e as Teorias de Aprendizagem. Relação professor/aluno; Os métodos de ensino; Processo didático pedagógico: planejamento – organização – execução e avaliação da aula; As teorias em educação: Piaget/Vygotsky e Wallon; Instrumentos de Planejamento das Ações Educativas: Projeto Educativo/Proposta Pedagógica/Plano Escolar/Plano de Ensino; O trabalho coletivo como princípio educativo; Inclusão Escolar. Eixos Norteadores da Política Educacional; A autonomia e a participação como finalidade da educação – a gestão democrática na escola; A organização e o funcionamento das escolas de Educação infantil e Ensino Fundamental; O lúdico na educação: a questão da afetividade, do jogo e da brincadeira; Organização curricular interdisciplinar; Legislação e Documentos: LDB/Estatuto da Criança e do Adolescente/Constituição da República Federativa do Brasil/Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil/ Parâmetros Curriculares Nacionais.

PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL DE 1ª A 4ª SERIE E/OU 1º AO 5º ANO: Conhecimentos Básicos em História: História do Brasil; A colonização Portuguesa: aspectos sociais, econômicos e políticos; A Escravidão Indígena e Africana, Império e República; História do Pernambuco, A população indígena; Geografia: Geografia do Brasil – o território brasileiro – regionalização do espaço brasileiro; Geografia do Pernambuco e seus aspectos socioeconômicos, naturais e regionais do seu território; A leitura do espaço geográfico: paisagem, território e lugar; Ciências: Meio ambiente: água, solo e ar; seres vivos: reinos da natureza; o corpo biológico; Contextualização da Educação: Resgate Histórico; fundamentos filosóficos e sociológicos que embasam a prática do professor; A formação do educador de educação básica; As novas tecnologias de educação; Aspectos legais: Constituição Federal de 1988; Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional; Estatuto da Criança e do Adolescente; professor de Educação Fundamental e as Práticas de Ensino na sala de aula: A metodologia e Ensino de Ciências Naturais; A metodologia e Ensino de História e Geografia; A metodologia e Ensino de Língua Portuguesa; A metodologia e Ensino de Matemática; A metodologia e Ensino de Arte; A metodologia e Ensino de Alfabetização; Ensino e aprendizagem e as questões sociais; A influência da família no processo de ensino e aprendizagem; A questão da inclusão; Projeto político pedagógico; Inclusão; As questões lúdicas na educação.

PARA OS CARGOS:

TÉCNICO AGRICÓLA, TÉCNICO EM CONTABILIDADE, DESENHISTA, INSTRUTOR DE MÚSICA, RECEPCIONISTA, AUXILIAR DE BIBLIOTECA, AGENTE ADMINISTRATIVO, ARQUIVISTA, ALMOXARIFE.

PORTUGUÊS: Ortografia oficial; Acentuação gráfica; Pontuação; Compreensão, interpretação e reescrita de textos e de fragmentos de textos, com domínio das relações morfossintáticas, semânticas, discursivas e argumentativas; Tipologia Textual; Coesão e coerência; Formação, classe e emprego de palavras; Significação de palavras; Coordenação e Subordinação; Concordância nominal e verbal; Emprego do sinal indicativo de crase; Regência Nominal e Verbal.

CONHECIMENTOS GERAIS E ATUALIDADES: Aspectos históricos, geográficos, políticos, econômicos e administrativos do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE; Atualidades: Assuntos relevantes nas áreas da: política, economia, sociedade, meio ambiente, saúde, educação, cultura, ciência e tecnologia do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE

QUESTÕES DE INFORMÁTICA: Noções básicas de informática. Windows. Word. Excel. . Power Point. 6. Conceito de internet e intranet. Ferramentas e aplicativos de navegação. Acesso à distância a computadores, transferência de informação e arquivos, aplicativos de áudio, vídeo, multimídia. Conceitos de proteção e segurança. Noções básicas do funcionamento do Computador. Conceitos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. Hardware e de software. Organização e gerenciamento de arquivos, pastas e programas, instalação de periféricos.

CONHECIMENTOS ESPECIFICOS:

TÉCNICO EM CONTABILIDADE: Contabilidade Pública: Lei nº 4.320/64, de 17 de março de 1964 e suas alterações; Atos e fatos administrativos: conceitos, fatos permutativos, modificativos e mistos; Contas: conceitos, contas de débitos, contas de créditos e saldos; Plano de contas: conceitos, elenco de contas, função e funcionamento das contas; Regime de Competência e Regime de Caixa; Critérios de avaliação do Ativo e do Passivo; Escrituração: conceitos, lançamentos contábeis, elementos essenciais, fórmulas de lançamentos, livros de escrituração, métodos e processos; Contabilização de operações contábeis diversas: juros, descontos, tributos, aluguéis, variação monetária/cambial, folha de pagamento, compras, vendas e provisões, depreciações e baixa de bens; Análise e conciliações contábeis: conceitos, composição de contas, análise de contas, conciliação bancária; Balancete de verificação: conceitos, modelos e técnicas de elaboração; Noções de finanças; Contabilidade Pública: Administração pública, Receita pública, Despesa pública, Prática de escrituração; Orçamento Público: Conceito; Instrumentos Básicos de Planejamento; Princípios Orçamentários; Técnicas de Elaboração Orçamentária; Recursos para execução dos programas: Exercício Financeiro; Créditos Orçamentários; Créditos Adicionais; Descentralização de Créditos. Lei orgânica do Município de Cedro – PE.

TÉCNICO AGRICÓLA: SOLO: Constituição; Principais propriedades físicas e químicas, Importância da matéria orgânica, Água e solo; FERTILIDADE E ADUBAÇÃO: Elementos essenciais às plantas; Sintomas de deficiência e excesso dos principais nutrientes nas plantas; Corretivos e fertilizantes – finalidade, emprego, identificação dos principais tipos, Cálculos de misturas; CONSERVAÇÃO DO SOLO: Erosão – efeitos nocivos e controle; Demarcação de curvas de nível; IRRIGAÇÃO E DRENAGEM: identificação dos principais tipos de irrigação e empregos; Importância e emprego da drenagem; SEMENTES: Qualidade de uma boa semente; Cuidados com o armazenamento; Testes de germinação e amostragem importantes para a determinação da qualidade; SEMENTEIRAS E VIVEIROS: Técnicas de construção de canteiros; Fumigação de leitos; Produção de mudas – semeadura, repicagem, raleamento e transplantio; Produção de mudas em copinhos de papel e bolsas plásticas; Técnicas de propagação vegetativa; Enxertia – identificação de tipos e usos; POMARES E HORTAS: Instalação e cuidados com uma horta e pomar; Classificação de pomares e hortas; Poda de plantas frutíferas; PAISAGISMO: Identificação e controle das principais ervas daninhas; Principais tratos culturais em plantas ornamentais; FITOTECNICA: identificação e uso dos principais equipamentos e ferramentas destinados aos cuidados com as plantas nas hortas, pomares e paisagismo; DEFENSIVOS AGRÍCOLAS: Identificação e noções sobre grau de toxidade, Técnicas de aplicação: cuidados, época, intervalo e equipamentos de aplicação e proteção; TECNOLOGIA DA PRODUÇÃO (noções gerais): Agricultura especial – cana- de-açúcar, milho, feijão, macaxeira e batata-doce, hortaliças: tomate, pimentão, alface, repolho, beterraba, cenoura, cebola e coentro; Fruticultura – abacaxi, mamão e banana. ZOOTECNIA ESPECIAL (noções gerais sobre o manejo): apicultura.

DESENHISTA: Desenho básico de projeto: formatos, escalas, símbolos e convenções; Normas ABNT; Representação de projetos; Projetos de modificação e acréscimos; Elementos básicos do projeto: etapas de projeto, plantas baixa e de situação, fachadas, cortes e detalhes; Noções de topografia; Levantamento arquitetônico e urbanístico; Locação de obras; Tecnologia das construções; Conhecimento dos sistemas AUTOCAD e Corel Draw; Conhecimentos sobre atividades específicas de acordo com a descrição do cargo.

INSTRUTOR DE MÚSICA: Os Parâmetros Curriculares Nacionais e o ensino de Música; Métodos Ativos de educação Musical; A música na Escola Brasileira; História da Música Ocidental (Períodos: Medieval, Renascentista, Barroco, Clássico, Romântico e Sec. XX); Elementos da Música; Forma e Estrutura; Teoria Musical: Notação Musical (Pauta, Claves, Uníssono nas Claves, Valores Positivos e Negativos, Divisão proporcional de valores, Fermata, Linhas de Oitava, Ligaduras, Staccatos, Sinais de alteração, Sinais de Intensidade, Sinais de Acentuação, Palavras de Expressão, Sinais de Repetição, Andamentos, Sinais de Abreviatura, Sínc opes, Contratempos, Quiálteras); Compasso (Espécie de Compasso Simples Alternado, Correspondente e Composto, Unidade de tempo e de Compasso, Acento Métrico); Escalas (Modos, Nome dos Graus, Estrutura, Relativas, Armaduras, Tons Vizinhos e afastados, Graus modais e tonais). Intervalos (Simples e Composto: Classificação, Inversão e modificação); Acordes de 3, 4 e 5 Sons (Classificação, Inversões, Cifragem); Vozes (Extensão, Timbre, Tessitura, Registro); Escala Geral – Numeração das oitavas – Regiões; Transposição Escrita, lida ou oral; Sons (Qualidades, Harmônicos, Série Harmônica); Ornamentos (Apogiatura, Mordente, Arpejo, Grupeto, Floreio, Cadencia, Trinado, Glissando).

RECEPCIONISTA: Funções e /ou atribuições da Recepcionista; Comportamento organizacional (motivação, liderança, comunicação, trabalho em equipe, relacionamento interpessoal, relações humanas); Ética profissional; Qualidade no atendimento: Atendimento ao público interno e externo, pessoalmente ou através do telefone; recebimento, orientação e encaminhamento das pessoas ao setor específico; Comunicação – Elementos da comunicação, emissor e receptor; Comunicação telefônica, telefonia móvel celular, Ligações: Urbanas, Interurbanas – classes de chamadas e tarifas; Discagem: DDD, DDI; Listas telefônicas, Secretária eletrônica, Fax; Comunicação escrita: recados, anotações e bilhetes; Fraseologia adequada para o recepcionista. Redação e Documentos oficiais: formas de tratamento, elaboração, organização e expedição de documentos oficiais como relatório, ofício, memorando, aviso, ata, atestado, declaração, despacho, portaria, requerimento, circular e etc.; Noções de Arquivo: organização de arquivos e protocolos; Recepção e despacho de documentos; Uso de equipamentos de escritório; Noções básicas de administração pública, direitos e deveres do servidor público. Noções de operação de Microcomputadores: Microsoft Office (Windows Word, Excel, Access e PowerPoint) Conceitos e serviços relacionados à Internet e à intranet.

AUXILIAR DE BIBLIOTECA: Biblioteca: Noções básicas de: Tipos de bibliotecas; Organização funcional; Noções de catalogação, arrumação dos livros nas prateleiras; Tipos de catálogos; Registro de obras (tombamento); Administração de bibliotecas; Noções de arquivo; Regras para arquivamento alfabético de fichas; princípios arquivísticos; estágio de evolução dos arquivos: teoria em três tempos; métodos de arquivamento; Atendimento ao Usuário; Conhecimentos básicos de: Circulação e empréstimo; Levantamentos bibliográficos; Orientação à consulta e pesquisa; Serviço de Referência; Comportamento organizacional (motivação, liderança, comunicação, trabalho em equipe, relacionamento interpessoal, relações humanas); Ética profissional.; Noções básicas de informática: editor de textos, planilha eletrônica e internet.

AGENTE ADMINISTRATIVO: Protocolo/recepção de documentos; Classificação, codificação e catalogação de papéis e documentos; Noções sobre cadastro e tombamentos de bens patrimoniais; Preenchimento, encaminhamento e controle de documentos funcionais; Relações humanas no trabalho; correspondência oficial; Organização de arquivo; Princípios para atendimento ao público; Noções de informática: Sistema Operacional Windows/2003 e 2007 ou superior; Uso básico da planilha eletrônica Excel/2003 e 20 07; Processador de textos Word/2003 e 2007 e Internet.

ARQUIVISTA: A Arquivística e a Arquivologia: origem, evolução, objetos, conceitos, definições, finalidades, terminologia arquivística, relação com outras Ciências; Princípios Arquivísticos: tipos, conceitos, aplicabilidades; Diplomática: origem, evolução, conceitos, finalidades, aplicabilidade Gestão documental: origem, conceitos, objetivos, níveis de aplicação, organização de arquivos correntes e intermediários, arquivos especiais e arquivos especializados, protocolo; Avaliação e Seleção de Documentos: conce itos, objetivos, políticas, procedimentos, instrumentos de destinação, legislação, aplicabilidades; Tecnologias Aplicadas aos Arquivos: processos reprográficos, microfilmagem, digitalização, aplicabilidades; GED e SGBD: definições, gestão, método e descrição, preservação digital, aplicabilidades; Legislação em Arquivos: Normas Arquivísticas, legislação brasileira, regulamentação profissional; Arranjo em Documentos Arquivísticos: organização, princípios e sistemática de arranjo, identificação de fundos documentais; Arquivos Permanentes: conceito, objetivos, atividades, políticas e programas de descrição, instrumentos de descrição; Normatização da Descrição Arquivística: ISAD (G), ISAAR (CPF), NOBRADE, aplicabilidades; Conservação e Preservação de Acervos Arquivísticos: conservação preventiva de documentos, procedimentos e técnicas de restauro, políticas de preservação e conservação de documentos de arquivo; Formação Profissional do Arquivista: Origem e formação de arquivista, Ética profissional; Política s e Sistemas de Arquivos: Definições, organização, Sistema Nacional de Arquivos, estrutura, políticas nacionais; Arquivos como sistema. Legislação.

ALMOXARIFE: Atribuições do almoxarife; Almoxarifado: operações de almoxarifado; manutenção, planejamento, controle e critérios de avaliação de estoques, movimentação de estoques; Noções de Recepção e despacho de documentos; Estocagem de materiais; Recebimento de Materiais: Guarda ordenada quanto à estocagem e identificação dos itens; Controle (guarda e distribuição de material): Estoque Mínimo, Máximo e de Emergência, Calculo de Consumo Médio; Controle de entradas e saídas; Distribuição; Inventários; Documentos de Entrada, Nota Fiscal (tipos de notas fiscais), Nota de Transferência; Registro: Entradas, Saídas (Requerimento e Fatura), Baixas, Fichas de Prateleiras e de estoques, Balancetes do Inventario; Relação Interpessoais e Noções básicas de informática: editor de textos, planilha eletrônica e internet; Noções de arquivo, protocolo e recursos de materiais; Noções básicas de Ética e Cidadania.

PARA O CARGO DE OPERADOR DE COMPUTADOR:

PORTUGUÊS: Ortografia oficial; Acentuação gráfica; Pontuação; Compreensão, interpretação e reescrita de textos e de fragmentos de textos, com domínio das relações morfossintáticas, semânticas, discursivas e argumentativas; Tipologia Textual; Coesão e coerência; Formação, classe e emprego de palavras; Significação de palavras; Figuras de Linguagem; Coordenação e Subordinação ; Concordância nominal e verbal; Emprego do sinal indicativo de crase; Regência Nominal e Verbal.

CONHECIMENTOS GERAIS E ATUALIDADES: Aspectos históricos, geográficos, políticos, econômicos e administrativos do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE; Atualidades: Assuntos relevantes nas áreas da: política, economia, sociedade, meio ambiente, saúde, educação, cultura, ciência e tecnologia do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro -PE.

CONHECIMENTOS ESPECIFICOS:

OPERADOR DE COMPUTADOR: Microinformática, Hardware, Software e Web. Conceitos básicos. Instalação de equipamentos; Conexões e interfaces; Backup; Operação de microcomputadores; Ambientes Windows e Linux; Execução de procedimentos operacionais de rotina utilizando software ou aplicativos instalados nas áreas de atuação; Execução de trabalhos de digitação ; Inserção de arquivos de imagens e figuras em documentos; Fundamentos básicos sobre imagens e figuras no que diz respeito aos formatos disponíveis; MSOffice (Word, Excel e Powerpoint) e OpenOffice: conhecimentos, atalhos de teclado e emprego dos recursos; OpenOffice: conhecimentos, atalhos de teclado, internet: conceitos, modalidades e técnicas de acesso, browsers, navegação, pesquisa, atalhos de teclado, e-mail e utilização dos recursos.

PARA OS CARGOS:

COZINHEIRO, COPEIRO, VIGIA, ELETRICISTA, MOTORISTA CNH “ D” , MERENDEIRA, OPERADOR DE

 MÁQUINA CNH “ D” .

PORTUGUÊS: Compreensão de textos; Ortografia: emprego das letras e dos acentos; Sinônimos e antônimos; Emprego das classes de palavras e suas flexões; Principais regras de concordância e Pontuação.

MATEMÁTICA: Conjuntos (noção, igualdade desigualdade, pertence e não pertence, subconjuntos, união e interseção); Números naturais; Operações (adição, subtração, divisão, multiplicação e potenciação); Sistema de numeração decimal, Sistema monetário brasileiro; Sentença matemática; Frações; Números decimais; Porcentagem; Problemas; Medida de comprimento; Medida de superfície; Medida de volume; Medida de massa; Medida de capacidade e Medida de tempo; Problemas de raciocínio lógico.

CONHECIMENTOS GERAIS E ATUALIDADES: Aspectos históricos, geográficos, políticos, econômicos e administrativos do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE; Atualidades: Assuntos relevantes nas áreas da: política, economia, sociedade, meio ambiente, saúde, educação, cultura, ciência e tecnologia do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE

CONHECIMENTOS ESPECIFICOS:

COZINHEIRO: Noções gerais sobre higiene: a higiene e a saúde; Hábitos de higiene; Noções gerais sobre limpeza e conservação das instalações e remoção e limpeza dos móveis, máquinas e materiais, vidros e instalações sanitárias; Conservação, preparo e manuseio de alimentos; Remoção de lixos e detritos; Noções de segurança e higiene do trabalho; Relacionamento pessoal com as autoridades municipais, com os servidores públicos e com os munícipes.

COPEIRO: Equipamentos e materiais utilizados na atividade; Diferentes processos de execução; Noções básicas de higiene: pessoal, ambiental, de utensílios e equipamentos; Noções de segurança do trabalho: acidentes do trabalho, conceitos, causas e prevenção; Normas de segurança, conceito de proteção e equipamentos de proteção; Desenvolvimento de atividades relacionadas com a execução do serviço de copeiro.

VIGIA: Boas Maneiras; Comportamento no ambiente de trabalho; Organização do local de trabalho; Higiene pessoal e com todo o material mantido sobre a sua responsabilidade; Noções de segurança no trabalho; Noções de primeiros socorros; Noções básicas de segurança e Noções básicas de vigilância.

ELETRICISTA; Manutenção preventiva e corretiva em máquinas, instalações e equipamentos elétricos; Circuitos elétricos; Corrente alternada e eletromagnetismo; Eletricidade básica, noções básicas de medidas elétricas, leitura e interpretação de circuitos de comandos elétricos manuais, montagem de circuitos básicos de comandos elétricos manuais, leitura e interpretação de circuitos de comandos elétricos automáticos, montagem de circuitos básicos de comandos elétricos automáticos, proteção de circuitos elétri cos de baixa tensão, segurança em instalações e equipamentos elétricos, Correção do fator de potência em baixa tensão, instalação de circuitos elétricos básicos prediais, eletrônica básica; Interruptores, Lâmpada Incandescentes de descarga Mista; Instalação de lâmpadas – threeway e four-way; Instalação de tomadas de 3 pinos, cigarras, quadro anunciador, sensor de presença, célula fotoelétrica, luz negra, etc.; Circuitos e tipos de fusíveis; Chave faca com porta fusível; Disjuntores; Características dos disjuntores comuns, mini disjuntores e residual; Simbologia e convenções de instalações elétricas; Segurança do trabalho: Identificação e utilização de equipamentos.

 M OTORIS TA CNH “ D” : Normas gerais de circulação e conduta; Regras de circulação; Regras de ultrapassagem; Regras de mudança de direção, regras de preferência e estacionamento, velocidades permitidas, classificação de vias; Infrações; Penalidades e Medid as Administrativas; Equipamentos Obrigatórios (Resolução nº 14 de 06/02/99). Sinalização: tipos de sinalização; placas, marcas viárias, sinalização luminosa, sinais sonoros, gestos. Noções de Proteção ao Meio Ambiente e Cidadania; Direção; Defensiva, Mecânica Básica e Primeiros Socorros, conforme dispõem artigos 148 e 150 do Código de Trânsito Brasileiro.

MERENDEIRA: Noções básicas de alimentação, serviço de copa e cozinha, equipamentos e utensílios; Noções básicas de higiene e limpeza: higiene e cuidados pessoais; limpeza da cozinha; limpeza do ambiente de Trabalho, higiene dos alimentos, higiene e manipulação de alimentos, Destinação do lixo; Processo de produção de refeições: noções básicas de preparo de merenda escolar; boas práticas na estocagem, na conservação e no recebimento dos alimentos; Noções de cocção e congelamento de alimentos; Noções de segurança no trabalho: uso de equipamentos de proteção individual; prevenção de acidentes de trabalho, aspecto de segurança coletiva e individual; Relacionamento interpessoal – comportamento profissional; Convivência com os superiores, com os colegas de trabalhos e com o público; Primeiros Socorros.

 OPERADOR DE MÁQUINA CNH “ D” : Peças e ferramentas convencionais; sistemas de direção (convencional – direção hidráulica); sistemas de freios: funcionamento de freios, feios mecânicos, sistema hidráulicos, cilindros; suspenção: molas e amortecedores; rodas e pneus; desgaste de pneus; geometria de eixo; motores a explosão: tipos de motores (elementos essenciais dos motores, ignição); sistema de motor diesel (sistema de injeção; bomba; filtragem de óleo, lubrificação, sistema de refrigeraç ão, partida, freio-motor, graxas para rolamento, manutenção e lubrificação); operação prática com máquinas e equipamentos; Código de Trânsito (artigos: 26 a 71, 80 a 90, 91 a 95, 144, 161 a 255 e artigos 256 a 268), direção defensiva, primeiros socorros, cargas p erigosas, placas de sinalização, equipamentos obrigatórios, Código de Trânsito Brasileiro, manutenção e reparos no veículo /máquina, avarias sistema de aquecimento, freios, combustão, eletricidade, controle quilometragem/combustíveis/lubrificantes; Conservação e limpeza do veículo/máquina, condições adversas, segurança, instrumentos e controle, procedimento de operações, verificações diárias, manutenção periódica, ajustes, diagnóstico de falhas, engrenagens.

PARA OS CARGOS:

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS, GARI, TRATORISTA, COVEIRO

PORTUGUÊS: As questões de Português têm por objetivo verificar a capacidade de leitura e entendimento de textos simples e a habilidade de usar a linguagem como meio para produzir, expressar e comunicar idéias em diferentes situaçõe s. As questões serão sobre itens do conteúdo programático apresentado a seguir, considerados relevantes para o cargo. Interpretação de texto. Conhecimento de vocabulário: sinônimos, antônimos. Ortografia oficial:emprego de letras, acentuação gráfica, separ ação de sílabas, pontuação. Uso da língua: emprego dos verbos, concordância verbal e nominal, emprego dos pronomes e pronomes de tratamento. Linguagem formal e informal: linguagem escrita e oral.

MATEMÁTICA:. As questões de Matemática terão por objetivo verificar a habilidade do candidato em realizar cálculos, estimativas e cálculos aproximados, bem como os conhecimentos de matemática necessários para o bom desempenho do cargo e a sua capacidade de formular e resolver situações – problemas. As questões versarão sobre itens de o conteúdo programático apresentado a seguir, considerados relevantes para o cargo: operação com números inteiros e racionais (forma fracionária e decimal); medidas de comprimento, superfície, volume e capacidade; perímetro e área de figuras planas. Volume de cubo e primas retos. Razões e proporções; porcentagem e regra de três simples e raciocino lógico.

CONHECIMENTOS GERAIS E ATUALIDADES: Aspectos históricos, geográficos, políticos, econômicos e administrativos do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro-PE; Atualidades: Assuntos relevantes nas áreas da: política, economia, sociedade, meio ambiente, saúde, educação, cultura, ciência e tecnologia do Mundo, Brasil, Pernambuco e do Município de Cedro -PE

CONHECIMENTOS ESPECIFICOS:

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS: Noções de higiene pessoal e do local de trabalho; Manuseio de Produtos de Limpeza e ferramentas de trabalho; Prevenção de acidentes e aspectos gerais da segurança individual e coletivas; Uso e cuidado com matérias de limpeza e higiene e defensivos; Desenvolver ainda serviço de coleta de resíduos sólidos e entulhos em geral, limpeza de áreas, podas de árvores, serviço de jardinagem, arborização e adubação; Procedimentos correto para coleta e destinação do lixo; Coleta seletiva do lixo; Procedimentos diários para conservação do meio ambiente; Uso de Equipamentos de Proteção Individual, EPIs; Regras básicas de comportamento profissional para o trato diário com o público interno e externo e colegas de trabalho. Outras questões qu e abordem situações, procedimentos e conhecimentos específicos do cargo a ser exercido; Ética no serviço público.

GARI: Manuseio e cuidados com materiais de limpeza e higiene e defensivos em geral; Prevenção de incêndios e acidentes de trabalho; Varrição de ruas, avenidas, praças etc.; Noção sobre seleção de lixo; Uso e cuidados com ferramentas, máquinas e equipamentos; A execução correta de serviços de varredura de ruas, avenidas, praças, logradouros públicos; Procedimentos de coleta de resíduos sólidos e entulhos em geral, limpeza de áreas, podas de árvores, serviço de jardinagem, arborização e adubação, coleta de lixo; Conservação e preservação do meio ambiente; Uso de Equipamentos de Proteção Individual, EPIs; Regras básicas de comportamento profissional para o trato diário com o público interno e externo e colegas de trabalho; Outras questões que abordem situações, procedimentos e conhecimentos específicos do cargo a ser exercido; Ética no serviço público; Sugestões Bibliográficas: Pode ser consultada qualquer fonte que trate dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido, tais como revistas, manuais diversos e outras publicações pertinentes.

TRATORISTA: Conhecimentos básicos inerentes ao Código de Trânsito Brasileiro; Resoluções; Deliberações; Portarias e demais Leis expedidas pelos órgãos componentes do Sistema Nacional de Trânsito; Operar veículos motorizados especiais, tais como: trator e implementos e outras máquinas rodoviárias e agrícolas e conhecimentos sobre atividades específicas de acordo com a descrição do cargo.

COVEIRO: Noções de higiene. Uso e cuidados com as ferramentas e equipamentos de seu uso no trabalho; Segurança no trabalho: prevenção de acidentes e aspectos gerais da segurança individual e coletivas; Uso de Equipamentos de Proteção Individual, EPIs; Patrimônio público: cuidados gerais; Relações intra e interpessoal; Preparação de covas para sepulturas (Noções básicas de pedreiro); Conhecimentos básicos da função; Outras questões que abordem situações, procedimentos e conhecimentos específicos do cargo a ser exercido; Noções de seleção e coleta de lixo; Conservação do meio ambiente; Regras básicas de comportamento profissional para o trato diário com o público interno e externo e colegas de trabalho; Ética no serviço público.

Concurso relacionado: Concurso Prefeitura de Cedro PE