Edital Concurso Prefeitura de Joinville – SC

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE
SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSOAS
CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 004/2012

Abertura de Inscrições para o provimento de cargos dos Quadros de Pessoal da Administração Direta e Indireta da Prefeitura Municipal de Joinville (Lei Complementar Municipal 266/08 e suas alterações), da Fundação Cultural de Joinville, do Hospital Municipal São José e da CONURB - Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville, nas áreas de administração geral e de magistério, através de Concurso Público - Edital 004/2012.

O Município de Joinville, através da Secretaria Municipal de Gestão de Pessoas, torna público que fará realizar Concurso Público, para provimento de cargos do Quadro Único do Pessoal da Administração Direta da Prefeitura Municipal de Joinville, de acordo com a Lei Complementar Municipal 266/08 e suas alterações e dos Quadros da Fundação Cultural de Joinville, do Hospital Municipal São José e da CONURB - Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville nas áreas de administração geral e de magistério, que se regerá pelas normas estabelecidas neste Edital e Anexos 1, 2, 3, 4, 5 e 6.

1. DOS CARGOS E DAS VAGAS

1.1 O Concurso Público destina-se ao provimento das 335 (trezentos e trinta e cinco) vagas existentes atualmente e das que ocorrerem dentro do prazo de validade do Concurso, sendo distribuídas da seguinte forma:

a) 263 vagas destinadas à Prefeitura Municipal de Joinville - PMJ e Fundação Cultural de Joinville - FCJ;

b) 46 vagas destinadas ao Hospital Municipal São José - HMSJ;

c) 26 vagas destinadas a Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville - CONURB;

1.2 O Concurso Público terá validade de 02 (dois) anos, a contar da data do ato de homologação do resultado para cada cargo - função/especialidade/disciplina - lotação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Prefeitura Municipal de Joinville, Fundação Cultural de Joinville, Hospital Municipal São José e da CONURB - Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville;

1.3 Os cargos objeto deste Concurso Público, as respectivas funções, especialidades e disciplinas (se houver), lotação, vagas, carga horária e remuneração estão indicados:

1.3.1 No anexo 1, para os cargos da Prefeitura Municipal de Joinville e Fundação Cultural de Joinville;

1.3.2 No anexo 4, para os cargos do Hospital Municipal São José e da CONURB - Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville.

1.4 Após o preenchimento das vagas indicadas, os candidatos aprovados e classificados poderão ser nomeados para o preenchimento das vagas que vierem a surgir, dentro do prazo de validade do Concurso.

2. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

2.1 A escolaridade, os demais requisitos e as atividades que competirão aos ocupantes dos cargos objeto deste Concurso são as indicadas:

2.1.1 No anexo 2, para os cargos da Prefeitura Municipal de Joinville e Fundação Cultural de Joinville;

2.1.2 No anexo 5, para os cargos do Hospital Municipal São José e da CONURB - Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville.

2.2 O candidato aprovado no concurso e que vier a ser convocado/admitido para o cargo público a que concorreu, será lotado, a critério da Administração, em qualquer das unidades ou órgãos da Prefeitura Municipal de Joinville, da Fundação Cultural, do Hospital Municipal São José e da CONURB - Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville, respeitada em qualquer caso a opção ao ente apontado no formulário eletrônico de inscrição;

2.3 O Concurso Público será realizado sob a responsabilidade da Sociedade Educacional de Santa Catarina - SOCIESC, obedecidas as normas do presente Edital;

2.4 O inteiro teor do Edital estará disponível no "site" www.sociesc.org.br/concursos, sendo de responsabilidade exclusiva do candidato a obtenção desse documento. O Edital também estará disponível para leitura na SOCIESC - Campus Marquês de Olinda à Rua Gothard Kaesemodel, 833, bairro Anita Garibaldi, Joinville-SC.

3. DAS INSCRIÇÕES

3.1 O período das inscrições é das 10h00min do dia 02 de março de 2012 às 23h59min do dia 02 de abril de 2012;

3.2 O Processo de Inscrição ao Concurso Público previsto neste Edital dar-se-á através da Internet, devendo o candidato proceder conforme descrito a seguir;

3.2.1 Para inscrever-se, o candidato deverá acessar na Internet, o "site" www.sociesc.org.br/concursos, durante o período indicado no item 3.1, preencher o formulário eletrônico de inscrição e imprimir o boleto para o pagamento do valor da inscrição;

3.2.2 É de fundamental importância que o candidato preencha de forma correta todos os dados ali solicitados e até o dia 03 de abril de 2012 pague em qualquer banco ou pela própria Internet, utilizando o código de barras, o boleto bancário que o sistema gerou com o valor da inscrição;

3.2.3 O correto preenchimento do formulário eletrônico de inscrição será de total responsabilidade do candidato;

3.2.4 São considerados desistentes os candidatos que tenham realizado sua inscrição via internet e não pago o respectivo boleto bancário nos termos do item 3.2.2;

3.2.5 A SOCIESC não se responsabiliza por solicitações de inscrição não recebidas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados;

3.2.6 Não haverá inscrição condicional e nem por correspondência. Verificado, a qualquer tempo, o recebimento de inscrição que não atenda a todos os requisitos, será ela cancelada;

3.3 O valor da taxa de inscrição para cada um dos níveis de escolaridade é o seguinte:

a) R$ 80,00 (oitenta reais) para os cargos de nível superior;

b) R$ 60,00 (sessenta reais) para os cargos de nível médio;

c) R$ 30,00 (trinta reais) para os cargos de nível fundamental.

3.3.1 Não serão aceitos pagamento de inscrições por depósito em caixa eletrônico, via postal, fac-símile, transferência eletrônica, DOC, DOC eletrônico, ordem de pagamento ou depósito comum em conta corrente, condicional e/ou extemporânea ou por qualquer outra via que não a especificada neste Edital;

3.3.2 O pagamento da importância correspondente à inscrição poderá ser efetuado em dinheiro ou em cheque, e somente será considerada efetuada após a compensação bancária;

3.3.3 Se por qualquer razão, o cheque for devolvido, a inscrição do candidato será automaticamente tornada sem efeito;

3.3.4 O processo de inscrição somente se completa e se efetiva com a confirmação do pagamento do valor de inscrição correspondente ao cargo;

3.3.5 O valor da inscrição, uma vez pago, não será restituído.

3.4 Não serão aceitos pedidos de isenção de pagamento do valor da inscrição, seja qual for o motivo alegado, exceto aos candidatos beneficiados pela Lei Municipal 3.275/96, alterada pela Lei Municipal 3.974/99, conforme disposto no item 3.4.1;

3.4.1 O candidato beneficiado pela Lei Municipal 3.275/96, alterada pela Lei Municipal 3.974/99, deverá efetuar sua inscrição pela Internet e protocolar Pedido de Isenção na SOCIESC - Campus Marquês de Olinda à Rua Gothard Kaesemodel, 833, bairro Anita Garibaldi, Joinville-SC no horário das 8h30min às 17h00min, anexando ao pedido o boleto bancário e a fotocópia autenticada do documento comprobatório de que o candidato tenha realizado no mínimo 02(duas) doações, nos 12 (doze) meses que antecedem a data deste concurso público, conforme preconiza o parágrafo único da Lei Municipal supracitada. Tais providências deverão ser tomadas impreterivelmente até às 17h00min do dia 19 de março de 2012;

3.4.2 A partir de 27 de março de 2012 o candidato que protocolou Pedido de Isenção nos termos do item 3.4.1 deverá consultar na Internet no "site" www.sociesc.org.br/concursosse o seu pedido foi aceito, caso contrário, deverá imprimir uma segunda via do boleto e pagá-lo até o vencimento para manter sua inscrição.

3.5 Cada candidato poderá realizar até 2 (duas) inscrições neste concurso público, sendo 1 (uma) para um dos cargos constantes do Anexo 1 (Prefeitura Municipal de Joinville ou Fundação Cultural de Joinville) e a outra para um dos cargos constantes do Anexo 4 a este Edital (Hospital Municipal São José ou CONURB);

3.5.1 Havendo a inscrição em desacordo com o item 3.5, serão canceladas as mais antigas, permanecendo a mais recente.

3.6 Uma vez efetuada a inscrição, não serão aceitos pedidos de alteração quanto ao cargo e/ou função/especialidade/disciplina escolhidos;

3.6.1 Os eventuais erros de digitação de informações pessoais, ocorridos quando da inscrição, deverão ser corrigidos em formulário específico (disponível no site), que deverá ser protocolado junto à SOCIESC - Campus Marquês de Olinda à Rua Gothard Kaesemodel, 833, bairro Anita Garibaldi, Joinville-SC no horário das 8h30min às 17h00min até o dia de realização da prova objetiva;

3.6.2 O candidato que não solicitar as correções dos dados será o único responsável pelas consequências advindas de sua omissão.

3.7 O candidato que necessitar de condições especiais para a realização de provas deverá, até o dia 03 de abril de 2012, protocolar na SOCIESC - Campus Marquês de Olinda à Rua Gothard Kaesemodel, 833, bairro Anita Garibaldi, Joinville-SC no horário das 8h30min às 17h00min, requerimento (conforme formulário disponível no site) indicando as condições especiais de prova que necessita e os fundamentos;

3.7.1 O pedido relativo ao item 3.7 não se constitui no pedido para concorrer a vagas reservadas a portadores de deficiência previsto no item 4, nem com ele guarda qualquer relação;

3.7.2 Não haverá prova em braile. Os candidatos deficientes visuais poderão requerer prova ampliada ou o auxílio de um fiscal ledor para realizar sua prova.

3.8 São requisitos legais para admissão nos cargos previstos neste edital, devendo o candidato atender e comprovar cumulativamente no ato da convocação, apresentando prova de:

a) ter nacionalidade brasileira, ou em caso de nacionalidade portuguesa gozar das prerrogativas dos Decretos números 70.391 de 12 de abril de 1972 e 70.436 de 18 de abril de 1972 e Artigo 12,

§ 1º da Constituição Federal do Brasil de 1988;

b) encontrar-se no pleno gozo de seus direitos civis e políticos;

c) estar quite com as obrigações militares e eleitorais;

d) conhecer e estar de acordo com as exigências do presente edital;

e) ter a idade mínima de 18 (dezoito) anos até a data da nomeação;

f) ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, que será comprovada por meio de exames específicos, conforme previsto nos itens 9.8 e 9.10;

g) ter sido aprovado e classificado no Concurso Público e possuir todos os requisitos específicos exigidos para o cargo conforme Edital.

3.8.1 Ao preencher seu formulário eletrônico de inscrição e efetuar o pagamento do respectivo boleto, o candidato está declarando formalmente que preenche os requisitos legais relacionadas no item 3.8 deste Edital.

3.9 A Inscrição do candidato importa no conhecimento e na aceitação tácita das condições estabelecidas no presente Edital;

3.10 A partir de 05 de abril de 2012, o candidato deverá conferir, no "site" www.sociesc.org.br/concursos, se a inscrição efetuada pela Internet foi confirmada. Em caso negativo, o candidato deverá entrar em contato com a SOCIESC pelo telefone (47) 3461-0525, para verificar o ocorrido. Tais providências deverão ser tomadas impreterivelmente até às 16h00min do dia 13 de abril de 2012.

4. DOS CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

4.1 Aos candidatos portadores de deficiência é assegurado o direito de se inscrever neste concurso público desde que as atribuições do cargo pretendido sejam compatíveis com a deficiência de que são portadores e a eles serão reservados 5% (cinco por cento) do total das vagas a serem preenchidas, de acordo com o artigo 37, inciso VIII da Constituição Federal e Decreto Federal 3.298/99, conforme discriminado neste Edital e seus Anexos;

4.2 O número total de vagas destinadas aos portadores de deficiência serão de 19 (dezenove) vagas, sendo distribuídas da seguinte forma:

a) 14 vagas destinadas à Prefeitura Municipal de Joinville - PMJ e Fundação Cultural de Joinville - FCJ;

b) 3 vagas destinadas ao Hospital Municipal São José - HMSJ;

c) 2 vagas destinadas a Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville - CONURB;

4.3 Consideram-se pessoas portadoras de deficiência àquelas que se enquadrem nas categorias discriminadas no Artigo 4º do Decreto Federal 3.298/99;

4.4 No ato da inscrição o candidato portador de deficiência, deverá declarar no formulário eletrônico de inscrição, essa condição e a deficiência da qual é portador. O candidato portador de deficiência que no ato da inscrição não declarar essa condição, não poderá interpor recurso em favor de sua situação;

4.5 O candidato portador de deficiência deverá protocolar na SOCIESC - Campus Marquês de Olinda à Rua Gothard Kaesemodel, 833, bairro Anita Garibaldi, Joinville-SC requerimento (conforme formulário disponível no site) anexando a este o Laudo Médico atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças - CID, bem como a provável causa da deficiência. Também deverá ser anexada a este laudo uma cópia do comprovante de inscrição. Tais providências deverão ser tomadas impreterivelmente até as 17h00min do dia 03 de abril de 2012;

4.6 O candidato portador de deficiência que não protocolar o requerimento e laudo médico conforme especificado no item 4.4, não será considerado como deficiente apto para concorrer às vagas reservadas, mesmo que tenha assinalado tal opção no formulário eletrônico de inscrição, neste caso a inscrição será revertida, para que o candidato concorra as demais vagas não reservadas;

4.7 Na realização da prova, as adaptações necessárias aos candidatos portadores de deficiência, dentro das possibilidades da Executora do Concurso, somente serão efetuadas para aqueles que comunicarem sua deficiência nas condições do item 3.7;

4.8 As pessoas portadoras de deficiência, resguardadas as condições especiais previstas no Decreto Federal 3.298/99, particularmente em seu artigo 4º, participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo das provas, avaliação e aos critérios de aprovação, ao horário e ao local de aplicação das provas e à nota mínima exigida para todos os demais candidatos;

4.9 A Classificação final do candidato como portador de deficiência se dará após a publicação dos resultados finais deste processo, quando os candidatos portadores de deficiência aprovados e classificados nas vagas respectivas, deverão submeter-se à avaliação médica ocupacional, para verificação da compatibilidade de sua deficiência com o exercício das atribuições do cargo pretendido, de acordo com a legislação em vigor, sob responsabilidade da Secretaria de Gestão de Pessoas da Prefeitura Municipal de Joinville;

4.10 A Classificação final do candidato inscrito como portador de deficiência, após a avaliação determinada no item 4.8 deste Edital, se dará da seguinte forma:

4.10.1 Classificada como candidato portador de deficiência com direito à reserva de vaga, quando a deficiência não impede o normal desempenho de todas as atividades do cargo;

4.10.2 Classificada, sem direito à reserva de vagas, pelo fato de não ser considerado deficiente por não se enquadrar nos requisitos previstos no Decreto Federal 3.298/99, que caracterizam os portadores de deficiência. Neste caso o candidato continua inserido na classificação geral;

4.10.3 Não Classificada em face da incompatibilidade entre a deficiência apresentada e as atribuições do cargo a que concorre, ficando então o candidato excluído do concurso em que se inscreveu.

4.11 Caso o candidato portador de deficiência seja considerado inapto para o cargo, será nomeado o candidato imediatamente posterior. Vaga reservada e não provida por falta de candidatos portadores de deficiência ou por reprovação dos concorrentes será revertida para a classificação geral.

5. DO LOCAL E HORÁRIO DE PROVAS

5.1 A partir de 23 de abril de 2012, a SOCIESC tornará público, através da fixação em mural na SOCIESC - Campus Marquês de Olinda à Rua Gothard Kaesemodel, 833, bairro Anita Garibaldi, Joinville-SC:

a) relação nominal dos candidatos e respectivos cargos e funções, especialidades ou disciplinas (se houver) a que estão concorrendo;

b) local(is), sala(s) e horário(s) das provas objetivas, discursivas e de títulos.

5.2 O candidato é responsável pela conferência dos seus dados pessoais indicados na relação citada no item 5.1 a qual também será disponibilizada no "site" www.sociesc.org.br/concursos;

5.3 Em caso de ocorrência de divergência, o candidato deverá solicitar a correção nos termos do item 3.6.1.

6. DAS PROVAS

6.1 O Concurso Público será efetuado mediante aplicação de provas em que serão avaliados os conhecimentos e/ou habilidades dos candidatos sobre as matérias relacionadas a cada cargo e função/especialidade/disciplina (se houver), cuja composição e respectivos programas fazem parte do Anexo 3 e Anexo 6 deste Edital, como segue:

6.1.1 Cargos de Administração Geral - prova objetiva, prova de títulos (se houver) e prova prática (se houver);

6.1.2 Cargos de Magistério - prova objetiva, prova discursiva e prova de títulos.

6.2 A data prevista para a realização das provas objetivas, discursivas e de títulos é dia 29 de abril de 2012 em horário e local a ser divulgado conforme item 5.1.b.

6.2.1 Os candidatos deverão comparecer aos locais de prova com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos em relação ao início das mesmas. O horário fixado será o horário oficial local de Joinville - SC. Será vedada a admissão em sala de provas ao candidato que se apresentar após o início das mesmas;

6.2.2 Não haverá, em qualquer hipótese, segunda chamada para qualquer prova, nem a realização de prova fora do horário e local marcados para todos os candidatos;

6.2.3 A Prefeitura Municipal de Joinville e a SOCIESC não assumem qualquer responsabilidade quanto ao transporte, alimentação e/ou alojamento dos candidatos, quando da realização das provas deste Concurso Público.

6.3 Somente será admitido para realizar a prova (objetiva e prática), o candidato que estiver munido de documento original de identidade;

6.3.1 Serão considerados documentos de identidade as carteiras e/ou cédulas de identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pelo Ministério das Relações Exteriores ou por Ordens e Conselhos de Classe e Carteira Nacional de Habilitação (com foto);

6.3.2 Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia da realização das provas, documento original de identidade por motivo de perda, roubo ou furto, deverá apresentar o registro original de Boletim de Ocorrência expedido por Órgão Policial no prazo máximo de 30 (trinta) dias, devendo o candidato ser identificado em formulário específico com coleta de sua assinatura e impressão digital e Boletim anexo;

6.3.3 Não serão aceitos, por serem documentos destinados a outros fins, Boletim de Ocorrência expedidos a mais de 30 (trinta) dias, Protocolos, Certidão de Nascimento, Título Eleitoral, Carteira Nacional de Habilitação (sem foto), Carteira de Estudante, Crachás, Identidade Funcional de natureza pública ou privada e/ou qualquer outro documento não especificado no item 6.3.1;

6.3.4 Os documentos deverão estar em perfeitas condições, de forma a permitir a identificação do candidato com clareza.

6.4 A prova objetiva terá duração de 3 (três) horas e será constituída de 30 (trinta) questões, com 5 (cinco) alternativas de resposta cada uma, sendo apenas 1 (uma) a correta;

6.4.1 As questões da prova objetiva deverão ser respondidas em cartão de respostas, específico, personalizado para cada candidato e, para tanto, os candidatos devem dispor de caneta esferográfica preta ou azul;

6.4.2 Será atribuída nota 0 (zero):

a) à(s) questão(ões) da prova objetiva que contenha(m) emenda(s) e/ou rasura(s), ainda que legível(is);

b) à(s) questão(ões) da prova objetiva que contenha(m) mais de uma opção de resposta assinalada;

c) à(s) questão(ões) da prova objetiva que não estiver(em) assinalada(s) no cartão de respostas;

d) à(s) questão(ões) da prova objetiva ou à(s) prova(s) objetiva(s) cujo cartão de respostas for preenchido fora das especificações contidas no mesmo ou nas instruções da prova, ou seja, preenchidas com canetas não esferográficas ou com canetas esferográficas de cor diferente de azul ou preta, ou ainda, com marcação diferente da indicada no modelo previsto no cartão.

6.4.3 Durante as provas não serão permitidas consultas bibliográficas de qualquer espécie, nem a utilização ou porte de calculadora, relógio, pager, telefone celular ou qualquer outro equipamento eletroeletrônico, sob pena de eliminação do candidato do Concurso;

6.4.4 A SOCIESC, visando preservar a veracidade e autenticidade do concurso, poderá proceder, no momento da aplicação das provas objetiva e discursiva, a autenticação digital dos cartões e folhas de respostas personalizados ou de outros documentos pertinentes;

6.4.5 O candidato, ao encerrar sua prova, entregará ao fiscal de sua sala, o cartão resposta da prova objetiva devidamente assinado no verso, a folha de respostas da prova discursiva (se houver), sem qualquer identificação e o caderno de provas, podendo reter para si, apenas, um folheto com a numeração das questões para que possa anotar suas respostas da prova objetiva para posterior conferência;

6.4.6 Os candidatos somente poderão se retirar do local das provas objetivas, após 1h30min (uma hora e trinta minutos) do início das mesmas;

6.4.7 O candidato somente poderá retirar-se do local de realização da prova levando o caderno de provas quando faltarem menos de 15 (quinze) minutos para o término das mesmas;

6.4.8 Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala da prova objetiva somente poderão entregar as respectivas provas e retirar-se do local, simultaneamente.

6.5 As provas objetivas serão compostas de 15 (quinze) questões de Conhecimentos Gerais e de 15 (quinze) questões de Conhecimentos Específicos;

6.5.1 Para os cargos dos níveis de ensino médio e superior, serão considerados aprovados na prova objetiva, os candidatos que obtiverem ao menos 8 (oito) acertos nas questões de Conhecimentos Gerais e ao menos 8 (oito) acertos nas questões de Conhecimentos Específicos;

6.5.2 Para os cargos do nível de ensino fundamental, serão considerados aprovados na prova objetiva, os candidatos que obtiverem ao menos 6 (seis) acertos nas questões de Conhecimentos Gerais e ao menos 6 (seis) acertos nas questões de Conhecimentos Específicos.

6.6 Os gabaritos preliminares das provas objetivas serão disponibilizados no "site" www.sociesc.org.br/concursos, até as 24h00min do dia de aplicação das provas;

6.6.1 Uma cópia dos cadernos de prova será disponibilizada nos 2 (dois) dias úteis subsequentes ao da aplicação das mesmas, para retirada pelos candidatos na SOCIESC - Campus Marquês de Olinda à Rua Gothard Kaesemodel, 833, bairro Anita Garibaldi, Joinville-SC no horário das 8h30min às 17h00min;

6.6.2 Os cadernos de prova não serão disponibilizados pela Internet.

6.7 Haverá prova discursiva para os cargos do Magistério, a qual terá duração de 1 (uma) hora e será realizada em conjunto com a prova objetiva, esta com duração de 3 (três) horas, perfazendo um total de 4 (quatro) horas;

6.7.1 A prova discursiva será composta de 2 (duas) questões, sendo 1 (uma) de Conhecimentos Gerais sobre Educação e 1 (uma) de Conhecimentos Específicos sobre a disciplina relacionado ao cargo, devendo as respostas serem apresentadas sob a forma de redação, contendo de 10 (dez) a 15 (quinze) linhas;

6.7.2 A prova discursiva somente será objeto de correção para os candidatos aprovados na prova objetiva. Cada questão da prova discursiva será avaliada na escala de 0 (zero) a 10 (dez), em número inteiro, ao qual poderá ou não ser acrescida a fração de 0,5 (meio) ponto;

6.7.3 Cada questão da prova discursiva será avaliada sob dois aspectos:

a) Conteúdo específico para o cargo e disciplina ou cargo;

b) Forma redacional: coerência, coesão, ortografia, concordância e pontuação.

6.7.4 A nota da prova discursiva corresponde à média aritmética das notas das duas questões que a compõem, sendo considerados aprovados nesta prova discursiva, o candidato que obtiver nota igual ou superior a 5,00 (cinco inteiros);

6.7.5 Na prova discursiva será atribuída nota zero:

a) à questão cuja resposta for apresentada com menos de 10 (dez) linhas;

b) à questão cuja resposta for apresentada com mais de 15 (quinze) linhas;

c) à questão cuja resposta não guardar relação com o tema proposto;

d) à prova cuja folha de respostas estiver identificada por qualquer meio.

6.8 Haverá Prova de Títulos para todos os cargos de Magistério (Nível Superior) e para os cargos de Médico nas especialidades relacionadas no item 6.8.2;

6.8.1 Para os cargos de Magistério, a Prova de Títulos constará da avaliação dos Certificados e/ou Diplomas de Pós-graduação, em nível de Especialização, de Mestrado e de Doutorado, aos quais serão atribuídos os seguintes escores multiplicadores:

a) 1,25 (um inteiro e vinte e cinco centésimos) ao candidato que apresentar título de pós-graduação em nível de Doutorado;

b) 1,15 (um inteiro e quinze centésimos) ao candidato que apresentar título de pós-graduação em nível de Mestrado;

c) 1,10 (um inteiro e dez centésimos) ao candidato que apresentar título de pós-graduação em nível de Especialização;

d) 1,00 (um inteiro) ao candidato que não apresentar título de pós- graduação.

6.8.2 Para os cargos de Médico nas especialidades: Clinica Médica, Medicina da Família e Comunidade, Plantonista Clínica Médica e Plantonista Pediatra, a Prova de Títulos constará da avaliação dos Certificados e/ou Diplomas conforme descrição abaixo, aos quais serão atribuídos os seguintes escores multiplicadores:

a) 1,25 (um inteiro e vinte e cinco centésimos), ao candidato ao cargo de Médico na especialidade de Clínica Médica, que apresentar diploma de Residência em Clínica Médica fornecido pelo CNRM ou titulação de especialista em clínica médica reconhecido pela AMB, com concurso prestado junto à Sociedade Brasileira de Clínica Médica;

b) 1,25 (um inteiro e vinte e cinco centésimos), ao candidato ao cargo de Médico na especialidade de Medicina de Família e Comunidade que apresentar diploma de Residência em Medicina da Família fornecido pelo CNRM, ou titulação de especialista em Medicina de Família e Comunidade reconhecido pela AMB, com concurso prestado junto à Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade;

c) 1,10 (um inteiro e dez centésimos), ao candidato ao cargo de Médico na especialidade de Medicina de Família e Comunidade que apresentar diploma de Pós-graduação lato-sensu em Programa de Saúde da Família com titulação reconhecida pelo MEC e registrado no Conselho Federal de Medicina;

d) 1,10 (um inteiro e dez centésimos), ao candidato ao cargo de Médico na especialidade de Plantonista em Clínica Médica que apresentar Certificado de curso de imersão ACLS;

e) 1,10 (um inteiro e dez centésimos), ao candidato ao cargo de Médico na especialidade de Plantonista Pediatra que apresentar Certificado de curso de imersão PALS;

f) 1,00 (um inteiro), ao candidato aos Cargos acima descritos, que não apresentarem os documentos conforme descrito nos itens anteriores.

6.9 A prova de títulos será realizada na mesma data e horário da prova objetiva, realizando-se previamente à mesma, quando os candidatos deverão entregar aos fiscais de sala SOMENTE a cópia do respectivo Certificados e/ou Diplomas de seu TÍTULO DE MAIOR NÍVEL, devidamente AUTENTICADA EM CARTÓRIO, assinando a respectiva relação de entrega (ou não) de tal diploma;

6.9.1 Os documentos apresentados não serão devolvidos, seja qual for o motivo alegado pelo candidato;

6.9.2 Não será permitido ao candidato ausentar-se da sala de provas para providências quanto à prova de títulos;

6.9.3 Para a Prova de Títulos somente será computado o escore multiplicador referente ao título de maior nível, dentre os previstos nos itens 6.8.1 e 6.8.2;

6.10 Não haverá prova de títulos para os cargos do HMSJ e da CONURB;

6.11 Serão convocados para as provas práticas previstas no Anexo 3 e 6, os candidatos aprovados nas provas objetivas de Conhecimentos Gerais e de Conhecimento Específico, pré-classificados até 10 (dez) vezes o número de vagas previsto para o cargo, respeitando-se um mínimo de 50 (cinquenta) candidatos. Em sendo consignado "Reserva Técnica" para o número de vagas, serão convocados os pré-classificados até a posição 50 (cinquenta);

6.11.1 As provas práticas serão realizadas pela SOCIESC com suporte técnico da Prefeitura Municipal de Joinville;

6.11.2 Havendo empate na última posição da pré-classificação, para aplicação do item 6.11, serão convocados todos os candidatos com a mesma média;

6.11.3 Os candidatos pré-classificados para a prova prática serão convocados por edital publicado no Jornal do Município de Joinville, com pelo menos 05 (cinco) dias de antecedência à data de sua realização, sendo naquele informada a data, local e horário de realização da prova e a disponibilidade da nominata dos convocados, através da fixação em mural na SOCIESC - Campus Marquês de Olinda à Rua Gothard Kaesemodel, 833, bairro Anita Garibaldi, Joinville-SC e no "site" www.sociesc.org.br/concursos.

6.11.4 Do edital de convocação constará apenas a nominata dos candidatos, em ordem alfabética, seu número de inscrição, o local de realização de sua prova e, também, a menor média dentre os candidatos pré-classificados, não sendo, portanto divulgadas nesta ocasião, as notas da prova objetiva dos candidatos individualmente;

6.11.5 As provas práticas serão avaliadas através do conceito "APTO" e "NÃO APTO" sendo considerados aprovados na prova prática os candidatos que obtiverem o conceito "APTO".

7. DA CLASSIFICAÇÃO

7.1 Os candidatos aprovados na Prova de Conhecimentos Gerais, na Prova de Conhecimentos Específicos e na Prova Prática (se houver), serão classificados por cargo - função/especialidade/disciplina - lotação, em ordem decrescente dos pontos obtidos, a partir das notas nestas provas, expressos esses pontos com 2 (duas) decimais;

7.1.1 Para os cargos da administração geral, (exceto os cargos descritos no item 6.8.2), o cálculo do número de pontos será realizado pela seguinte fórmula:

Pontuação = (NACG X 2,66) + (NACE X 4,00)

onde:

NACG = Número de Acertos da Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais

NACE = Número de Acertos da Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos

7.1.2 Para os cargos de Médico nas especialidades: Clinica Médica, Medicina da Família e Comunidade, Plantonista Clínica Médica e Plantonista Pediatra o cálculo do número de pontos será realizado pela seguinte fórmula:

Pontuação = [(NACG X 2,13) + (NACE X 3,20)] X EMPT

onde:

NACG = Número de Acertos da Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais

NACE = Número de Acertos da Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos

EMPT = Escore Multiplicador da Prova de Títulos

7.1.3 Para os cargos de magistério, nível superior, o cálculo do número de pontos será realizado pela seguinte fórmula:

Pontuação = [(NACG X 1,00) + (NACE X 2,00) + (NPD X 3,50)] X EMPT

onde:

NACG = Número de Acertos da Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais

NACE = Número de Acertos da Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos

NPD = Nota da Prova Discursiva

EMPT = Escore Multiplicador da Prova de Títulos

7.2 Ocorrendo empate no número de pontos, o desempate beneficiará, sucessivamente, o candidato que:

a) Possuir idade superior a 60 (sessenta) anos ( Art 27, parágrafo único do Estatuto do Idoso - Lei no. 10.741/2003)

b) obtiver a maior nota na prova discursiva, se houver;

c) obtiver a maior nota na prova de Conhecimentos Específicos;

d) possuir idade mais elevada.

7.3 Serão considerados aprovados neste Concurso Público os candidatos classificados até as posições limite:

a) 10 (dez) vezes o número de vagas ofertadas, para os cargos em que não houver previsão de prova prática, respeitado em qualquer caso um mínimo de 50 (cinquenta) classificados;

b) 50 (cinquenta) classificados para cargos em "Reserva Técnica", excetuando-se o cargo  0700 - Prof 1-5 Ens Fund Series Inic 20h, o qual terá como "Reserva Técnica" a quantidade de  150 (cento e cinqüenta) classificados.

c) Todos os que forem considerados "aptos" na prova prática, para aqueles cargos em que houve a previsão deste tipo de prova.

7.4 Havendo empate na última colocação, para aplicação do item 7.3 serão considerados aprovados todos os candidatos com a mesma nota;

7.5 As posições limite estabelecidas no item 7.3 não se aplicam aos candidatos às vagas reservadas aos portadores de deficiência.

7.6 Serão reprovados os candidatos que, mesmo tendo obtido a nota mínima nas provas, não obtiverem classificação até a posição limite referida no item 7.3.

8 DOS PEDIDOS DE REVISÃO E DOS RECURSOS

8.1 É admitido pedido de revisão quanto:

a) à formulação das questões objetivas e respectivos quesitos;

b) à opção considerada como certa nas provas objetivas;

c) à pontuação na prova de títulos;

d) à convocação à prova prática.

8.2 É admitido pedido de recurso quanto aos resultados finais do Concurso Público.

8.3 O candidato que desejar interpor pedido de revisão quanto à formulação das questões e respectivos quesitos ou quanto à opção considerada como certa na prova objetiva (itens 8.1-a e 8.1-b) deverá fazê- lo, na forma do item 8.4, em até 2 (dois) dias úteis após a publicação dos gabaritos preliminares das provas, devendo protocolá-los junto a SOCIESC - Campus Marquês de Olinda à Rua Gothard Kaesemodel, 833, bairro Anita Garibaldi, Joinville-SC no horário das 8h30min às 17h00min, com a menção expressa que se relacionam a este Edital;

8.4 O pedido de revisão deverá obedecer ao padrão estabelecido na Internet no "site" www.sociesc.org.br/concursos, devendo ser observados, entre outros, os seguintes requisitos:

a) ser digitado e assinado em duas vias;

b) ser fundamentado;

c) ser apresentado em folhas separadas, para questões diferentes, quando for o caso.

8.5 Os pedidos de revisão que não estiverem de acordo com o disposto nos itens acima serão preliminarmente indeferidos;

8.6 Não serão aceitos pedidos de revisão interpostos por fac-símile, telex, internet, ou qualquer meio postal, sendo que os intempestivos serão desconsiderados e os inconsistentes ou em desacordo com o modelo, constante no endereço eletrônico http://www.sociesc.org.br/concursos, serão indeferidos;

8.7 No caso de alteração na indicação da resposta correta de uma questão no gabarito preliminar, o mesmo será alterado para a forma correta no gabarito definitivo;

8.8 Em caso de anulação de questão(ões), os pontos a ela(s) correspondentes serão atribuídos a todos os candidatos;

8.9 Após a avaliação pela Banca de Provas os resultados dos Pedidos de Revisão serão expressos como "Deferido" ou "Indeferido";

8.10 A listagem com os resultados dos Pedidos de Revisão será publicada na Internet, no endereço eletrônico http://www.sociesc.org.br/concursos, e dela constará as seguintes informações: cargo, número da questão, número de inscrição e resultado;

8.11 Os pedidos de revisão relativos aos itens 8.1-c e 8.1-d e os recursos relativos ao item 8.2 deverão ser protocolados junto à SOCIESC - Campus Marquês de Olinda à Rua Gothard Kaesemodel, 833, bairro Anita Garibaldi, Joinville-SC no horário das 8h30min às 17h00min, em até 2 (dois) dias úteis após a publicação do respectivo aviso ou ato, com a menção expressa que se relacionam a este Edital;

8.12 Somente serão apreciados os recursos expressos em termos convenientes e que apontarem as circunstâncias que os justifiquem, bem como tiverem indicados o nome do candidato, número de sua inscrição, cargo e endereço para correspondência;

8.13 O pedido de revisão ou recurso interposto fora do respectivo prazo não será aceito, sendo para tanto considerada a data do respectivo protocolo;

8.14 Serão preliminarmente indeferidos:

a) Pedidos de revisão ou recursos que o teor seja desrespeitoso com a Banca de Provas;

b) Pedidos de revisão ou recursos impetrados em desacordo com as regras e procedimentos deste Capítulo do Edital;

c) Pedidos de revisão ou recursos sem a devida fundamentação;

d) Pedidos de revisão ou recursos intempestivos.

8.15 Após a avaliação pela Comissão Organizadora os resultados dos Pedidos de Recurso serão expressos como "Deferido" ou "Indeferido";

8.16 A listagem com os resultados dos Pedidos de Recurso será publicada na Internet, no endereço eletrônico http://www.sociesc.org.br/concursos, e dela constará as seguintes informações: cargo, número de inscrição, resultado e observação;

8.17 Não serão admitidos pedidos de revisão do julgamento, da correção e da avaliação das provas discursiva e prática.

9 DA NOMEAÇÃO E POSSE

9.1 Os candidatos aprovados serão nomeados, obedecendo-se a ordem de classificação por cargo - função/especialidade/disciplina - lotação;

9.2 A aprovação e classificação neste Concurso Público não assegura ao candidato o direito de ingresso automático no quadro da Prefeitura Municipal de Joinville, nos quadros da Fundação Cultural de Joinville, do Hospital Municipal São José e da CONURB - Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville. A nomeação é de competência do Prefeito Municipal, dentro do interesse e conveniência da administração, observada a ordem de classificação dos candidatos;

9.3 O candidato aprovado e classificado será convocado para nomeação através de contato telefônico, quando será informado de data e hora para comparecimento nos locais constantes no item 9.4 e assinará termo de comparecimento.

9.3.1 Caso reste infrutífera a convocação via contato telefônico, ou o candidato não se apresentar nos locais constantes no item 9.4, no prazo estipulado, proceder-se-á nova convocação através de correspondência enviada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT, com aviso de recebimento (AR);

9.4 O candidato deverá comunicar toda e qualquer alteração de seu endereço, nos locais especificados abaixo, conforme opção de cargo:

a) Candidatos aos cargos da Prefeitura Municipal de Joinville e Fundação Cultural de Joinville, à Secretaria de Gestão de Pessoas, na rua Luiz Niemeyer nº 54 - 10º andar, Centro, Joinville-SC;

b) Candidatos aos cargos do Hospital Municipal São José, à Área de Gestão de Pessoas do Hospital Municipal São José na rua Plácido Gomes, 488, centro, Joinville-SC.

c) Candidatos aos cargos da CONURB - Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville, à área de Gestão de Pessoas, na rua XV de Novembro, 1383, América - (Complexo Cultural Antártica), Joinville - SC.

9.5 Em não havendo a comunicação do candidato de alteração de seu endereço, considerar-se-á perfeita e acabada a convocação prevista no item 9.3.1, computando-se o prazo indicado no item 9.6, a partir da devolução do AR, com a indicação de não entrega da convocação por alteração de endereço.

9.6 O candidato terá o prazo máximo de 2 (dois) dias úteis, contado a partir da data do recebimento da convocação prevista no item 9.3.1 e indicada no AR, para entregar e apresentar a documentação necessária à sua nomeação, nos locais constantes no item 9.4, conforme opção de cargo, composta por:

a) cópia e original da Cédula de Identidade;

b) número de Inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda (CPF);

c) cópia e original do Título de Eleitor e de Certidão de Regularidade eleitoral;

d) cópia e original da certidão de nascimento (se solteiro) ou da certidão de casamento (se casado);

e) cópia e original do histórico escolar e certificado de conclusão do curso (para os cargos de nível fundamental e médio). Cópia e original do diploma e/ou histórico escolar e certificado de conclusão de curso superior com habilitação específica na área de atuação, quando expressamente exigida pelos anexos 2 e 5 deste edital (para cargos de nível superior);

f) cópia e original do registro no respectivo Conselho Profissional (SC) ou Órgão de Classe para as categorias ou profissões regulamentadas por lei;

g) cópia e original de certidão negativa de Processo Ético-Disciplinar no respectivo Conselho Profissional (SC) e nos Conselhos de outros estados onde tenha atuado ou tenha tido registro profissional;

h) Certidão Negativa de Débitos junto ao COREN, para o cargo de Enfermeiro e Técnico de Enfermagem;

i) Para os demais conselhos, comprovante do pagamento da última anuidade vencida;

j) Certificado de quitação do Serviço Militar;

k) Certidão de Nascimento dos filhos menores de 14 anos;

l) Carteira de Vacina de filhos até 07 anos de idade;

m) Comprovante de frequência escolar de filhos a partir de 07 anos de idade;

n) Comprovante de residência;

o) Declaração de Imposto de Renda (dos que declaram);

p) 1 foto 3x4 colorida e atual;

q) Carteira de Trabalho;

r) Cartão PIS/PASEP.

9.7 O não atendimento ao item 9.6 implicará na exclusão do candidato do certame;

9.8 Após a entrega da documentação prevista no item 9.6, os candidatos aos cargos da Prefeitura Municipal de Joinville e Fundação Cultural, terão o prazo de no máximo 20 dias (vinte dias) para apresentar junto ao local indicado no item 9.4-a, os exames e laudos médicos especificados abaixo, sendo todos de responsabilidade do candidato, conforme a categoria funcional, expedidos no máximo há 30 (trinta) dias, para agendamento do Exame Admissional junto a Unidade de Saúde do Servidor, no qual será emitido parecer APTO ou NÃO APTO para o exercício do cargo - função/especialidade/área/disciplina, sendo este de caráter eliminatório:

a) Exames comuns a todos os cargos - Anexo 1: RX coluna cervical AP e Perfil, coluna dorsal AP e Perfil e coluna lombo sacra AP e Perfil / Carteira de vacina original atualizada / Glicemia de jejum; acuidade visual (realizado na Unidade de Saúde do Servidor)

b) Exames específicos (acrescidos aos exames comuns) para os cargos de: Operador de Rolo Vibratório, Operador de Motoniveladora - Eletrocardiograma / Eletroencefalograma / Audiometria;

c) Exame específico (acrescido aos exames comuns) para os cargos de Carpinteiro, Marceneiro, Telefonista, Pedreiro e Laboratorista de Solo: Audiometria;

d) Exames específicos (acrescidos aos exames comuns) para os cargos de: Cozinheiro - Exame micológico de unhas / Parasitológico de fezes com uma amostra, hemograma, VDRL, coprocultura.

e) Exames específicos (acrescidos aos exames comuns) para os cargos de: Professor (todas as funções/especialidades), Orientador Educacional , Supervisor Escolar e Auxiliar de Educador - Exame original otorrinolaringológico / Vídeolaringoscopia com gravação em mídia (DVD) e Audiometria;

f) Exames específicos (acrescidos aos exames comuns) para os cargos de Médicos (todas as especialidades), Odontólogo (todas as especialidades), Agente Consultório Dentário, Tratador de Animais - HbsAg e hemograma.

g) Exames específicos (acrescidos aos exames comuns) para os cargos de Encanador, Borracheiro, Agente de Combate a Dengue - hemograma

9.9 A critério da Junta Médica Oficial ou do Médico do Trabalho responsável pelo parecer referido no item 9.8, poderão ser requisitados exames complementares, sendo também estes de responsabilidade do candidato;

9.10 Após a entrega da documentação prevista no item 9.6, os candidatos aos cargos do Hospital Municipal São José e da CONURB, terão o prazo de no máximo 20 dias (vinte dias) para apresentar junto ao local indicado no item 9.4-b e 9.4-c, os exames e laudos médicos especificados abaixo, sendo todos de responsabilidade do candidato, conforme a categoria funcional, expedidos no máximo há 30 (trinta) dias, para agendamento do Exame Admissional, junto a Área de Gestão de Pessoas - Medicina do Trabalho, no qual será emitido parecer APTO ou NÃO APTO para o exercício do cargo - função/especialidade/área/disciplina, sendo este de caráter eliminatório:

a) Exames comuns a todos os cargos - Anexo 4: RX coluna cervical AP e Perfil, coluna dorsal AP e Perfil e coluna lombo sacra AP e Perfil / Carteira de vacina original atualizada / Glicemia de jejum / Comprovante de tipagem sanguínea; acuidade visual ;

b) Exames específicos (acrescidos aos exames comuns) para o cargo de Copeiro- Exame micológico de mãos / Parasitológico de fezes com uma amostra;

c) Exame específico (acrescidos aos exames comuns) para o cargo de: Técnico em Radiologia - Hemograma, Tórax PA e Perfil

9.11 A critério da Junta Médica Oficial ou do Médico do Trabalho responsável pelo parecer referido no item 9.10, poderão ser requisitados exames complementares, sendo também estes de responsabilidade do candidato;

9.12 Os candidatos aprovados e classificados, quando convocados, tem um prazo máximo de 30 (trinta) dias para tomar posse, no cargo e assumir suas atividades.

10 DO FORO JUDICIAL

10.1 O foro para dirimir qualquer questão relacionada com o Concurso Público de que trata este Edital é o da Comarca de Joinville.

11 DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIA

11.1 Fica delegada competência à SOCIESC para:

a) divulgar este Concurso;

b) receber as inscrições e respectivos valores das inscrições;

c) deferir e indeferir as inscrições;

d) elaborar, aplicar, julgar, corrigir e avaliar as provas objetiva, discursiva e de títulos;

e) aplicar as provas práticas com suporte técnico da PMJ, HMSJ e CONURB

f) julgar os pedidos de revisão e recursos previstos no item 8 deste Edital;

g) prestar informações sobre este Concurso.

12 DISPOSIÇÕES FINAIS

12.1 A homologação do resultado deste Concurso Público será efetuada por cargo - função/especialidade/disciplina - lotação ou por grupos, a critério da Prefeitura Municipal de Joinville;

12.2 O inteiro teor deste Edital, as Portarias de Homologação e o resultado final (Ato de Homologação do Concurso) serão publicados no Jornal do Município de Joinville, apenas dos candidatos aprovados no Concurso Público;

12.3 Será excluído do Concurso o candidato que:

a) fizer, em qualquer fase ou documento, declaração falsa ou inexata;

b) não mantiver atualizado seu endereço. Em caso de alteração do endereço constante do "FORMULÁRIO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO", o candidato deverá encaminhar documento aos locais indicados nos itens 9.4-a , 9.4-b e 9.4-c, conforme opção de cargo, indicando seu cargo função/especialidade/disciplina - lotação, número de inscrição e fazendo menção expressa que se relaciona ao Concurso Público objeto deste Edital;

12.4 Será excluído do Concurso, por Ato da SOCIESC, o candidato que:

a) tornar-se culpado de incorreções ou descortesias com qualquer membro da equipe encarregada da realização das provas;

b) for surpreendido, durante a aplicação das provas, em comunicação com outro candidato, verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma;

c) for surpreendido, durante a aplicação das provas, utilizando ou portando calculadora, relógio, pager, telefone celular ou qualquer outro equipamento eletroeletrônico;

d) for apanhado em flagrante, utilizando-se de qualquer meio, na tentativa de burlar a prova, ou for responsável por falsa identificação pessoal;

e) ausentar-se da sala de prova;

f) recusar-se a proceder a autenticação digital do cartão resposta, de folha de respostas da prova discursiva ou de outros documentos.

12.5 É vedada a inscrição neste Concurso Público de quaisquer membros da Comissão do Concurso, tanto da Prefeitura Municipal de Joinville, Fundação Cultural de Joinville , Hospital Municipal São José e CONURB, bem como da SOCIESC;

12.6 A inscrição do candidato implicará no conhecimento e na tácita aceitação das condições estabelecidas no inteiro teor deste Edital e das instruções específicas, expedientes dos quais não poderá alegar desconhecimento;

12.7 Os casos não previstos, no que tange à realização deste Concurso Público, serão resolvidos, conjuntamente, pela SOCIESC, Prefeitura Municipal de Joinville, Fundação Cultural de Joinville, Hospital Municipal São José e Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville.

Joinville (SC), 13 de fevereiro de 2012.

Ester Madalena Bento
Secretária de Gestão de Pessoas, Interina

Tomio Tomita
Diretor Presidente do Hospital Municipal São José

Francisco de Assis Nunes
Diretor Presidente
Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville - CONURB

Concurso relacionado: Concurso Guarda Municipal de Joinville – SC 2014