Concurso Correios 2014/2015: vagas para níveis Médio e Superior

Correios prepara concurso para contratação de novos funcionários de níveis médio e superior. Edital ainda sem data definida

Os Correios ampliarão seu quadro de pessoal, por meio da abertura de um novo concurso. Serão preenchidas vagas imediatas e formado cadastro de reserva. De acordo com a assessoria da empresa, o novo edital abrirá milhares de vagas, mas todas as definições necessárias (cargos, lotação, quantitativo e demais regras) ainda estão em aberto.

Confira também:

Não há dados oficiais sobre uando será publicado o edital, uma vez que até o momento não foi oficializada a organizadora. O novo concurso deverá contemplar localidades e cargos para os quais já não há cadastro de reserva disponível. Como acontece tradicionalmente na estatal, deverão ser priorizados os postos de nível médio (operacionais, por excelência), a exemplo de atendente comercial, carteiro e  operador de triagem e transbordo. 

Também serão abertas oportunidades para o nível superior, embora as especialidades ainda não tenham sido informadas. Se prevalecer a tendência do certame de 2011, é possível que sejam providos cargos como enfermeiro do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho e médico do trabalho.

Existe a expectativa de que a empresa preencha algo em torno de 9,9 mil vagas, mas nem todas necessariamente seriam preenchidas em 2014. A remuneração dos novos funcionários dos Correios deverá ficar entre R$1, 8  e 4,6 mil mensais e, por enquanto, uma das melhores maneiras de iniciar os estudos é utilizando o programa da seleção de 2011.

Com base no certame anterior, lembramos aos candidatos que o concurso dos Correios cobra em suas provas matérias como Língua Portuguesa, Informática, Inglês, Administração Pública, além de conteúdos específicos. Na segunda fase, os candidatos a carteiro e operador de triagem e transbordo passam por avaliação física.

Quem já fez e passou

Funcionária dos Correios na Bahia há mais de 20 anos, Madalena Santos conta que na sua época, o grau de dificuldade era muito pouco para se ingressar nos Correios, já que a sensação do momento era a iniciativa privada, com suas perspectivas de sucesso como autônomo. "Ninguém pensava muito em concurso público, mas como as coisas mudaram, ficou mais disputado agora ser aprovado", falou.

Ela indica que, ao observar as provas anteriores, o candidato deverá procurar assimilar a maneira como cada conteúdo provavelmente deva ser cobrado e com isso ele já pode aperfeiçoar sua forma de estudo. Além das provas anteriores para concursos na empresa, outro aliado será o conhecimento do estilo da organizadora a ser contratada.

O importante neste momento, portanto, é que os candidatos tenham consciência de que se antecipar nos estudos é a primeira regra a ser seguida. Para tanto, consultar o último edital é a melhor alternativa, pois nele os candidatos poderão traçar as melhores estratégias de preparação prévia, bem como poderá selecionar os melhores materiais de estudo.

Outra dica sempre lembrada é que o candidato tenha disciplina para estudar. De nada adianta ter um bom material de estudo, estar matriculado em um bom cursinho preparatório, se não tiver o entusiasmo e a perseverança para tocar os estudos e conseguir a aprovação.

Tópico: Correios