Prefeitura de Maceió - AL abre processo seletivo na Educação

Serão oferecidas 147 vagas temporárias em cargos de Professor e Auxiliar de Sala ( níveis fundamental e superior).

A Prefeitura de Maceió, no estado de Alagoas, através da Secretaria de Educação, publicou edital n° 01/2015 de processo seletivo para preencher 147 vagas temporárias em cargos de Professor e Auxiliar de Sala, com reserva de 8 vagas para candidatos portadores de deficiência. Os vencimentos variam de 20,00 por hora aula para Professores e R$ 788,00 para Auxiliar de Sala.

O processo seletivo será realizado sob a responsabilidade da Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa – FUNDEPES e, no que concerne à realização das provas, pela Universidade Federal de Alagoas – UFAL, por meio do Núcleo Executivo de Processos Seletivos – COPEVE/UFAL.

Cargos
- Nível superior: Professor de Ensino Fundamental de Artes, Professor de Ciências, Professor de Geografia, Professor de Educação Física, Professor de História, Professor de Língua Espanhola, Professor de Língua Inglesa, Professor de Língua Portuguesa, Professor de Matemática, Professor de 1º ao 5º Ano e Professor de Educação Infantil;
- Nível fundamental completo: Auxiliar de Sala.

Inscrições e Taxas
As inscrições para o processo seletivo serão realizadas exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.copeve.ufal.br até às 23h59min do dia 18 de março de 2015. A taxa será de R$ 40,00 e R$ 50,00.

Provas
A seleção dos candidatos de dará por meio de avaliação de títulos. Os títulos devem ser entregues entre os dias 19 e 23 de março de 2015, no Auditório da Biblioteca Central da Universidade Federal de Alagoas - UFAL, situado no Campus A. C. Simões, na Av. Lourival Melo Mota, s/n, Tabuleiro do Martins, Maceió-AL.

Concluídos os trabalhos de julgamento da prova de títulos, o resultado preliminar será publicado na data provável de 07 de abril de 2015, nos endereços eletrônicos www.copeve.ufal.br e www.fundepes.br.

Validade
O prazo de validade do processo seletivo será de dois anos, a contar da data de sua homologação, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período, mediante ato próprio de autoridade competente.