Como estudar sozinho com alguma eficiência

Estudar sozinho continua sendo uma boa alternativa para muita gente, ainda mais nos dias atuais, quando as redes comunicativas cada vez mais oferecem suportes para essa modalidade.

Embora reconheça os benefícios que os estudos em grupo ou em escolas preparatórias oferecem (já tratamos aqui sobre isso), nunca me opus à ideia de estudar sozinho. Por dois motivos básicos: o primeiro é que, desde que me tenho por concurseiro, nunca tive muitos exemplos (na família ou de colegas) de gente que tinha os mesmos objetivos que eu. Ou seja, como não tinha referenciais muito próximos, sempre busquei criar os meus, ainda que não fossem os melhores ou os mais bem sucedidos. Segundo, porque quando falo em estudar "sozinho", isso nunca pode ser entendido literalmente ("ao pé da letra"), pois mesmo nessa modalidade, mais cedo ou antes que seja tarde o estudante tende a buscar algum tipo de ajuda, especialmente hoje em dia, com todo o aparato tecnológico para comunicação, aprendizagem e informação de que dispomos. Assim, você pode até estudar sozinho, em sua casa ou na biblioteca ou onde ache melhor, sem a companhia física de alguém para interagir, mas nunca vai estar sozinho de fato, pois tem à disposição os fóruns, os cursos virtuais, as questões comentadas, os artigos de referência, aquele seu livro em CD-Rom ou pdf, aquela sua obra de referência, enfim.

Considerando tudo o que disse antes, digo que continuo estudando muito tempo sozinho, embora, no momento, mais para formação profissional do que para um concurso em particular. Mas a tônica da discussão continua sendo a mesma: prossigo fazendo uso dos mesmos artifícios de ajuda que utilizava antes, uns mais intensamente, outro menos, dependendo da necessidade.

Concurseiros solitários

Essa história de estudar solitariamente vai longe, pois cada um vai ter histórias de fracasso para contar, sempre entremeadas por casos de sucesso, como em tudo na vida (perdas e ganhos). Em 2007, por exemplo, um homem começou a estudar solitariamente para concursos e sentiu as mesmas dificuldades com as quais certamente você pode estar se deparando hoje, caso tenha decidido enfrentar a batalha pelas aprovações diversas. Estamos falando do Charles Dias, hoje também servidor público federal, que nessa mesma época decidiu compartilhar todas as experiências na internet, criando um blog hoje bastante conhecido: o blog do "Concurseiro Solitário".

Ele nos conta que quando tomou a decisão de estudar sério para concursos públicos, abandonou tudo e voltou para a casa dos pais no interior de Minas Gerais. Lá, mergulhou de cabeça nos estudos e como não conhecia mais muita gente com os mesmos objetivos se sentia, de fato, "como um concurseiro solitário numa ilha de estudos cercada por um mar de desconhecidos e desinteressados pelo que fazia". A gente poderia pensar: é, nesse ambiente, o melhor a fazer é desistir dessa coisa de estudar e pronto, seguir outro rumo. Mas aconteceu o contrário: ele diz que isso "foi ótimo" pois pôde estudar tranquilamente sem ter de ficar se justificando por ter deixado a vida social de lado.

O método P2D

Charles tem uma "teoria" a respeito de como é possível se dar bem nos concursos públicos, ainda que isso venha a demorar mais do que o imaginado (pois sabemos que estudamos até passar, e não para passar). Ele diz que aquele concurseiro que adota o "método P2D" com toda força conseguirá sim sem bem sucedido. Explica: P2D significa nada mais do que a conhecida - e nem sempre posta em prática - tríade: Planejamento de estudos, Disciplina de estudos e Determinação para estudar, portanto, um "P" e dois "D"s. "Sem isso não há como passar em bons concursos públicos", completa Dias.

Os cursos preparatórios - nem sempre são infalíveis

Sobre a necessidade de cursos e mais cursos preparatórios, depende muito de cada caso. Não acredito, por exemplo, que se matricular em uma escola seja condição sine qua non para obtermos uma classificação satisfatória, porque se assim o fosse muita gente matriculada teria se dado bem melhor em diversos certames, em comparação com as classificações - até boas - de tanta gente que se esforçou sozinha. Charles Dias tem uma opinião similar: ele acredita que fazer um cursinho para passar em concursos públicos não é necessariamente uma obrigação. "Se a pessoa estuda sozinha com o P2D pelo tempo necessário, com o material adequado e as técnicas de estudo eficientes, passar é apenas uma consequência", afirma.

As apostilas - cuidado!

Na maratona dos estudos solitários, vale encerrar lembrando que o concurseiro pode - e deve - se apoiar nas famosas apostilas, porém com bastante cuidado. Afinal de contas, ninguém precisa ser um mestre em gramática ou em Direito para perceber, por exemplo, que muitos desses materiais apresentam erros grotescos de edição e de conteúdo. O concurseiro pode buscar informações sobre editoras já consolidadas no mercado, aquelas que têm primado por publicar um conteúdo de melhor qualidade e desconfiar, algumas vezes, de certas promoções muito atípicas. "A grande maioria [das apostilas, além de apresentarem um conteúdo] superficial, [também está] desatualizada, com erros graves e, principalmente, preparadas sem cuidado. Para quem estuda sério mesmo para concursos públicos, é um material que deve ser evitado", conclui o nosso concurseiro solitário.

Por Alberto Vicente (alberto@concursosnobrasil.com.br)

Reportagem: Michelle Oliveira

Agradecimento: Charles Dias

Comentários

  1. Cassia disse:

    peguei a dica, fico muito agradecida....

    Responder
  2. Adriana Gondim disse:

    Boa Tarde,

    Muito interessante essa reportagem, pois estou estudando para concursos, e as vezes fico sem estimulo, até mesmo por tempo, chego em casa e me perco, sem as vezes saber me organizar ( horário), e sempre tinha comigo, que o melhor eras se preparar fazendo cursinho, contra-partida, sabendo tbm, que não é bem dessa forma. Essa reportagem me fez entender melhor, e tbm saber organizar meu tempo para os estudos sozinha.

    Grata,

    Adriana Gondim

    Responder
    • Alberto Vicente (Moderador) disse:

      Olá Adriana Gondim,

      Fico feliz por sua identificação com a matéria. A disciplina para se estudar sozinho precisa mesmo ser muito intensa.

      Responder
      • Roberto disse:

        excelente matéria....parabéns!

  3. Marina J disse:

    Pra mim estudar sozinha deu cerro. até porque ninguém que fez veterinaria comigo estudou para concursos. Mas depois de 10 meses estudando tive meu primeiro sucesso em um concurso estadual para Fiscal do Conselho de Veterinária. Acho q o mais difícil ao estudar sozinha é saber e mensurar o quanto estamos de fato progredindo nos estudos.
    Abraços

    Responder
  4. Jilicléia disse:

    Muito interessante, gostei muito do método adotado por Dias: P2D, e de sua história, pois me indentifico, perfiro estudar sozinha, e como ele mesmo diz: "pois sabemos que estudamos até passar, e não para passar". Adorei.

    Jilicléia

    Responder
  5. Rodrigo disse:

    Com certeza, estudar para concursos é uma tarefa que exige muita disciplina, planejamento e determinação e chega uma hora que vc quer acabar de ver logo tdo o conteúdo, a ansiedade é a minha maior inimiga.

    Responder
  6. Paulo Henrique disse:

    Existem muitos cursinhos preparatórios bons no mercado,mas muita gente acha que isso é que fará com que você adquira o que deseja,realmente o método utilizado nos estudos é o diferencial,há pouco tempo me preparo para concursos,é o terceiro que irei fazer,estou melhorando sempre os meus métodos de estudos solitários,tive bons resultados em provas anteriores,e por pouco não atingi ainda meu objetivo.Uma grande ajuda para quem estuda sozinho está em bons conteúdos na internet,gosto sempre de buscar video-aulas,acessíveis facilmente na internet,mas notei também que é preciso ler-mos o mesmo assunto várias vezes para fixá-lo bem.

    Responder
  7. Roberto Da Silva disse:

    Muito bom é desta maneira que vou procurar me preparar para os próximos concursos,obrigado pelas dicas.

    Responder
  8. Elisangela disse:

    Essa matéria é a mais pura verdade. Passei quase 1 (um) ano estudando pra concurso público sozinha, em casa, trancada no meu quarto e de frente ao meu computador, num ritmo de 8 horas diárias de domingo a domingo. Hoje sou servidora pública federal, concursada pelo Ministério da Defesa - Exército Brasileiro. Fará 1 (um) ano em Janeiro/2013 que conquistei este objetivo. A mensagem que tenho para os que querem o mesmo é: só não passa quem não se prepara. Não dá pra conciliar estudo com festinhas. Sem Planejamento, Disciplina e Determinação não dá.

    Responder
    • Bvc disse:

      Fico feliz em ver pessoas que batalham conquistar seus objetivos. Seu depoimento me estimulou

      Responder
  9. Cida disse:

    Obrigada pelas dicas, são muito válidas e nos faz acreditar ainda mais que é possível passar... nos encoraja.

    Responder
  10. Danilo disse:

    fiz três curcinhos mas, não tive sucesso e, sempre tive esse conseito de que para quem quer estudar mesmo, depende mais de de si proprio do que um professor falando na frente...

    Sua dica me fez ter certeza, de que o P2D é ecencial para passar em um concurso.

    Agradecido!!

    Responder
  11. Marcilene disse:

    gostei do seu comentário, estou fazendo meu primeiro concurso mas estou bem estimulada. espero que der tudo certo, se possível me mande uma tabela semanal de estudo como se organizar com as matérias e com outras atividades. obg

    Responder
  12. Raimunda disse:

    Concordo plenamente,que quando organizamos o nosso tempo podemos estudar melhor sozinho do que com amigos, tenho experiência com isso, estudei sozinha e passei em um concurso municipal, quando estudei em grupo,na vedade agente perde mais tempo jogando conversa fora do que estudando.

    Responder
  13. Anair Ribeiro disse:

    Boa tarde!
    Amei esta matéria, gostei do método adotado por Dias: P2D, ela me reforça quando vou me cansando. Com certeza, estudar para concurso não é tão fácil mesmo quando se faz cursinho, portanto ambos precisão de esforços.

    Responder
  14. Ediná disse:

    LI A REPORTAGEM E ACHEI MUITO INTERESSANTE,POIS ESTUDO PARA CONCURSOS PÚBLICO HA UM ANO,PORÉM TIVE QUE DEIXAR UM POUCO A VIDA SOCIAL DE LADO,PREPAREI UMA TABELA COM OS HORÁRIOS QUE DEVO ESTUDAR,POIS PODE ACREDITAR LEVO AO PÉ DA LETRA. E MUITO DIFICIL MUDAR TODA SUA ROTINA DE VIDA, MAS SE QUESER ALGO, A MAIS E NECESSÁRIO A MUDANÇA. SOBRE APOSTILA ATUALIZADA:NUMA ÉPOCA COMPREI UMA E ESTAVA TODA DESATUALIZADA, LEVEI PREJUÍZO.E BOM FICAR ATENTO.

    Responder
  15. Jeane disse:

    Um exemplo de vida, estou passando por situação um pouco parecida, mas as vezes as coisas parecem que não tem um caminho mais fácil para estudar. É assim mesmo um dia eu vou tentando até passar em um desses concursos.

    Responder
  16. André disse:

    Ótima matéria, obrigado.

    Responder
  17. Kettylley disse:

    Gostei da reportagem.
    Estudar sozinha é horrível!
    Já fiz cursinho e foi bom para eu ter uma base de como estudar em casa.
    Estou com muita dificuldade na Disciplina e Planejamento.Minha mente almeja, mas meu corpo não deixa. Tenho que ter dominío e auto controle.Essa mtéria me animou!

    Responder
  18. Vivian Maria disse:

    Gostei da matéria,vou começar a estudar sozinha para concursos e confesso que estou muito insegura..e gostaria de pedir que alguém cite o nome de editoras confiáveis para apostilas de concurso!
    Obrigada.

    Responder
  19. Carlosluz disse:

    Não tem outro caminho: quem quiser passar em qualquer concurso tem que se dedicar bastante; caso contrário, bebe água.

    Responder
  20. Edlene disse:

    Estou começando a planejar meu estudo agora. Minha dificuldade é por onde começar,mas vou pegar todas materias por exemplo de portugues do ensino medio e vou sortear cada dia uma e intercalar exatas com humanas sucessiv amente! Amei a dica vou usar o P2D.

    Responder
  21. Cristiane disse:

    Super legal essa dica do P2D. Vou começar a me planejar para os estudos.

    Responder
  22. Ana disse:

    sou de sao jose dos pinhais ja fui chamada duas vezes em concursos ambos estudando sozinha.
    correios e prefeitura de sao jose dos pinhais na qual sou serivdora.

    Responder
  23. Fabii disse:

    São dicas excelentes!!! Tenho a mesma visão com relação a Cursos Preparatórios. Acredito que tudo depende de cada pessoa... todos nós somos capazes, bastando, apenas a FORÇA DE VONTADE!

    Responder
  24. Gabriella disse:

    como faço para organizar os horarios de estudo para cada materia,e quantas materia estdar por dia?

    MODERADOR: Gabriela, isso vai depender de alguns fatores pessoais, entre os quais: a sua disponibilidade de tempo diária, como você encara algumas matérias (se mais ou menos difíceis), em quais matérias precisa reforçar mais, etc. Comece, portanto, com esse tipo de avaliação.

    Responder
  25. Raquel disse:

    Agradeço a Deus por existirem pessoas como vc que nos ajuda com informações e direcionamento.

    Diz-se que o conhecimento guardado, não compartilhado, não é conhecimento de verdade. Ele deve ser externalizado.

    Tenham uma Boa Tarde. E vou acrescentar essas informações na minha vida.

    Atenciosamente.

    Responder

Deixe o seu comentário

Formulario para Comentário

Mais Dicas